Sonho americano? Conheça 10 fatos chocantes sobre os EUA

Maior população prisional do mundo, pobreza infantil acima dos 22%, nenhum subsídio de maternidade, graves carências no acesso à saúde… bem-vindos ao “paraíso americano”

36678 263

Maior população prisional do mundo, pobreza infantil acima dos 22%, nenhum subsídio de maternidade, graves carências no acesso à saúde… bem-vindos ao “paraíso americano”

Por Pragmatismo Político

(Imagem: Divulgação)

Os EUA costumam se revelar ao mundo como os grandes defensores das liberdades, como a nação com a melhor qualidade de vida do planeta e que nada é melhor do que o “american way of life” (o modo de vida americano). A realidade, no entanto, é outra. Os EUA também têm telhado de vidro como a maioria dos países, a diferença é que as informações são constantemente camufladas. Confira abaixo 10 fatos pouco abordados pela mídia ocidental.

1. Maior população prisional do mundo

Elevando-se desde os anos 80, a surreal taxa de encarceramento dos EUA é um negócio e um instrumento de controle social: à medida que o negócio das prisões privadas alastra-se como uma gangrena, uma nova categoria de milionários consolida seu poder político. Os donos destas carcerárias são também, na prática, donos de escravos, que trabalham nas fábricas do interior das prisões por salários inferiores a 50 cents por hora. Este trabalho escravo é tão competitivo, que muitos municípios hoje sobrevivem financeiramente graças às suas próprias prisões, aprovando simultaneamente leis que vulgarizam sentenças de até 15 anos de prisão por crimes menores como roubar chicletes. O alvo destas leis draconianas são os mais pobres, mas, sobretudo, os negros, que representando apenas 13% da população norte-americana, compõem 40% da população prisional do país.

2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza.

Calcula-se que cerca de 16 milhões de crianças norte-americanas vivam sem “segurança alimentar”, ou seja, em famílias sem capacidade econômica para satisfazer os requisitos nutricionais mínimos de uma dieta saudável. As estatísticas provam que estas crianças têm piores resultados escolares, aceitam piores empregos, não vão à universidade e têm uma maior probabilidade de, quando adultos, serem presos.

3. Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.

O número de países nos quais os EUA intervieram militarmente é maior do que aqueles em que ainda não o fizeram. Números conservadores apontam para mais de oito milhões de mortes causadas pelo país só no século XX. Por trás desta lista, escondem-se centenas de outras operações secretas, golpes de Estado e patrocínio de ditadores e grupos terroristas. Segundo Obama, recipiente do Nobel da Paz, os EUA conduzem neste momente mais de 70 operações militares secretas em vários países do mundo.

O mesmo presidente criou o maior orçamento militar norte-americano desde a Segunda Guerra Mundial, superando de longe George W. Bush.

4. Os EUA são o único país da OCDE que não oferece qualquer tipo de subsídio de maternidade.

Embora estes números variem de acordo com o Estado e dependam dos contratos redigidos por cada empresa, é prática corrente que as mulheres norte-americanas não tenham direito a nenhum dia pago antes ou depois de dar à luz. Em muitos casos, não existe sequer a possibilidade de tirar baixa sem vencimento. Quase todos os países do mundo oferecem entre 12 e 50 semanas pagas em licença maternidade. Neste aspecto, os Estados Unidos fazem companhia à Papua Nova Guiné e à Suazilândia.

5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde.

Se não tiver seguro de saúde (como 50 milhões de norte-americanos não têm), então há boas razões para temes ainda mais a ambulância e os cuidados de saúde que o governo presta. Viagens de ambulância custam em média o equivalente a 1300 reais e a estadia num hospital público mais de 500 reais por noite. Para a maioria das operações cirúrgicas (que chegam à casa das dezenas de milhar), é bom que possa pagar um seguro de saúde privado. Caso contrário, a América é a terra das oportunidades e, como o nome indica, terá a oportunidade de se endividar e também a oportunidade de ficar em casa, torcendo para não morrer.

6. Os EUA foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos. Só entre 1940 e 1980, 40% de todas as mulheres em reservas índias foram esterilizadas contra sua vontade pelo governo norte-americano.

Esqueçam a história do Dia de Ação de Graças com índios e colonos partilhando placidamente o mesmo peru em torno da mesma mesa. A História dos Estados Unidos começa no programa de erradicação dos índios. Tendo em conta as restrições atuais à imigração ilegal, ninguém diria que os fundadores deste país foram eles mesmos imigrantes ilegais, que vieram sem o consentimento dos que já viviam na América. Durante dois séculos, os índios foram perseguidos e assassinados, despojados de tudo e empurrados para minúsculas reservas de terras inférteis, em lixeiras nucleares e sobre solos contaminados. Em pleno século XX, os EUA iniciaram um plano de esterilização forçada de mulheres índias, pedindo-lhes para colocar uma cruz num formulário escrito em idioma que não compreendiam, ameaçando-as com o corte de subsídios caso não consentissem ou, simplesmente, recusando-lhes acesso a maternidades e hospitais. Mas que ninguém se espante, os EUA foram o primeiro país do mundo oficializar esterilizações forçadas como parte de um programa de eugenia, inicialmente contra pessoas portadoras de deficiência e, mais tarde, contra negros e índios.

7. Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA.

Além de ter que jurar não ser um agente secreto nem um criminoso de guerra nazi, vão lhe perguntar se é, ou alguma vez foi membro do Partido Comunista, se tem simpatias anarquista ou se defende intelectualmente alguma organização considerada terrorista. Se responder que sim a qualquer destas perguntas, será automaticamente negado o direito de viver e trabalhar nos EUA por “prova de fraco carácter moral”.

8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares.

O ensino superior é uma autêntica mina de ouro para os banqueiros. Virtualmente, todos os estudantes têm dívidas astronômicas, que, acrescidas de juros, levarão, em média, 15 anos para pagar. Durante esse período, os alunos tornam-se servos dos bancos e das suas dívidas, sendo muitas vezes forçados a contrair novos empréstimos para pagar os antigos e assim sobreviver. O sistema de servidão completa-se com a liberdade dos bancos de vender e comprar as dívidas dos alunos a seu bel prazer, sem o consentimento ou sequer o conhecimento do devedor. Num dia, deve-se dinheiro a um banco com uma taxa de juros e, no dia seguinte, pode-se dever dinheiro a um banco diferente com nova e mais elevada taxa de juro. Entre 1999 e 2012, a dívida total dos estudantes norte-americanos cresceu à marca dos 1,5 trilhões de dólares, elevando-se assustadores 500%.

9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo.

Não é de se espantar que os EUA levem o primeiro lugar na lista dos países com a maior coleção de armas. O que surpreende é a comparação com outras partes do mundo: no restante do planeta, há uma arma para cada dez pessoas. Nos Estados Unidos, nove para cada dez. Nos EUA podemos encontrar 5% de todas as pessoas do mundo e 30% de todas as armas, algo em torno de 275 milhões. Esta estatística tende a se elevar, já que os norte-americanos compram mais de metade de todas as armas fabricadas no mundo.

10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin.

A maioria dos norte-americanos são céticos. Pelo menos no que toca à teoria da evolução, já que apenas 40% dos norte-americanos acreditam nela. Já a existência de Satanás e do inferno soa perfeitamente plausível a mais de 60% dos norte-americanos. Esta radicalidade religiosa explica as “conversas diárias” do ex-presidente Bush com Deus e mesmo os comentários do ex-pré-candidato republicano Rick Santorum, que acusou acadêmicos norte-americanos de serem controlados por Satã.

 



No artigo

263 comments

  1. endrewerac Responder

    Gostei do texto, mas não entendi por que o número 9 é algo ruim. Antes todo mundo armado do que só bandido armado, como é feito aqui no brasil.

    1. Flávio Viana Gomide Responder

      Devemos diminuir a desigualdade social para haver menos bandidos. Imagina uma briga de vizinho armados?

      1. Malu Silva Responder

        NÃO IA PRESTAR NE?

      2. fora dilma Responder

        me explica morrer 6x mais gente com armas de fogo no brasil que nos estados unidos?

        1. Victor Hugo Responder

          http://www.ibccrim.org.br/noticia/13905-Em-cinco-anos,-PM-de-Sao-Paulo-mata-mais-que-todas-as-policias-dos-EUA-

          Se você procurar quem é que está matando vai descobrir porquê no Brasil tem mais morte por armas de fogo…
          Porque no Brasil quem mata as 6x mais é a polícia em sua atuação repressiva e despreparada. Os dados que engrossas as estatísticas de homicídios em nosso país não são assassinatos por bandidos… são mortes nos morros e nas periferias causadas por ninguém menos que PM’s.

          “Com uma população quase oito vezes menor que a dos Estados Unidos, o Estado de São Paulo registrou 6,3% mais mortes cometidas por policiais militares do que todo os EUA em cinco anos, levando em conta todas as forças policiais daquele país.”

          1. marcos

            O Outro la em cima já ia dizer que a culpa é da Dilma ou do PT.

          2. Felipe Hamachi

            Como você sabe que os assassinatos são de PMs? São só 8% dos homicídios solucionados, esta é uma estatística oficial do minitério público. Como você resolveu os outros 92%? De onde é esse dado?

          3. Adenildo dos Anjos

            Tem que sentar o dedo mesmo nesses bandidos filhos da pura!!! Bandido bom é bandido morto!!! Senta o pau na bandidagem!!!

        2. Antonio Clair de Freitas Responder

          quando querem vender alguma coisa, a mídia que é comprada, ela vem com números que ninguém consegue ver a veracidade, mas o fato é que tem muita gente falando de um mundo maravilhoso lá fora mas nunca viu ou conviveu fora do Brasil.

        3. Eu Responder

          Na minha opinião isso ocorre por que aqui o estatuto do desarmamento retirou a arma só dos cidadãos que não tem como se defender em pé de igualdade contra bandidos que estão armados e devem adorar o desarmamentismo, assim eles tem a certeza que só eles estão armados e vão pra cima, onde a arma pode ser utilizada, o bandido vai pensar 1.000 vezes antes de arriscar seu pescoço vagabundo por que são todos covardes.

    2. Guest Responder

      Tambem nao achei ruim, Imagina se começa um apocalipse zumbi, nós brasileiros estariamos fudidos, enquanto os americanos vão ter muita arma e munição para sobreviver.

