Kassab promete abandonar a política se for provado seu envolvimento com máfia do ISS

“Eu me retiro da vida pública se em algum momento alguém identificar qualquer vínculo entre essas afirmações e a realidade”, afirmou ex-prefeito

354 1

“Eu me retiro da vida pública se em algum momento alguém identificar qualquer vínculo entre essas afirmações e a realidade”, afirmou ex-prefeito

Por Redação

Gilberto Kassab prometeu abandonar a política se for provado que ele se envolveu em esquema de corrupção no ISS (Foto: BIDtransporte / Flickr)

Em entrevista concedida nesta segunda-feira (11), ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), prometeu abandonar a política caso seja provado seu envolvimento com o esquema de fraude no Imposto Sobre Serviço (ISS).

“Eu me retiro da vida pública se em algum momento alguém identificar qualquer vínculo entre essas afirmações e a realidade”, afirmou Kassab. Para o ex-prefeito, Fernando Haddad foi “desonesto intelectualmente” quando disse que a situação encontrada na prefeitura era um “descalabro.”

“É difícil aceitar essa referência sobre o final da nossa gestão. Se aceitássemos, o final da gestão anterior, que era dele [Haddad participou da administração Marta Suplicy (2001-2004)], estaria duas vezes esse descalabro”, afirmou Kassab.

Ainda na entrevista à Folha, o ex-prefeito não rejeitou uma possível aliança política com o PT nas eleições de 2014. “Não posso apequenar o PSD e vincular essas manifestações incompreensíveis do prefeito com as decisões do partido.” Porém, em seguida, voltou a atacar os petistas, citando Haddad. “A desonestidade do prefeito é passar a impressão de que ele foi o primeiro a combater a corrupção. Se ele é o primeiro, cadê suas manifestações sobre o mensalão?”



No artigo

1 comment

  1. Gabriel Rezende Responder

    Se retira porque vai pra cadeia, assim espero, haha.


x