Morre Marcelo Déda, governador de Sergipe

Petista tinha 53 anos e foi vítima de um câncer gastrointestinal, contra o qual lutava havia quatro anos

457 0

Petista tinha 53 anos e foi vítima de um câncer gastrointestinal, contra o qual lutava havia quatro anos

Por Redação

A presidente Dilma Rousseff visita Marcelo Déda no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (Foto: Arquivo pessoal via ASN/Governo de Sergipe)

Às 4h45 desta segunda-feira (2), morreu o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT). O óbito foi confirmado pelo hospital Sírio Libanês, onde o político estava internado para tratar problemas decorrentes de um câncer gastrointestinal, descoberto há quatro anos.

Déda era formado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe e cumpria seu segundo mandato de governador. Filiou-se ao PT no começo da década de 1980, cooperando para a consolidação do partido no estado.

Durante a carreira, foi eleito para o cargo de deputado estadual e cumpriu dois mandatos como deputado federal. Venceu o pleito eleitoral para a prefeitura de Aracaju em 2000 e se reelegeu em 2004.  Em 2006, se tornou governador de Sergipe, função renovada nas eleições de 2010.

Dilma

Usando sua conta pessoal no Twitter, a presidenta Dilma Rousseff lamentou a morte de Marcelo Déda, afirmando que o governador “fará falta” e que perdeu “um grande amigo”.



No artigo

x