      1. Antonio Sergio de Jesus Responder

        Nossa tem gente comentando que acredita no “Walking Dead”

        1. João Junior Responder

          walking dead??? é rir pra não chorar..!!!!

    3. Igor Responder

      Acredito que o problema seja a cultura da violência, existem feiras de armas em alguns estados em que crianças de cinco, seis anos empunham armas e posam para fotos. Só para apresentar um dado brasileiro, 80% dos homicídios são cometidos por pessoas que conheciam a vítma, é a cultura da violência.

    4. Kerlei Donizetti Responder

      Arma não é instrumento de defesa. Ninguem evita um tiro com uma arma de fogo, o intuito é atirar em alguem. Quem garante que se você tiver o direito que portar uma arma, não vai dar um tiro em algum durante uma discussão de transito ou matar seu vizinho por achar ele é um ladão??? O bandido está preparado para atirar e viver com a culpa, você está? Assassino é quem mata alguém…SEMPRE.

      1. Giovani Responder

        Antes ele do que eu…

      2. Cleyton Responder

        Puts, sério? Eu ainda prefiro matar o bandido que entrar na minha casa do que esperar pra ver o que ele vai fazer e esperar que ele sinta CULPA depois… PQP mesmo viu…gosta de bandido? leva pra casa porra

      3. Roberto Responder

        Fala isso pro vagabundo que entra na sua casa e estupra sua mãe, esposa ou filhos. Arma não é defesa ??? Claro que é. O Cidadao de bem nao compra arma pra matar ninguem. COmpra pra se defender de um País mediocre que nao consegue oferecer o MINIMO de segurança aos seus cidadãos.
        Não evita um tiro com uma arma…..nao fala besteira. Aponta uma cal 12 para um vagabundo com um 38 pra vc ver se ele vai ter coragem de atirar.

    5. DanielLemes Responder

      Me parece bem diferente ter 30% da população armada num país de cultura e IDH elevados, ou no Brasil, onde impera a zorra. Um tanto simplista imaginar que basta armar a população despreparada e o problema da segurança estará resolvido. Por isso discordo das comparações que fizeram nos comentários, colocando Suíça, Noruega ou Islândia como parâmetro.

      1. Douglas Responder

        Cultura e IDH elevados? Você leu esta matéria mesmo?

    6. Gabriel Responder

      Vou te falar por que é ruim: Direto aparece um louco, que sai causando um genocidio, em SHoppings, etc

      1. Eric Responder

        Gabriel, mas de quantos em quantos anos um louco comete um ato desse? E quantas pessoas morrem por dia assassinadas no BR? Quantas chacinas por mês só na Grande SP? Sem contar casos como o de Realengo, por exemplo… Achei incoerente seu comentário.

    7. Leonardo Responder

      Não viu nasa de errado? Não mesmo? Procura então o número de mortes por armas de fogo, procura o número de crimes armados e veja.

    8. cuca Responder

      Eu vivo nos US ha 14 anos e so vi mentiras nesse comentario, 2.22% e muito baixo em comparacao ao Brasil….cadeias lotadas e sinal q as leis funcionam, e ninguem aqui faz .50 cents por hora (mentira), armas de fogo, a populacao civil esta preparada para q o governo naum se torne um PT, o q aconteceu com os indios brasileiros HEIN?….

      1. Letícia Responder

        Cadeias lotadas é sinal de que leis funcionam? Você já leu sobre a taca de reincidência criminal de quem sai de uma cadeia dos EUA ou do trauma psicológico de pessoa que foram presas porque xingaram a mãe? Esse numero so mostra a merda que dá ter prisão privada, onde o prisioneiro gera lucro para o dono da cadeia…atraves de mão de obra escrava (faz 50 cents por hora no trabalho dentro da cadeia sim!)….
        A população preparada armada vai fazer o que? Matar os governantes? Acabei de achar que vc dizia que aí não desrespeitavam a lei pelo medo de ir preso…pq a solução pra um governo não é votar ou eleger não ne? É tem arma apenas…
        Nosso indios foram mortos pelos europeus, e infelizmente não temos até hoje uma política de inserção indígena na cultura. Agora, por que matou aqui, justifica matar la?

        Serio, estuda um pouco e usa de coerência para discutir essas coisas…não é partidário esse tipo de estudo, vc não precisa ser PT, ou comunista ou sei lá o que….só num fala asneira. Os EUA tem defeito como todo país do mundo tem, só num tenta me dizer que é perfeito aí.

        Alias, obrigada por morar aí.

        1. Fabio Responder

          Infelismente com todos esses problemas o Brasil ainda não tem como fazer comparações com os EUA, os níveis de problemas são diferentes. Sem justificar assassinar inocentes, mas enquanto os EUA jogam bombas com drones e outros países o brasileiro mata o próprio brasileiro roubando na política e levando vantagem individual em tudo. A doença social americana, o tal do “American Dream” e o “American way of life” não são tão nocivos quanto ao “Jeitinho brasileiro”. Você tem muito mais respeito nos EUA como imigrante ilegal do que como cidadão brasileiro morando no Brasil. Esse papo de sistema de saúde etc… é regional, tem estados melhores e piores, mas não dá para comparar com o SUS brasileiro. Entendo o sentimento anti americano por todas as cagadas que eles fazem no mundo, mas antes de falar mal dos EUA o brasileiro precisa fazer uma faxina no próprio país, caso contrário está prestando atenção no problema errado.

      2. Sarkirssian Responder

        Você vive é no munda da lua… estar 20 anos preso porque roubou para comer?!
        Pagar impostos para não ter direito a saúde e educações gratuitas?!
        Quando sofrer uma morte na familia só porque um garoto resoulveu brincar com a arma do pai ai sim já chora, mas do alto da sua mansão não vê a miséria que a circula… vá até ao Canadá e depois diga se os EUA são assim tão bons… há mas reparei que não comentou das invasões de outros países em busca de petróleo… perdão pela liberdada…

      3. caiqueusa Responder

        um coisa esta errada mesmo… nao fazem 50 centavos por hora, mas 1 dolar por um dia inteiro… voce no minimo vive na Disneylandia, estou aqui por mais de 20 anos e garanto, este pais esta com os dias contados para explodir de dentro pra fora… olha so a lei idiota da Georgia…. continue no castelo da cinderela, pelo menos se algo acontecer com voce, voce morre sem saber de onde veio.

    9. Sarkirssian Responder

      Porque se todo o mundo for olho por olho e dente por dente, meio mundo andava cego e a outra metade desdentada…
      Andar armado, sem licença e sem treino é o que leva a altas taxas de criminalidade, à existencia de mais bandidos e a mortes resultantes de histerismo e preconceito!

    10. caiqueusa Responder

      voce assiste noticias? Tem muito americano louco, que mata apenas porque nao foi com a sua cara…. ou porque voce resolveu mandar um texto no cinema antes de comecar o filme… satisfeito?

    11. Luciano Responder

      Mais antiamericanismo raso e tosco. Realmente, os EUA são o inferno na terra… Bom mesmo é viver no Brasil onde quem deveria estar preso não está e quem está pode ficar lá sem fazer p… nenhuma que nós pagamos a conta. Legal mesmo é viver em um país em que quase não existe mais pobreza, porque se considera “classe média” quem ganha 300 reais percapta, mesmo que um aluguel de uma moradia decente na maioria das cidades custe 5 vezes isso. Inteligentes somos nós, que damos auxilio maternidade, possibilitando que a mamãe feliz possa dar a luz ao seu filho no conforto do estacionamento de um hospital sem vagas. Progressista é ter um Sistema Unico de Saúde que finge ser universal e atender todo mundo, mas que mal e porcamente só consegue atender aos mais miseráveis, que não tem a possibilidade de pagar um seguro privado de saúde, igualzinho ao que fazem os americanos, com a diferença que, aqui, mesmo pagando, somos atendidos como gado. Dez milhões de pessoas foram mortas na “fundação” dos Estados Unidos? NOOOOOSSA! Que horror!! Quer dizer que no século XVIII eles mataram tudo isso é? Ainda bem que nossa “fundação” não matou ninguém não é? Deixamos para fazer isso em pleno século XX/XXI, onde 50.000 brasileiros são mortos todos os anos pela marginalidade. Outro absurdo é ter que jurar não ser comunista. Esses americanos tem que aprender conosco. O Brasil sim é que está certo. Aqui, basta jurar amor eterno a Fidel, Che, Lula et caterva para que possamos, não só sermos admitidos no país, como ainda conseguir um carguinho comissionado no governo (vide “padre” Liverio Medina, das FARCS). Aqui no Brasil, ao contrario dos EUA, somos todos pacifistas. À exceção dos traficantes, que são armados até com metralhadora anti-aérea, quase ninguém possui arma de fogo. Preferimos nos vestir de branco e fazer pombinha da paz com a mão na praia de Copacabana… é mais progressixxxxta. Que coisa horrível! Quer dizer que a maioria dos americanos acreditam em Deus e no Diabo?? AAHHH Aqui nós já expurgamos isso… Fora uma meia duzia de pastores no congresso que insistem em defender valores cristãos, o resto já tá tudo dominado. TRADUÇÃO DE TUDO ISSO AI EM CIMA… “VÃO CHUPAR PREGO ATÉ VIRAR ALFINETE!

