Websérie que aborda relações de jovens soropositivos estreia nesta segunda, 21

"Positivo” é um mix de drama e comédia inspirado na vida real e mostra um grupo de quatro pessoas que dividem um apartamento no Rio

473 0

“Positivo” é um mix de drama e comédia inspirado na vida real e mostra um grupo de quatro pessoas que dividem um apartamento no Rio de Janeiro

Por Adital

Hernandes (Carlo Porto) foi contaminado nos anos 90, período crítico da epidemia. Casado e com uma filha, se separou da mulher quando começou a se sentir atraído por homens. A partir daí se envolve com um garoto de programa, Ícaro (Tunai Menandro), que mais tarde descobre ser portador do vírus da Aids e passa a ter um comportamento de revolta, fazendo questão de transar sem preservativo para retransmitir a doença para outras pessoas.

Hernandes tenta controlar as atitudes do garoto e acaba virando uma espécie de consultor nas redes sociais, onde conhece Guilherme (Hugo Carvalho) e Cristiano (Gustavo Scherer), e acaba indo morar com eles. Neste ponto, os quatro passam a mostrar sua relação com o vírus e que é possível viver bem com ele.

(Reprodução)

Este é basicamente o enredo da websérie “Positivos”, que estreia na próxima segunda-feira, 21 de outubro. A produção é independente, não dispõe de recursos e patrocínio. Ainda assim, será exibida em 10 episódios semanais. O tema principal é a AIDS e os episódios abordam as relações de um grupo de quatro jovens soropositivos que dividem um apartamento no Rio de Janeiro.

“Positivo”é um mix de drama e comédia inspirado na vida real, uma vez que os personagens remetem suas vidas à evolução do tratamento e as consequências que a doença pode causar.

Os episódios da série poderão ser vistos no site http://www.seriepositivos.com



No artigo

x