Mais Médicos: 2.167 estrangeiros chegam aos estados

Profissionais vão começar a atender a partir de 4 de novembro e se juntam aos 1.499 médicos que já estão trabalhando; expectativa é que 13 milhões de brasileiros sejam beneficiados

640 0

Profissionais vão começar a atender a partir de 4 de novembro e se juntam aos 1.499 médicos que já estão trabalhando; expectativa é que 13 milhões de brasileiros sejam beneficiados

Da Redação

Neste fim de semana, começam a chegar a todas capitais brasileiras 2.167 médicos estrangeiros que participam da segunda etapa do programa Mais Médicos. Eles vão atuar em Unidades Básicas de Saúde de todo o País. Eles se juntam aos 1.499 médicos que já estão trabalhando em regiões carentes do Brasil, sendo 819 brasileiros e 680 estrangeiros, elevando a cobertura do programa de 5 milhões para 13 milhões de brasileiros.

Segundo o Ministério da Saúde, a região Nordeste é a mais atendida com os médicos desta etapa do programa, com 928 profissionais. Em seguida vêm o Sudeste (517), o Norte (358), o Sul (244) e o Centro-Oeste (120).

O ministério informou ainda que somente em setembro, foram registradas 320 mil consultas realizadas pelos médicos participantes do programa que já estão atuando nas UBS. Cada profissional do programa atua 40 horas por semana e realiza, diariamente, entre 20 e 30 consultas nas Unidades Básicas de Saúde, ampliando a capacidade de atendimento nas comunidades, sem necessidade de deslocamento desta população aos grandes centros.

A distribuição desses profissionais seguiu critérios técnicos, que deram igual prioridade às cidades em que é maior a parcela da população que depende completamente do atendimento ofertado pelo SUS e àquelas com alto percentual da população em situação de pobreza, conforme o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

(Foto capa:Tânia Rêgo/ABr)



No artigo

x