      1. Ricardo Westphal Responder

        De qual país vc está falando qdo fala em moradia decente? Moro em Curitiba, cidade com custo de vida mais alto que Berlim, vivo em uma casa acima do q eu considero como decente, tem 3 quartos, sendo 1 suíte com hidro, e 2 vagas na garagem, e pago 1300 reais por mês de aluguel (tenho esposa e 2 filhos que moram comigo, portanto é R$ 325 de aluguel por cabeça)… antes de morar aqui, vivia no interior de SP e pagava 900 reais de aluguel num sobrado novo com o dobro do tamanho deste imóvel aqui (fui o primeiro inquilino e a casa era a coisa mais linda)…

        1. Daniele Responder

          Você paga 1300 de aluguel em uma casa em Curitiba com 3 quartos e 2 vagas na garagem? E eu achava que Curitiba tinha custo de vida alto…Moro no RJ e pago 1200 num apartamento com 2 quartos 1 vaga na garagem e Apartamento é bem inferior a casa…No mesmo prédio tem aps de 1 quarto custando 900…Nossa vou para Curitiba!! rs

      2. Keith Responder

        Caro Fábio, o que e um imigrante ilegal? Vc certamente quis dizer “invasor” quebrando as leis migratórias.
        Tente vir para o Brasil, sem visto de trabalho, qualificação não comprovada, sem pagar impostos ou outras contribuições a isto que se transformou em um fiasco marxista.
        Se não gostam dos EUA, estão aqui porque?
        Vá beijar a Anta do Planalto, e boa sorte. Ou como publicou o D Mainardi:
        O Lula e minha anta, e retorne a pátria que te cuspiu para fora.
        Comparar o Brasil com que? Já e parte do BRIC! A Rússia desmantelada, a China destruindo o globo, a Índia fazendo competição com o Himalaia com tanta bosta que bota nas ruas por dia e o Brazil se sente bem neste clubinho, certo?
        Comparar o BRIC com os EUA e no mínimo uma piada sem nexo.

  2. Demostenes Cotrim Responder

    Convenhamos que esse 10 é meio fantasioso

    1. Guto Responder

      Veja esta pesquisa Gallup nos Estados Unidos: http://www.gallup.com/poll/114544/darwin-birthday-believe-evolution.aspx e também essa notícia da Reuters (provavelmente a fonte dessa informação): http://www.reuters.com/article/2007/11/29/us-usa-religion-beliefs-idUSN2922875820071129

  3. Flávio Viana Gomide Responder

    Todos os fatos são vergonhosos. À propósito, o 10 é verdade principalmente pelo argumento do cinturão da bíblia nos estados mais interiores do país.

  4. Sysnake Responder

    Bem sensacionalista e esquerdista esse post! Tirando o ponto #2 todos os outros sao positivos e sao parte da razao dos EUA ser a potencia que é hoje

    1. Carol Responder

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Suspenso Responder

      Mas potência pra quem? Certamente não para os excluídos. Ser potência invadindo países e roubando suas riquesas, instalando regimes ditatoriais por toda a América Latina é fácil, quero ver pensar no homem como um todo. Aí sim eu digo que são uma potência. De qualquer outra forma, são apenas um novo império romano. Seek and Destroy. Ah mas um dia eles caem, como todos os outros caíram. Abraços.

    3. Vinnycius Responder

      Oh senhor, perdoe-o, ele não sabe o que diz. Amém!

    4. Thiago Responder

      Concordo com vc… matéria de esquerda sensacionalista… números sem fundamento e sem referência.. e, comparado com o Brasil… está a anos luz na nossa frente!… Principalmente a questão da saúde, lá você precisa de ter plano de saúde, sensacionalismo puro!!!… Aqui no Brasil vc também e obrigado a ter plano de saúde que não chega nem aos pés de um atendimento lá…. e se não tiver plano de saúde aqui no Brasil… vc vai pro sus morrer e ser tratado como LIXO… Quero ver eles compararem aquele numero de 125 mortos com números dos que morrem em filas do sus aqui no Brasil todo dia!…

      1. Chico Lobo Responder

        Vai pra lá… vai morar nos EUA se vc acha que lá é tão legal…

        Lá, só é bom para quem tem financiamento de bolsa de estudo como faz o governo do PT (que vcs não gostam) pra estudante pobre poder se qualificar…

        E mesmo assim, se não há quem banque esses estudantes, com certeza os EUA nem deixa vc entrar…

        Vide as fronteiras do México.

    5. John McArnroe Responder

      Concordo plenamente com vc.

    6. detector de troll Responder

      Troll detectado!!! Não existe ser vivo no mundo que possa ter uma opinião tão idiota.

  5. Valdir dos Santos Responder

    Eu li e pensei na possibilidade, de não ser verdade. Diante do que conheço da historia quase todas as questões podem ser verificadas. Não vou me dar ao trabalho, por que apesar da minha admiração pelo povo americano, que diga-se de passagem, conheço através dos filmes de Hollywood. Quem quiser verificar também não é difícil, porque americano fazem relatório de tudo e guardam. Não têm vergonha do que fazem. Eles acham que estão certos. Eu fico com o Brasil, que concertado, é um paraíso, ainda dá pé. Quanto aos EEUU, sei não. Encontrarão o fim deles no momento oportuno, como outros antes deles. Explique porque está errado o artigo. Mostre que as suas convicções são fundamentadas em fatos reais. Temos que cuidar de não ser como eles. Gostaria de ver os meus brancos, negros, mulatinhos e indígenas e miscigenados mandando ver pelo mundo afora. Temos a Dilma e o Lula e se Deus quiser muitos outros comprometidos com a humanidade. AJA LUZ!

    1. voador 40 Responder

      meu caro Valdir dos Santos, sinto em te dizer que temo pelo seu futuro… Dilma e Lula comprometidos com a humanidade, don’t tell me bullshit man !!!

    2. E nois... Responder

      Vivo aqui a 35 anos e discordo desta materia. Ja conheci milhares de brasileiros por aqui ( e continua chegando mais ) e todos eles nao voltam mais ao Brasil nem que a vaca tussa. Podem crer, isso tem a mao do PT que quer forcar garganta abaixo essas mentiras. Se tiver oportunidade, nao desperdisse, saia antes de uma intervencao. Aqueles brinquedinhos belgas, suissos, italianos nao farao frente para os Raptors.

    3. Sergio Bucco Responder

      Sempre se encontra gente sensata, que consegue ver de forma profunda, separando a essência da aparência!
      Parabéns Valdir dos Santos!
      Abç!!!

  6. Clóvis Crespo Responder

    Se aqui a polícia prendesse todos os bandidos e a justiça os mantivesse presos, NÓS teríamos a maior população prisional do mundo…

  7. André Barreto Responder

    e o primeiro tb faz ter pena de ladrão (nova escravidão).
    lá eles trabalham, e até dão lucro aos municípios e donos das prisões.
    aqui, só dão prejuízo, são desumanas, e são destino de menos de 10% dos processos e B.Os abertos.

    1. Di Felipe Responder

      O nosso grande problema aqui na superlotação dos presídios é o tráfico de droga, em média de 70% dos presos estão lá pelo tráfico ou por roubos, assaltos, assassinatos para comprar drogas mas especificamente o crack! É preciso descriminalizar a maconha e combater de verdade o crack (situação difícil levando em conta que os grandes traficantes são políticos)

  8. Rafael Blanco Responder

    Preferia mil vezes os modelo de politica dos EUA do q o Brasil. Esta claro que esse é um artigo sem fundamento algum.. Pode até que existam muitos presos lá, porém os presídios conseguem cumprir seus fins. Lá pode ser que não tenho assistência a maternidade, mas pra que? o americano consegue comprar o que ele quer com o seu salário mínimo de $ 1200,00 sem contar que os remédios e materiais escolares nem são tributados iguais no Brasil. Lá vc não precisa de auxilio de governo pq vc sabe que se trabalhar vc vai conseguir as coisas, tenho um amigo que mora la a 10 anos é jardineiro e diarista e anda de Mercedes CLC 200. Enquanto que é feita uma matéria lixo dessas, o Brasil não tem nenhum ponto positivo: nem saúde boa, nem presídios bons, nem educação boa nem nada! Somos um país assistencialista falido! Que a popualçaão prefere de receber esmola pra poder comprar o mínimo do mínimo do que trablhar conseguir comprar algo realmente satisfatório. REPORTAGEM LIXO!

    1. Daniel De Lima Casagrande Responder

      Concordo, eu coloquei um post aqui, mas o moderador não “aceitou”, porquê também falei, que antes de criticar os americanos, temos que olhar pro nosso próprio rabo. Também prefiro muito mais o modelo deles, que funciona, claro que não é perfeito, mas funciona sem ser tão oneroso para os contribuintes e lá a população vê um retorno real dos serviços públicos. Quem dera esses milhares de vagabundos presos aqui, trabalhassem pelo seu próprio prato de comida, produzissem para a sociedade ou empresas e dessem algum retorno válido, ao invés de ficarem mandando no tráfico de dentro das cadeias, queimando colchão e comendo a nosso custo. Porquê esse tontão, não escreve a quantidade de pessoas que morrem todos os dias nas mãos de “menores infratores” e maiores cara de pau, que não têm medo de serem presos, pois sabem que a impunidade reina em nosso País. Cadê meu direito de ter uma arma pra defender minha família dessa escória? Cadê nossa educação pública (municipal e estadual) que passam crianças de ano sem saberem ler e escrever, que não têm boletim ou lição de casa? Queria eu poder mudar pra lá de mala e cuia e levar minha família. Como você bem disse, as pessoas que vão pra lá, ou que nascem lá e TRABALHAM, conseguem ter uma qualidade de vida digna, bem ao contrário daqui. Enfim….o post desse cara foi totalmente inútil e infeliz.

      1. Lucas Martins Responder

        Cara, isso tudo que você falou é o típico comentário de quem não enxerga mais nada A NÃO SER o próprio rabo! Os presos trabalharem de forma forçosa não tem relação direta com retorno social nem com redução de impostos, uma vez que essas prisões são privadas. Uma população prisional gigante não significa que a justiça funciona, significa que a educação (dentro e fora das escolas) e a distribuição de renda são falhas!
        Você acha mesmo que os traficantes continuariam comandando o tráfico de dentro das prisões se isso não fosse de interesse de políticos? Ou melhor, que os grandes traficantes estão presos? Quem vai preso é peixe pequeno, amigo. Os grandes líderes do tráfico estão no poder. E população armada significa população que (se) mata. Existe estatísticas claras de que sua chance de sobreviver a um assalto ou sequestro é menor se você reagir ou estiver armado. Se um dia você mudar pra lá, irá saber o que é racismo de verdade. Mesmo que sua pele seja branca, muitos brasileiros tem dificuldade de conseguir trabalho e sofrem grandes discriminações por serem latinos. Vamos pagar menos pau pros americanos e, concordo contigo, olhar mais pro nosso país!

        1. Moises Responder

          Sr. Lucas, por favor,Mostre-me que distribuição de renda vai melhorar a situação se no século passado através de praticas socialistas, só causou queda na economia e falência.

