Para saldar dívida de igreja com TV, pastor Valdemiro pede R$ 21 milhões aos fiéis

Grupo Bandeirantes seria o maior credor do líder religioso que começou a se endividar após guerra com Igreja Universal

673 2

Grupo Bandeirantes seria o maior credor do líder religioso que começou a se endividar após guerra com Igreja Universal  

Por Redação

Pastor está pedindo R$ 21 milhões aos fiéis de sua igreja (Foto: Igreja Mundial do Poder de Deus)

O pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, está pedindo aos seus fiéis ajuda para arrecadar R$ 21 milhões. O montante serviria para pagar dívidas com emissoras de TV, especialmente o grupo Bandeirantes. As informações são do colunista Ricardo Feltrin, do F5 Entretenimento.

Segundo o jornalista, a igreja, que aluga praticamente as 24 horas do Canal 21, do grupo Bandeirantes, está com dificuldades de pagar as dívidas contraídas pelo acordo comercial.

Um especialista ouvido pela coluna afirmou que a expectativa de crescimento que o pastor teve da igreja foi equivocada, pois o líder religioso esperava uma colaboração maior dos fiéis, que seriam “de classe C e D, principalmente”, já “com divída.

Outro motivo, apresentado pelo especialista, foi a disputa com a Igreja Universal, dona da Rede Record, que exibiu reportagens atacando o pastor Valdemiro e sua instituição.  A queda teria obrigado a Igreja Mundial a vender bens como  templos, gado e outras propriedades.



No artigo

2 comments

  1. Tiago Heffley Responder

    tudo o que é de Deus cresce naturalmente. O povo dessa igreja é sincero, já os pastores… Essa igreja não cresce porquê não é de Deus.

    Bruna Alves.

  2. Andre Pessego Responder

    Eu me recordo, no meu tempo ginásio eram feitos “congressos” e mais congressos cujo tema era sempre a LIBERDADE…. num deles um intelectual nos ensina, a nós verdadeiros meninos: ‘TOMA CUIDADO COM O USO E A DEFESA DA LIBERDADE, OLHEM – “LIBERDADE RELIGIÃO E MISÉRIA SÃO IRMÃS TRIGÊMEAS…”.
    Estes esperto fazem uma salada exatamente destes tres ingredientes….. e o Estado
    se omite…..


x