PCdoB anuncia pré-candidatura de Aldo Rebelo ao governo de São Paulo

Se for confirmado no pleito eleitoral, ministro deve deixar governo antes da Copa do Mundo 2014

442 0

Se for confirmado no pleito eleitoral, ministro deve deixar governo antes da Copa do Mundo 2014

Por Redação

Aldo Rebelo é o pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PCdoB (Foto: Marcelo Camargo/ABr)

Na tarde deste sábado (12), o PCdoB anunciou que que o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, é o pré-candidato do partido ao governo de São Paulo, nas eleições de 2014. Para ser confirmada, a candidatura de Aldo precisa ser aprovada no plenário da sigla. O anúncio ocorreu um dia depois do congresso estadual da legenda, onde a decisão foi tomada.

O partido afirmou que irá buscar apoio na oposição ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) para formar uma “chapa forte ao governo”. Em sua fala, durante o evento, Aldo já discursou como candidato e reforçou sua proximidade com o PT: “Sem pretensão, nós vamos atuar dentro do campos que nós sustentamos com o presidente Lula, e que nós vamos continuar a sustentar com a presidente Dilma. Mas, nós temos também obrigação com o nosso estado, que é parte da nossa obrigação com o Brasil.”

O jornal O Estado de S. Paulo afirma que dirigentes de partidos da base do governo Dilma Roussef procuraram Aldo e pediram que deixe o ministério. Segundo o jornal, o ministro deve deixar a pasta antes da Copa do Mundo de 2014.

Em entrevista ao periódico, o vereador e presidente estadual do PCdoB, Orlando Silva, afirmou que “tem muita gente insatisfeita com esse Corinthians e Palmeiras que virou a disputa eleitoral em São Paulo.” Na plateia da conferência do PCdoB estavam os futuros adversários de Aldo nas eleições paulistas: o ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), e o ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab (PSD).



No artigo

x