          Por que presos trabalhando de forma forçada é errado? Se não há o retorno social, então Taiwan deve ser a parte disso

          Sim, população prisional é que a lei está funcionando,ou preferia na rua?

          Interesse político advém de corrupção e excesso estatal com suas burocracias, q tal diminuirmos isso e ver como fica? Islândia, Cingapura são exemplo. e o traficante menor tem q ser preso sim, é criminoso.

          Não, população armada, significa população que se defende contra governos tiranos. Por que será q todas as ditaduras como nazismo e comunismo resolveram desarmar sua população primeiro? População desarmada provoca mais morte, vide Brasil e /Chicago.
          Racismo tem em qualquer lugar, ate aqui.Isso é espantalho.

    2. Di Felipe Responder

      Primeiramente Rafael Blanco a matéria não é uma comparação entre EUA e Brasil, mas sim mostrar que o EUA não são aquela perfeição que eles dizem ser, que lá também tem problemas como nos outros lugares do mundo, saúde, educação, exploração; quer um modelo politico melhor do que o do Brasil conheça o da Suécia, muito superior ao nosso e ao dos EUA. Não é apenas assistência maternidade é preciso um tempo para a mãe se recuperar e cuidar do bebê! E caso não esteja contente aqui, hoje em dia é facil conseguir o visto pra lá, aproveite!

      1. Victória Calixto Responder

        Mas a Suécia é um país pequeno, com uma população ultrapassada por muitos ESTADOS brasileiros. Os Estados Unidos são o único grande país – com mais de 100 milhões de habitantes – que é desenvolvido, com exceção do Japão. Mas para nós podermos imitar o sucesso japonês teríamos que ter a sua cultura, que é totalmente diferente da nossa, enquanto os EUA são ocidentais. Acho sim que nós podemos aprender muito com os Estados Unidos. Só acho também que precisamos aperfeiçoar as coisas nas quais são falhos e aprender com seus erros antecipadamente.

        1. Bruno Responder

          Ok… considere o Canadá. Com o PIB dos EUA eles poderiam oferecer bem mais aos contribuintes.

    3. fagner Responder

      Cara, se informa antes de fslar bobagens… Os EUA tem vários progrramas assistencialistas e um deles o SNAP (Bolsa Familia americano) ajuda 40 milhões de pessoas. 40 milhões!

  9. Daniel De Lima Casagrande Responder

    Engraçado meu post não ter sido “aceito”…quer ler só o que lhe convém?

  10. supermuca Responder

    maior baboseira que eu já ouvi na minha vida.

  11. Luana Cypriano Responder

    A lista do “pesadelo brasileiro” seria muito mais chocante! Com certeza!

  12. Diogo Araujo Responder

    eu moro aqui e alguns fatos ai são uma grande mentira e bem rasos. Existem problemas sim, mas querer comparar Brasil com aqui é uma baita hipocrisia…. alguém nos comentários veio falar das armas aqui. Pelo menos se tem o direito de defesa e mesmo assim o indice por morte de fogo é bem baixo, cerca de 14 mil por ano, sendo que 10mil são suicidios (alto, eu sei). Mas se querem comparar mesmo, peguemos o ano de 2012 que houveram mais de 53 mil homicidios no Brasil, registrados, fora os que fica por debaixo do pano que são milhares.

  13. Diogo Araujo Responder

    meio forçada a matéria, meio fantasiosos alguns fatos

  14. Felipe França Responder

    Vale lembrar que “o limiar da pobreza” norte-americana é beeeem diferente da maioria dos países. Um pobre lá que ganha em torno de, no mínimo, $300 dólares a semana de trabalho vive bem, se comparado com alguns países, incluindo o próprio Brasil.

    E um dos motivos de terem a maior população prisional do mundo é que eles simplesmente colocam os bandidos na cadeia!

    Mas tirando o fato das armas, falta de apoio a imigrantes, guerras e consumismo desenfreado, acho que os US são um ótimo país para se viver.

    1. Janaína Responder

      Felipe, o texto é muito claro: “(…)cerca de 16 milhões de crianças norte-americanas vivam sem “segurança alimentar”, ou seja, em famílias sem capacidade econômica para satisfazer os requisitos nutricionais mínimos de uma dieta saudável.”
      O texto não está falando diretamente sobre renda bruta, só está dizendo que 22% das crianças dos EUA não tem acesso à alimentação necessária para uma vida saudável. As famílias dessas crianças com certeza NÃO ganham $300 dólares por semana, ou essa estatística seria muito diferente do que é na realidade. O salário mínimo de 1200 dólares não passa de um sonho distante para muitas famílias de lá.

      Se for do seu interesse, leia esse artigo: http://feedingamerica.org/hunger-in-america/hunger-facts/child-hunger-facts.aspx

    2. Janaína Responder

      Ah! E um dos motivos de eles terem a maior população prisional do mundo não é por que que eles colocam os criminosos na cadeia, é por que eles pouquíssimo fazem para diminuir a desigualdade social. ;-)

  15. eikinkloster Responder

    Bom ponto, Paul. É o país mais eficiente em manter bandido na cadeia, se for pra continuar nesse nível rasteiro de análise do texto.

  16. Pablo Iacovazzo Responder

    Nada mais equivocado, Moloko Vellocet. A criminalidade é um problema primordialmente econômico, aprofundado por questões como desigualdade social, precariedade no acesso a serviços públicos, má distribuição de renda, educação deficiente, baixa expectativa de mobilidade social, etc, etc, etc. Reduzir o problema a uma questão “moral” é algo não apenas tolo, mas extremamente unidimensional e limitado.

    1. aaaa Responder

      E por que todos os pobres do mundo não estão matando por aí?

    2. Malu Silva Responder

      EXATAMENTE..

  17. Pablo Iacovazzo Responder

    Citar uma fonte para essa (bastante questionável) afirmação seria de bastante utilidade.

  18. Pablo Iacovazzo Responder

    Eu li isso direito??? Não é possível. Você está afirmando que a criminalidade lá existe “porque o país tem negros e hispânicos é isso mesmo”??

    1. Malu Silva Responder

      AFFF.. NEM ACREDITO…

    2. Alex Responder

      De onde tirou isso? Mera interpretação tendenciosa. O autor sugere que os mais pobres e os negros são o alvo das leis “draconianas”, portanto que a lei não é aplicada da mesma maneira para ricos e pobres. Nada a ver atribuir a criminalidade a existência desta ou aquela etnia. A criminalidade lá deriva das desigualdades sociais. Aqui também deriva das desigualdades sociais, mas principalmente da falta de estrutura familiar.

      1. eikinkloster Responder

        Alex, o Pablo Iacovazzo está respondendo a um comentário meu. É que o site parece ter desconfigurado as threads. Sou eu quem afirmo que a criminalidade dos brancos nos Estados Unidos é semelhante à criminalidade dos brancos na Europa, e que a diferença total acontece por conta da criminalidade dos negros e mestiços indígenas (“hispânicos”), que é alta em praticamente qualquer país do mundo. Os Estados Unidos têm mais criminalidade porque têm mais negros e “latinos”, e negros e latinos têm maior taxa de criminalidade porque são povos mais primitivos e, por isso, com menor auto-controle.

  19. patricia Responder

    Acho engracado esse povo que defende os EUA, tem gente que realmente acredita na farsa do sonho americano. Muda pra la galera e vai limpar privada de americano e ser tratato como lixo!!!!!

  20. Eduardo Rahy Responder

    Nao achei ruim o numero 9. Imagina se começa um apocalipse zumbi, nós brasileiros estariamos fudidos, enquanto os americanos vão ter muita arma e munição para sobreviver.

    1. Alex Responder

      Sei, um apocalipse zumbi… Ai todo mundo faz armas de lego que vão ser tão realistas e funcionais quanto a ideia de um apocalipse zumbi…

  21. Victória Calixto Responder

    Nada a ver, na Islândia e nos países nórdicos o número de armas de fogo é igual ao dos EUA e não tem tanta violência. O que cria violência lá é o bullying ao qual os estudantes estão expostos nas escolas americanas, fruto da competitividade exacerbada e da desigualdade social e racial do país.

  22. Gustavo Machado Responder

    Sinceramente, o artigo é de uma miopia ímpar. Por exemplo, quando diz que 22 milhões de crianças americanas vivem abaixo da linha da pobreza. Vamos esclarecer uma coisa. A linha de pobreza americana é US$ 800/mês/per capita. Sabe o que isso significa no Brasil? US$ 800 = R$ 2.000 = família (quatro pessoas, não uma, como é na conta americana) de classe média. Bem, não li o resto porque é simplesmente lixo!

    1. Norma Responder

      Como pode ainda existir quem acredite neste monte de mentiras sobre o EUA. Não foi por filme que conheci aquele magnífico País.
      Gente educada e quando não, entra a Lei e ajusta o caráter. Gente que sabe viver.
      realmente lá é um lugar para trabalhadores, eles também limpam privadas.
      Quando nasce um bebê, os pais são presenteados com um jantar elegantérrimo, parece filme kkk, a mãe recebe por 7 anos cesta básica que inclui principalmente os alimentos da criança e ainda $700,00 por mês. As despesas hospitalares só serão pagas se eles verificarem a condição do paciente, e se cobrarem é parcelado como no cartão de credito por até 60 vezes sem correção.
      As placas dos veículos pertencem ao dono e não ao carro, ou seja, quando o carro é vendido a laca fica com o comprador (não existe a surpresa de multas para o novo comprador).
      Existem condomínio projetados para idosos e deficientes com zeladores 24 horas para sanarem qualquer problema, tipo a persiana cair kkk Gente tudo é resolvido sem nenhum custo para o morador de baixa renda (igualzinho no Brasil kkk) A alíquota do imposto de renda é no máximo 15% e aqui é 27%.
      Morem por lá e vejam o quanto esses comentários são absurdos.
      Acredito que só pode ter duas explicações para o comentário: ou é inveja ou falta de conhecimento.
      realmente o trabalho é duro mas a remuneração é justa.
      Lá os pobres vivem como os classe média alta aqui. Carrinho lindo (SUV) $ 19.000 zero KM, aqui cerca de R$100.000,00 ou mais…. E tem mais, todo trabalho é digno não importa se é limpando privada ou bumbum de velho, o importante é ter escola integral para seu filho paga pelo governo, segurança, alimentação de qualidade (frutas parecem artificiais de tão perfeitas) Continuem votando em corruptos e deem a eles as chaves das portas de nossas senzalas. Continuem vivendo a escravidão que nunca deixou de existir, apenas mudaram o nome e maneira de praticarem. O pior de tudo é conhecer os EUA e comparar com o Brasil, que vida difícil nós brasileiros escolhemos viver através de nosso voto. Desculpem-me, mas discordo de todos os 10 itens..

