Banksy: no camelô por um dia

Artista oferece obras originais caríssimas por apenas R$ 130, zombando mais uma vez do mercado da arte e da mercantilização da cultura

450 3

Artista oferece obras originais caríssimas por apenas R$ 130, zombando mais uma vez do mercado da arte e da mercantilização da cultura

Por Cauê Seignemartin Ameni, no Outras Palavras

Conhecido por obras carregadas de conteúdo social e expondo, sempre com refinado humor, as injustiças, violências e contradições do capitalismo, o artista de rua Banksy aprontou mais uma neste sábado (12/10). Atualmente em Nova York, ele abriu um banquinha no Central Park, para vender, por algumas horas, obras 100% autênticas e assinadas, cada uma por apenas US$ 60 (R$130).

Vendidos por um senhor de aparência pacata, os quadros foram confundidos, por todos, com cópias dos graffitis famosos. O erro foi exposto pelo próprio autor, num post e vídeo publicados em seu blog, no domingo. Apenas sete peças foram vendidas, por um total de US$ 420 (R$ 915). O mercado de obras de arte, já cotou (e comercializou) trabalhos de Banksy, semelhantes aos expostos sábado, por 249 mil dólares. No post, ele explica seu gesto: ”Sei que a arte de rua pode parecer, cada vez mais, o lado de marketing de uma carreira, por isso quis produzir algo sem etiqueta de preço”. No final do vídeo, o artista esclareceu: “Por favor, note: este foi um acontecimento único. A barraca não estará lá hoje” o post aqui.

Artista oferece obras originais caríssimas por apenas R$ 130, zombando mais uma vez do mercado da arte e da mercantilização da cultura (Foto: Outras Palavras)



No artigo

3 comments

  1. Alexsandro Mukitto Rodrigues Responder

    que massa, pena que eu nao moro no estados unidos para compra um…!!

  2. Clarisse Chiappini Castilhos Responder

    genial esse cara!


x