  23. Esquerdopatia Responder

    Hoje eu tenho vergonha de ser brasileiro, eu vi a verdadeira face desse país, o genocídio continuo e a impunidade completa, me arrependo todos os dias de ter ficado aqui.

    1. natannata Responder

      o povo aqui so sabe reclamer do brasil mas ninguem faz nada para melhorar o pais dizer q ta tudo uma merda e jogar lixo da janela do onibus ñ adianta muita coisa ñ a mudança ñ cai do ceu nos somos a mudança se a educação americana fose tão boa assim estaria classificada como a melhor educação do mundo e segundo os dados do pisa a melhor educacão do mundo é a da finlandia os eua o brasil eo mundo deveria se espelhar nesse sistema de educação os eua é melhor que o brasil é mas nos tambem somos um bom pais para se morar tem paises onde estão acontecendo guerras e bombardeamentos e tambem existem paises piores do que o brasil fugir dos problemas e facil agora fazer o possivel para muda-los q é dificil o brasil e um dos 12 paises mas cobiçados para se morar nos somos a setima maior economia do mundo nos temos o unico acelerador de particulas da america latina foi um brasileiro q inventou o avião e o relogio de pulso

  24. Héder Responder

    ~eles tem algo interessante, entre regras corretas ou incorretas, elas são cumpridas. aqui temos brecha pra tudo, e tudo pode, nada acontece…

  25. MateusS Responder

    Péssimo artigo, totalmente tendencioso. Para você escrever uma matéria dessa você tem que ser mais imparcial e não tentar mudar a cabeça dos outros com seu antiamericanismo.

  26. Hudson Cergilio Responder

    “1. Maior população prisional do mundo”

    Porque a lei funciona, se no Brasil a lei funcionasse de verdade, se a polícia fizesse um trabalho sério e competente e se o sistema judiciario fosse eficaz, o Brasil com certeza teria a maior população criminal. No Brasil tem ladrão em qualquer canto, até o ricos estão roubando. Tanto crimes cometidos, e ninguém paga por isso!

    1. Tiago de Vicente Responder

      “Até os ricos estão roubando”?? Mas sempre foram e são os que mais roubam (de longe).

  27. Max Siqueira Responder

    continua melhor que o Brasil, isso é um #FATO!

    5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde. No Brasil deve morrer 125 por minuto.

    9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo. EU APOIO.

    10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin. Pelo que sei o Diabo é mais bonzinho do que deus estuprador de virgens

  28. Filipi cm Responder

    Sonho americano? Conheça 10 fatos maravilhosos
    sobre os EUA

    1.
    Maior população prisional do mundo

    Um dos países mais seguros do mundo

    2.Apenas 2.
    22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza. No Brasil esse índice
    é absurdamente maior.

    3.
    Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.

    Um
    país verdadeiramente soberano.

    4.
    Os EUA são o único país da OCDE que não oferece qualquer tipo de subsídio de
    maternidade.

    Em
    um país que um lavador de prato anhá 5mil dólares isso se faz desnecessário.

    5.Apenas
    125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo
    de plano de saúde. No Brasil é muito mais, fora os que morrem na fila de
    hospital ou os que morrem mesmo possuindo plano de saúde.

    6.Essa
    é pura sacanagem, mentira atrás de mentirá. O Brasil matou mais índios e nem
    sequer da nem metade dos benefícios que os americanos dão aos seus Indios.

    7.
    Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver
    nos EUA.

    Maravilha.
    Quem nunca ouviu falar da fome na Ucrânia.

    8.
    O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares.
    Agente sabe que bons alunos pagam uma miséria mesmo na Stanford. E no Brasil so
    bons alunos passam no Vestibular, 80mil dólares nos EUA são 53 salários
    mínimos, no Brasil uma Licenciatura custa em torno de 100 salários mínimos.

    9.
    Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há
    nove armas de fogo. Lá a possibilidade de um cidadão ter sua casa invadida por
    bandidos é extremamente menor do que no Brasil.

    10.
    Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em
    Darwin.

    A
    teoria da evolução ate hoje não é 100% completa ou infalível nem sequer
    irrefutável.

    1. Char Responder

      Depois desse comentário eu apagaria essa matéria kkkkk
      Boa

    2. Eva Responder

      adorei o comentario

    3. francisco Responder

      Na sua concepção invadir países, desestabilizar governos, fomentar guerras para abrir mercados para a indústria armamentista é soberania? se vc não for um norte-americano para defender essa política externa deve ser muito idiota mesmo.

    4. Patrícia Responder

      Cara, só porque no Brasil é bem pior não significa que os EUA sejam legais ok. Comparado com a maior parte da Europa Ocidental, esses índices são VERGONHOSOS. O ponto do post não é dizer que o Brasil é melhor que os EUA, claro que não. É só pra mostrar que os EUA também são uma merda. Pare de puxar saco dos caras, eles não te querem lá.

    5. Juliane Responder

      Verdade

    6. H Responder

      Acho muito engraçado que algumas pessoas digam que a reportagem não tem nenhum fundamento mas não apresentam nenhum dado para refutar as informações. Incoerência… sou médica de hospital público e conheço bem a realidade. O sus é muito carente em consultas de acompanhamento, mas atendimento de emergência é muito eficiente. Qualquer cidadão que sofra acidente de carro, seja atropelado ou algo do gênero vai para o hospital e sabe que, sobrevivendo, não vai ter dívida alguma para pagar. Como estamos habituados a isso não damos valor a isso, mas deveríamos. Se quiserem falar de um sistema de saúde que seja realmente bom não falem dos EUA, porque não é, falem do de países europeus, esses sim são exemplares, e mesmo assim enfrentam seus problemas.

    7. Sarkirssian Responder

      1- É bom invadir outros pelo petroleo…

      2-Filipi é parvo!

    8. Marcos Responder

      Existem 196 países no mundo e ele invadiram 149 nos últimos anos, kkkk;

  29. Thiago Vinhas Responder

    Que lixo de texto… várias coisas inventadas e/ou deturpadas. Sem o resto do site posso dizer que trata de um site socialista/comunista/marxista.

    Moro nos EUA e posso dizer tranquilamente que está anos luz na frente do Brasil em todos os quesitos. Não troco isso por qualquer outro lugar.

    Os comunas que adoram exaltar cuba se recusam a comentar, mas cubanos vem em barquinhos e até nadando para Miami e aqui fincam raízes. Só em 2013 foram mais de 40 mil cubanos. Por que será?

  30. Henry DA Luz Responder

    eua o povo anda armado e no brasil o povo anda desarmado e o indice de mortalidade com armas de fogo é altissimo no BRasil! QUEM FOI QUE ESCREVEU ESSA INVERDADE? ALGUM POLITICO BRASILEIRO TENTANDO AMENIZAR A MERDA DO PAIS?????

  31. Henry DA Luz Responder

    PESSOAL VAMOS FALAR DO BRASIL E TENTAR RESOLVER ESSE PROBLEMA AQUI E NAO O DOS OUTROS PAISES! OU NÓS NOS CONTENTAMOS EM FALAR MAL DOS OUTROS E ESQUECER ONDE VIVEMOS??????
    PREFERIMOS IR PROTESTAR CONTRA TIMES DE FUTEBOL EM FRENTE AOS ESTADIOS AO INVES DE IR PROTESTAR EM FRENTE A CASA DOS POLITICOS CORRUPTOS DESTE PAIS!
    TA TUDO CERTO AQUI HEIN!!! TSC… TSC….

  32. Cris Responder

    vc terminou o segundo grau?

  33. Cris Responder

    não sei se tenho pena ou ignoro…tadinha…vai estudar antes de falar uma asneira dessa..não tem nem embasamento…terminou pelo menos o segundo grau???

    1. Malu Silva Responder

      CONCORDO CONTIGO! EITA BESTEIROL..

  34. guiorgue Responder

    essa revista é um lixo comunista. Por que não comentam sobre Cuba ou Coreia do Norte onde não há resquícios de direitos humanos e sobram escravos. O EUA não é um país perfeito, aliás nenhum país é, porém está anos luz à nossa frente em qualquer fator de comparação. Fato!

  35. Marcus Vinicius Ferreira Galdi Responder

    Se for comparar com os fatos chocantes do Brasil, esses dos EUA viram piadas!

  36. Marcus Vinicius Ferreira Galdi Responder

    Também não vejo o número 7 e 9 como pontos negativos.

  37. conhecimento da real Responder

    Nos Estados Unidos voce ė preso por roubar por qualquer que seja a quantia .no Brasil os politicos roubavam milhoes e ficam impune.Os presos gaham pouco , pois ė o que merecem os assaltantes,estrupadores , assassinos etc…Quanto ser comunista ė o mesmo que morar no inferno;so vem a terra com uma missao .Quando algem precisa ir ao hospital ė so ir ao hospital e ele năo ficara sem ser atendido , independente se ele possue dinheiro ou nāo .Ele nao nao deitar se no chāo como no Brasil.Quanto as criaças pobres elas se alimentam de alimentos nāo tāo saudaveis , mas se alimentam e o governo lhes da alimentos atraves do foodbanks,ajuda de compra de supercado , ajuda a familia para pagar aluguel e nāo moram debaixo de pontes…somente mendigos com problemas mentais que fizeram tal escolha. Muita propaganda enganosa da ex terrorista .

  38. Matheus Barbosa Responder

    Nunca li tanta baboseira esquerdista. Texto totalmente pretencioso e parcial, deveria contar as histórias corretas e não formar comunistas.

  39. Albertina Rodrigues Responder

    Apoio a sua observacao, Karla. Relacionar negros e indigenas com violencia, além de racismo´e ignorancia, é também serem estúpidos;,é
    arrogancia de pessoas tolas. Se Deus quisesse apenas brancos neste Mundo, nao teria criado humanos de outras cores de pele, o que é muito mais interessante! Eu nao culpo os negros por serem revoltados com este idiota preconceito. Desculpem-me dizer, mas a pior raca é a branca em todos os sentidos. Mais vale um negro de bom caráter do que um branco corrupto, bandido e…muito mais.

    1. Malu Silva Responder

      EXATAMENTE..

    2. eikinkloster Responder

      É bem difícil adivinhar a intenção de Deus para o mundo. Se você está partindo de uma perspectiva bíblica, pense se seu argumento valeria para os filhos de Cain. Se Deus quisesse apenas filhos de Set, por que teria criado os filhos de Cain? Mas Deus extermina os filhos de Cain no Dilúvio.

  40. Carol Lazarin Responder

    Engracado como é mais fácil falar que acredita no Diabo que em Deus né? E qual o problema de nao acreditar que nascemos de uma explosao e evoluimos do macaco??? E ridiculo isso entrar numa lista de 10 coisas chocantes. O valor que eles gastam com a guerra no Iraque seria muito mais chocante que esse fato!

  41. Anna Luiza Responder

    Ah, uma coisa. O EUA é muito do que é hoje devido aos imigrantes latinos e asiáticos também.

  42. aaaa Responder

    Você é patético. Vá pesquisar e você descobre que hoje em dia a Europa é quase toda negra. França e Inglaterra que o diga.

  43. Sergio Sheman Responder

    O infeliz mora num pais de Oitavo mundo, como o Brasil, é quer falar mau dos USA, concentre-se em apontar os erros aqui na nossa casa .’. Depois da uma olhadinha nisso, infeliz .’. http://pt.slideshare.net/aldogiovani/americano-pobre-x-brasileiro-rico

  44. GuilhermeMendes Responder

    o 10º tópico é ridículo. pq as pessoas tem que acreditar numa teoria em detrimento da outra forma de pensamento? até onde se sabe não dá pra provar nenhuma das duas

  45. That Guy Responder

    WOW!!! Desculpe! normalmente nao comento sobre comentarios ou materias banais!! mas porra!!! brasileiro falar isso daqui!!! (EUA) falar em violencia???? Falar em politica????? Falar em porte de armas??? SERIO!!!!!! Em nao falar que quase a metade de tudo que esta escrito, nao passa de uma grande mentira, como se diz… Brincadeira heim!!! Moro nos EUA mais de 18 anos e isso tudo que esta escrito e muitos dos comentarios nao passam de bobagens!!! A pessoa que escreveu isso nao passa de um babaca que quer aparecer! e muitos dos comentarios! Wow, serio pessoal, sempre pensei do povo brasileiro um pouco mais inteligente do que isso!!
    Voces ja pensarram na calamidade que e a violencia no Brasil? e a corrupcao??? e vagabundo marginal que ao inves de estar na cadeia esta nas ruas marginalizando a sociedade!!! NINGUEM morre aqui por falta de atencao medica!!! e no BRASIL isso acontece??? Nao estou dizendo que os EUA sao perfeitos, mas o que estou dizendo e que, Primeiro, a pessoa que escreveu essa materia, nao sabe o que esta falando, sou immigrante de famiglia de immigrante e numca tive que jurar nada or dizer nada como diz assima!! e Segundo, primeiro temos que tomar conta de nossa casa para depois apontar o dedo na casa dos outros!!! O brasil (sim com b minusculo) nao esta em posicao de criticar NIMGUEM!!! o pais esta uma JOKE! uma brincadeira, uma palhacada!! o Brasil tem que parar com essa mania de comparacao e se ligar em arrumar a si mesmo, essa estoria e uma estoria velha e que acontece muito na terra tupiniquin!!!!!!
    Brasil te amo!!! mas as vezes falamos e fazemos tantas asneiras!!!!!
    (so um disabafo)
    Tambem pesso desculpas pelos erros gramaticos!

  46. Alexi Daher Responder

    Se esqueceram ainda de mencionar que a falida URSS (União Soviética), que ruiu perante a falência do regime comunista, corrupto e ineficaz, matou 15 milhões de pessoas para impor este regime, e manteve várias repúblicas sob o seu domínio.
    Basta analisar a situação de todos estes países e ver a miséria que se encontram, registrando que aos poucos estão se recuperando ao se ter liberdade, democracia e o direito de discordar, de ir e vir, o que é proibido no regime comunista que Camarada Dilma e outros guerrilheiros tentam implementar no Brasil.

  47. Glauco Coriolano Responder

    Coloquei no Facebook e transcrevo aqui o conteúdo de vídeo que eu assisti sobre dados da desigualdade nos EUA (muitas vezes tido como sociedade modelo). O vídeo fala também sobre aquela coisa do 1%, tal… É bem didático e em português.
    Neste mesmo canal tem um vídeo sobre meritocracia também que achei interessante, para quem quiser seguir nesta linha.
    Abraços.

    http://www.youtube.com/watch?v=T-1itpAVsn4&desktop_uri=%2Fwatch%3Fv%3DT-1itpAVsn4&app=desktop

  48. Marina Responder

    Acho que faltaram mais dados para a análise, como por exemplo, no caso da população carcerária. Sempre soubemos que a China é o país com maior número de presidiários. Também é preciso considerar a formação histórica e cultural dos EUA para não correr o risco de olhar a realidade exterior com os olhos da realidade de nosso país, como por exemplo no caso das armas. É da cultura americana a caça e os esportes de tiro ao alvo, não significando o porte de arma, necessariamente, uma sociedade violenta. Com relação à saúde, não existe sistema público como no Brasil o SUS, mas a grande maioria da população tem plano de saúde e bons serviços médicos.As universidades, mesmo públicas, são pagas. O ensino é de excelente qualidade, o aluno tem todas as condições e ambiente para se desenvolver com material didático, laboratórios, alojamento, alimentação, prática esportiva, estágio, apoio pedagógico de professores tutores,psicológico, etc… As famílias que não podem pagar a universidade possuem financiamento do governo, pago após a formatura. Por outro lado, todo o ensino fundamental e médio é totalmente gratuito e de qualidade para todas as crianças e jovens. As famílias economizam para pagar a universidade e é comum abrir uma poupança bancária quando o bebê nasce, para pagar a universidade mais tarde. São modelos e sistemas diferentes que não podem ser analisados e comparados com os nossos critérios. É preciso muito cuidado para não cair nas visões radicais, preconceituosas e perigosas.

  49. thays almeida Responder

    Minha filha, vc sabe o que é pelo menos história?

    1. Malu Silva Responder

      KKKKKKKKKKKKKKKK

  50. thays almeida Responder

    as melhores universidades estão sim nos EUA, considerando que o valor da mensalidades delas é absurda, e não, o serviço publico lá não funciona tão bem quanto pensa, não existem nem posto de saúde público lá, e o ensino público que vc tá falando deles realmente existe? porque tudo o que se vê lá é escola privada, inclusive pelo menos tente ver algum filme que exista escola PUBLICA, e vc vai ver se é tão bom assim. Inclusive o salario médio de lá é maior porque o custo de vida é MUITO maior que o daqui, não pense que lá ninguém morre de fome não.

  51. Fábio Renam Responder

    Só que eu – que deixei de andar armado por ocasião do Estatuto do Desarmamento – morasse lá e estivesse numa escola onde se iniciasse um massacre, com certeza tentaria deter o psicopata antes que ele fizesse mais vítimas.
    Tudo é relativo, Elizabeth.
    Aqui, que andar armado é proibido, os bandidos param ônibus com fuzis e metralhadoras e incendeiam as pessoas, mas não há comoção internacional.

  52. vera paixao Responder

    Quem dera se no Brasil fosse assim !!
    Cadê os Amarildos ???????????

  53. Giovanna Responder

    Você confunde correlação com causalidade. Por favor, estude esses conceitos antes de proferir suas opiniões preconceituosas e mal-informadas. Os negros e descendentes de indígenas não são causadores de violência; não existe uma relação linear. São vítimas de mal-estar social, tratados como pessoas inferiores por gente ignorante e com um falso sentido de superioridade, como você. Devido à total carência material e emocional, caem num ciclo do qual é muito difícil escapar, pois as alternativas são escassas ou inexistentes. Um branco que viva nas mesmas condições tem a mesma probabilidade de se tornar violento! Problemas sociológicos são extremamente complexos e precisam ser analisados como tal. Procure se informar melhor sobre a história das sociedades ocidentais, para entender sobre desigualdade social e violência.

    1. eikinkloster Responder

      Giovanna, baseada em que você afirma que negros e indígenas não são intrinsicamente mais violentos? Você já viu algum estudo que isola os fatores culturais dos genéticos apontando uma propensão ao crime idêntica nestes em relação aos brancos, ou você está apenas repetindo o senso comum?

  54. Jonas Dantas Dos Santos Responder

    tem gente que devia se matar; nao acredito como podem haver pessoas tao preconceituosas e ridiculas como vc

  55. MARIAH KEVOD Responder

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tu e show te amei kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  56. mdollis Responder

    ai sim o mundo vai ficar uma merda…

  57. mdollis Responder

    Por este raciocínio, a minoria branca na Africa do Sul deveria ser mais violenta, enquanto o que ocorre é o oposto.

    O que torna a população negra mais violenta do que a população branca é a inferioridade social/financeira e a situação marginal, onde leis tem menos valor.

    1. Malu Silva Responder

      EXATO..

  58. Adriano DeSouza Responder

    Breaking Bad é a série de tv de “ficção” mais REAL já feita pela TV norte-americana. A história de um professor de escola pública que descobre que está com câncer, e se vê obrigado a fabricar e vender metanfetamina para pagar as despesas médicas e conseguir deixar algum dinheiro para o futuro da sua família. Recomendo para os “descrentes” palavras dos próprios norte-americanos, como os livros e filmes do Michael Moore. Nada dito nesse artigo é novidade para mim por causa do trabalho dele.

  59. Malu Silva Responder

    concordo plenamente! Karla Teixeira

  60. Malu Silva Responder

    FAÇO DA MINHA SUAS PALAVRAS A MINHA..EXATAMENTE ASSIM…..

  61. Malu Silva Responder

    E NÃO SÃO OS NEGROS NE?

  62. Malu Silva Responder

    CLARO QUE NÃO… CONCORDO CONTIGO..O QUE DEVE EXISTIR EH PESSOAS COM CARÁTER ELEVADO… ESTA FLATANDO.. E COMO ESTA FALTANDO!!

  63. Malu Silva Responder

    CARÁTER EH TUDO…

  64. Malu Silva Responder

    NUOSSA VE FALOU BEM FALADO.. EH ISTO MESMO!!

  65. Malu Silva Responder

    DE ORIGEM MORAL….SIM…. E NÃO DE RAÇAS.. QUE ISTO GENTE!!

  66. CarlosMello Responder

    Com problemas, querendo, gostando ou não os EUA é a maior nação da terra. Os incompetentes morrem de inveja.

  67. ADRIANO Responder

    EU SEMPRE QUIS FALAR INGLÊS,MAS O AMERICAN WAY OF LIFE NÃO ME FASCINA NEM UM POUQUINHO…OS CARAS FIZERAM MUITA MERDA NO PASSADO E AINDA FAZEM…

  68. João Araújo Responder

    Estas duas cartas – a segunda, principalmente – mostram como o Brasil de hoje é um país anormal, doente, roído de inveja m esquinha, de ressentimento despropositado e absurdo. A alma desse país reflete a daqueles que o educam – os intelectuais de esquerda da minha geração, que já declarei ser a mais canalha e torpe de quantas nasceram neste solo. Os fracassos dessa geração nasceram da sua ignorância pomposa, da sua inépcia arrogante, da sua pretensão infinita de poder chegar a ser, a preço baixo, a encarnação fácil do bem e das luzes num mundo mau e sombrio. Nunca uma gentinha tão miúda chegou a ter nas mãos o destino de uma grande nação. Graças a esse fenômeno, os sentimentos mais vis e desprezíveis foram aceitos como altas manifestações de virtude e tornaram-se a base de todos os julgamentos. A inveja, o rancor, a covardia, o oportunismo que tudo sacrifica em prol da destruição dos adversários – eis hoje as bases da nossa tão apregoada “ética”. Mas em nenhum momento a baixeza chegou tão fundo quanto nas reações de milhares de intelectuais, de jornalistas, de estudantes brasileiros, diante dos atentados de 11 de setembro. Nunca, na história humana, um genocídio, abertamente reconhecido como tal, foi aplaudido e festejado de maneira tão ostensiva e despudorada. Na esquerda nacional, somente os personagens mais notórios, ciosos de suas reputações ante o público maior, reprimiram a manifestação de seus sentimentos, reservando-os para um círculo íntimo e substituindo-os diante das câmeras por palavras convenientemente ambíguas. Os demais, sentindo-se protegidos pela sua própria insignificância, deitaram e rolaram. Mostraram sem pejo o que são e o que pensam. Eu sempre soube que eles eram isso. Mas nunca imaginei que bastasse uma provocação mais forte para fazê-los exibir o conteúdo podre de suas almas de ratazanas.

    Obrigado, Milla Kette, por mostrar que, à distância de um hemisfério, a feiúra dessa gente se torna ainda mais visível. – O. de C.

  69. Alex Souzain Responder

    Muitos pontos que se comparados ao Brazil s torna positivo por ex. o numero 5, Só 125 morrem por dia por culpa da saude… no BRASIL e 125 so na cidade de Sao Paulo.

  70. Alex Souzain Responder

    E o BRASIL??? nem é noticia pois e comum.

  71. Alex Souzain Responder

    Os EUA ja fizeram muita merda… mas a Segunda Guerra so terminou bem devido a sua intervenção… Hoje estao questionando pq os EUA nao intervem na Siria… ué nao criticavam os EUA por causa disso?

  72. Juliana Responder

    Tenho uma dúvida quanto ao primeiro item: eles possuem a maior população prisional e que estes tem sido alvo de escravidão. Mas, como é fisicamente estas prisões? são piores que as do Brasil? são mais subumanos?

  73. ELISA Responder

    PAULO É KKK (KU KLUX KLAN)

  74. ELISA Responder

    pode não ter o maior IDH mas está entre os maiores .inclusive o nivel d felicidade maior do mundo está lá.

  75. Rafael Gaudeoso Responder

    vamos lá…

  76. Guilherme Kelvin Responder

    Todo mundo criticando, mas eu só li verdades e isso não se trata de preconceito, mas de enxergar a coisa de forma realista.

  77. Guilherme Kelvin Responder

    Você está dizendo isso na base do achismo? Achismo não funciona. Não estou dizendo que concordo com ela, mas ela mesmo diz que é bom verificarmos os números e se os números dizem algo, é porque aquele algo existe.

  78. Antonio Augusto Coutinho Responder

    Europa quer harmonizar legislação sobre porte de armas!

    Parlamento Europeu prepara revisão de diretriz sobre porte de armas leves. Leis sobre o assunto ainda diferem muito nos países da U.E. Cadastros nacionais de armas devem facilitar combate à criminalidade, dizem policiais. As estatísticas sobre porte de armas na Europa são impressionantes.

    A Finlândia, onde “supostamente” metade dos habitantes possui uma arma de fogo, lidera o ranking, seguida pela França, Suécia e outros países, onde aproximadamente um terço da população tem arma em casa. A Itália, a Espanha e o Reino Unido aparecem nas últimas posições nesse ranking de porte de armas registradas, sem contar as ilegais. Peritos calculam que, no total, cerca de 50 milhões de assim chamadas armas leves estejam em circulação na União Européia.

    JULIANA, vc nao sabe nada!!!!

  79. Antonio Augusto Coutinho Responder

    Lucas oque ele quis dizer mas nao disse, é que os crimes são provenientes do racismo e desigualdade racial.

  80. Quedevez, FErnando Luiz Responder

    Sabe, cresci sendo ensinado que nos USA a vida sempre era um paraíso, todos trabalhando, onde a educação e a saúde eram perfeitas. Ledo engano. Tenho alguns parentes que vivem lá há anos e são voluntários em uma ONG que simplezmente arrecadam alimentos em início de “fim-de-validade” para fazerem cestas básicas para distribuição. Segundo eles, param carrões ante a ONG para pegarem as devidas cestas. É muito fácil falar nos defeitos dos outros.O povo brasileiro, realmente, tem milhares de defeitos, e o principal deles e continuarem dando crédito demais aos norte-americanos, principalmente. Eles chegam aquia e se julgam uns deuses. São arrogantes, imbecis, idiotas, racistas, preconceituosos e mais alguns “oso”. Se dependesse de uma boa margem de brasileiros, essa escória não estaria aqui usurpando trabalho dos brasileiros. Lá, os brasileiros só preestam para as fun ções indesejáveis quando, aqui, eles são incapazes de compartilhar até uma “sac he” de manteiga. Sab iam que, n as plataformas da PETROBRAS u m dos problemas encontrados eram que os americanos não gostam dee nem almoçar perto dos brasileiros? E ainda tem brasileiro que os defende.

  81. eikinkloster Responder

    Vários? A grande maioria dos países africanos que aparecem ali na lista de faixa de baixo homicídio (5 ou menos) não é de maioria negra, como Tunisia, Egito… os que são de maioria negras são casos a serem estudados, concordo. Burundi, por exemplo, tem baixo homicídio apesar de se entregar a genocídios de tempos em tempos (lembra dos hutus e tutsis? São de lá)

  82. eikinkloster Responder

    As maiores vítimas dos negros nos Estados Unidos são outros negros, então não faz sentido que seja uma luta de pobres contra ricos. E se você propuser que o problema é meramente a pobreza, então não conseguir explicar como países pobres árabes e asiáticos têm também taxas de homicídio mínimas.

    O que diferencia a taxa de homicídios de negros e índios é a biologia: Negros tem uma taxa de agressividade maior, entre outras razões porque têm mais testosterona. Índios têm auto-controle menor. O resultado final das duas coisas é miséria e violência. Praticamente qualquer lugar do mundo que tenha uma população negra ou indígena significativa tem taxas altas de homicídio. O caso parece ser um pouco diferente com populações de negros do leste da Africa, até porque são biologicamente bem distintos dos do oeste. Os do oeste são o típico negro massivo que se destaca em corridas de velocidade. Os do leste é típico negro magrelo que se destaca em corridas de longa distância. A Somália, por exemplo, com toda sua miséria, quando não está em guerra civil parece ter baixas taxas de homicídio.

  83. eikinkloster Responder

    São Tomé e Príncipe, uma ilhota com a população total de uma cidade pequena de interior? 187,356 habitantes? Ah faça-me o favor.

  84. eikinkloster Responder

    Você quer dizer na opinião do seu professor de história da sétima série.

  85. tcheli Responder

    Nos programas de tv paga (policiais, investigações criminais americanos) na maioria criminaliza negros e hispânicos americanos.

  86. Rodrigo Responder

    Se for colocar os pontos negativos do BRAZIU não é menos de 100

  87. Marcio Responder

    Engraçado. Porquê os que adoram tanto os EUA não se mudam pra lá? Façam o favor, saiam do Brasil, e sejam felizes, nos EUA ou na Europa, o que preferirem. Seria muito bom que pelo menos uns 100 milhões de burros e ignorantes brasileiros fossem aceitos por lá e virassem fertilizante para fazendas de milhos. Seriam 100 milhões a menos para estragar esse país, pois o que mata essa nação não são os políticos, mas o povo besta e retardado que assola esse território desde que Cabral fez o desserviço de sair de Portugal para cagar nesta terra.

    1. PeterM. Responder

      E’ por causa de conformistas imbecis que nem você que o Brasil e’ esse lixo que e’ ,se ninguem reclamar vai ficar assim ou pior pra sempre idiota !

  88. ailtonamaral Responder

    será que é tao fantasioso assim o que diz a materia.

    http://www.youtube.com/watch?v=ixWZ4x0a3XE

  89. Rossana Responder

    Longe de mim ser deslumbrada com estilo de vida americano, mas desse vez achei a reportagem muito mal feita. Impressionante, a Fórum tem decaído muito, e tem pouco tempo. Lamentável.

  90. Linda Responder

    2. isso não é bom, mas é pouco se comparado a alguns dos nossos vizinhos comunistas e ao brasil
    5. e qts brasileiros morrem no SUS todos os dias sem conseguir atendimento? E qts morrem em suas cidadezinhas minusculas aqui no brasil pq a cidade fica a kms de distancia de um hospital decente e as estradas nao uma porcaria? Lá isso dificilmente acontece. Ai ai se aqui só morressem 125 por dia
    6. aqui mataram quase todos tb, no mexico tb, no chile…
    7. assim como no brasil (me refiro a maioria que nao passa numa universidade publica), as pessoas se programam para pagar (eles ganham muito mais, ou o autor esqueceu disso?), tentam conseguir bolsas de estudos, financiam etc Há uma competitividade entre as universidades que fazem com que elas cresçam e melhorem e produzam. Parem para ver as 20 melhores universidades do mundo e vejam quantas sao americanas e qts sao brasileiras, cubanas, venezuelanas
    9. que bom que o povo tem arma lá, um presidente vai pensar duas vezes antes de tentar estabelecer uma ditadura socialista num pais em que boa parte da população tem armas e pode se revoltar
    10. o evolucionismo é somente uma teoria, nunca foi realmente provada, acreditar nela é ter fé que ela realmente aconteceu, assim como os “céticos” tem fé que Deus existe

    Muito forçado esse texto, a maioria dos pontos aí são mais qualidades do que defeitos

  91. LGTF Responder

    Pelo menos lá não tem PT, já vale esses 10 pontos negativos!

  92. Lincon Responder

    Onde estão as fontes? Um texto afirmando tanta coisa sem ligação de uma fonte confiável sequer não tem credibilidade alguma.

  93. micheletto Responder

    Morei nos EUA e posso afirmar que tudo descrito aqui é mentira ….

  94. nanopineiro Responder

    NOTA DE MERDA, TODOS OS PONTOS, da prisao, esta mais que certo, ate de graca deveriam trabalhar, se tem mais animais na prisao eh porque vao presos, nao livres como no terceiro mundo, no lugar de estar sendo sustentados, trabalham, se voce quer ser cidadao americano e te faz jurar que va botar un dedo no cu todo dia e cherar, jura entao va pra o seu pais e faca o que quera, ninguem te chamou, se voce vem na minha casa, aceita minhas regras o cai fora, quanto mais se quer ser parte da minha familia, 22 milhões de crianças americanas vivem abaixo da linha da pobreza. A linha de pobreza americana é US$ 800/mês/per capita. No brasil US$ 800 = R$ 2.000 = família (quatro pessoas, não uma, como é na conta americana) de classe média.

  95. luca Responder

    poxa o 9, 10 eo 1 nao sao ruins, na verdade sao bons, o 4 lol aqui tambem nao tem entao foda-se, por enquanto a maioria é ignoravel. e esses 4 itens sao bons na real.

  96. Sarah Gonçalves Responder

    Algumas coisas podem ser exageradas na matéria ou desnecessárias (como o ponto de acreditar no diabo, e olhe que sou ateia), mas o que mais me choca é esse de opiniões preconceituosas e de pessoas sem total noção da realidade.

    Desde quando ter muita gente presa é sinônimo de sociedade ideal? Por que há esse número elevado em países? Por que nos países realmente desenvolvidos esse índice é baixíssimo?
    Ninguém se fez essa pergunta?

    Quanto à saúde, isso de fato é um problema nos EUA. Se você não tem dinheiro, você não é atendido. Conheço uma garota que morou e trabalhou lá e que torcia para nunca depender daquela equipe de resgate que vai à sua casa porque sabia que a conta depois ia ser altíssima.

    As pessoas comparam níveis de renda de maneira bruta, mas desconsideram que o custo de vida dos EUA e do Brasil são diferentes. Você não pode pegar um dado e sair comparando sem fazer as devidas análises no contexto daquele dado.

    Sobre o dia de ação de graças.. Esse é o feriado mais hipócrita comemorado por lá. Não faltam programas, séries, entrevistas e documentários de lá mesmo mostrando qual é a real desse feriado.

    Mas o que me chocou foi ler que “o problema da violência entre negros é porque são mais violentos, porque têm mais testosterona”. kkkkkkk
    Sério que eu li isso em um comentário?
    Quando leio um comentário assim, só consigo torcer para que o Brasil continue do jeito que está ou pior. Uma população igual a essa não merece mais que isso.

    PS: Sim, lá nos EUA existem assaltos. Basta sair dos bairros ‘para turista ver’ de New York e você vai se deparar com outra realidade.

    PS: Não estou dizendo que o Brasil é melhor, stou apenas dizendo que o brasileiro comprou essa imagem de que EUA é o “melhor país do mundo”. É sobre isso que precisamos acordar.

    1. eikinkloster Responder

      Sério que você leu isso em um comentário; e essas idéias não são desenvolvidas no Brasil; elas são quase que exclusivamente tratadas em países de língua inglesa, ainda que lá também sejam sujeitas a todo tipo de censura. São idéias desagradáveis, mas verdadeiras. Procure por Dark Enlightenment se quiser saber mais. Mas eu duvido que você queira saber mais. É como sair da Matrix. A maioria das pessoas quer apenas continuar vivendo confortavelmente, dentro da realidade consensual, e não dá a mínima para a verdade.

  97. vander Responder

    o brasil é um lixo, os estados unidos é outro lixo, dois povos de malandros, verdadeiros malandros otarios que sorriem hoje e choram amanhã, se formos fazer uma lista de tudo o que aconteceu e aconteceu de errado, todas as injustiças ao longo do tempo nesses e em muitos outros países, perderíamos um tempo bem longo, na real, a história da humanidade num contesto geral é podre, e enquanto as pessoas não aprenderem a seguir o segundo mandamento da bíblia, assim continuará até o fim dos tempos

  98. Bruno Responder

    Achei o item 10 muito tendencioso. Geralmente quem acredita no diabo também acredita em Deus. Acreditar que o diabo exista não necessariamente pressupõe que você seja um satanista, etc…

  99. phaleg Responder

    Huahuahua, ainda tem babaca que usa o argumento de ir limpar banheiro e ser maltratado…imbecil, como vc acha que é tratado na pocilga chamada brasil? Lá eles não são hipócritas como aqui, se eles não gostam de você, eles falam. Armas, certo eles, e ainda assim tem menos homicídios. Enquanto a maior parte de “merda” vivendo na latrina chamada brasil não mudar e parar de votar na merda do pt, isso nunca vai mudar.

  100. Cleber Responder

    Quem disse que não acreditar em Darwin é ruim? É obrigatório acreditar numa teoria infantil e idiota dessas é ? A revista fórum é extremamente tendenciosa e maldosa.

  101. ROGERIO Responder

    achei que o problema fosse nao acreditar em DEUS, mas o que tem demais em nao acreditar em darwim com a sua teoria infantil e idiota ??????

  102. wagner Responder

    É melhor ter bandidos presos do que soltos assim como é no Brasil.

  103. Marival Aciole de Souza Responder

    O Cineasta Machiel MOORE, simplesmente, pois às víceras podre dos E.U.A a vista de todos(as) quando daquele documentário sobre a farsa e a bolha estadunidense contra a classe média de lá, no que concerne a Moradia e puto do golpe nos pequenos; e a o seguro que segurava os donos das grandes empresas em nome do trabalhador. O trabalhador pagava sem saber o seguro, que quando havia a morte, muitas delas montadas, quem recebia e/ou ainda recebe é a Empresa. Nesse documentário tem outras falcatruas, mas só essas para um bom entendedor já basta. Àquela classe dominante É SEM DÚVIDA A ESCÓRIA DO MUNDO… qualquer coisa que publicarem de sujeiras daqueles, hoje tenho certeza que é verdade.

  104. Eudes Responder

    Gostaria de ver as fontes da pesquisa para essas estatísticas citadas na sua matéria…

  105. paulo Responder

    O modo de ser e a politica americana são perfeitamente criticáveis, especialmente por mentes comunistas e materialistas. Veja o caso do Brasil, em que PT assumiu o país e se viu o Sr. Lula enriquecer-se (vide seus filhos), demonstrando que comunista é leitor de livros e não de realidades!!!

  106. paulo nardy Responder

    Comunista é bom leitor de livros e de defeitos, mas pessimo para ler realidades!!! O PT assumiu o Brasil, e fez o que??? Enriqueceu seus membros, principalmente o Sr. Lula (vide seus filhos).

  107. João Ademir Pereira Responder

    Eu só sei que os americanos são muito atrevidos e se acham os donos do mundo. Não são exemplo de nada. São violadores dos direitos humanos e querem cuidar dos direitos dos outros. Liberdade pra eles é muito pejorativa. Se não aceitam comunistas lá, que droga de liberdade é essa?

  108. Carlos Responder

    A matéria é boa, mas como sou um pouco cético, gostaria de saber quais foram as fontes das eststísticas.

  109. Thalico Responder

    Não fiquei chocado, e para mim nada descrito acima é ruim, o mais fortes sempre vencem..

  110. Nuno Responder

    Tá e eu pergunto, o Brasil é melhor que os EUA? Eu acho que não, enquanto lá morrem 125 pessoas sem plano de saúde, aqui morrem muito mais pagando o maldito INSS e até mesmo plano de saúde, pois nada aqui funciona!!!!!

  111. Tark Responder

    texto é péssimo e tendencioso. Perdi meu tempo.

  112. Beatriz Responder

    Texto que cheira a esquerda né? O país cobra caro pelo ensino Universitário e tem as melhores universidades do mundo, é ruim? O país fornece meios a sua população pra pagar o ensino universitário, ou bolsas de estudos pra quem pratica esportes pelas universidades. As taxas de pobreza em muito são representadas por imigração ilegal pro país, eles tem que dar conta e ter 0% de pobreza com população que não é do país deles? Ou pro qual não estavam planejados terem de lidar? Não tem plano de saúde ou auxílio maternidade pq o país não é assistencialista, eles pagam salários dignos pra população ter acesso a serviços particulares e não criarem um sistema como o nosso onde o estado afunda toda instituição pública. Bem rasa a analise, claro que os EUA tem problemas, diferente do que pensam muitos não existe paraíso!

  113. nelson Responder

    Muito bom o texto, só um dica: norte-americano não é a mesma coisa que estadunidense. Usando essa denominação você põe de lado os outros Países da América do Norte.

  114. Marcio Cyrillo Responder

    Sou brasileiro e moro nos EUA há quase 6 anos. Só estou escrevendo este comentário porque um amigo postou isso no facebook dele e eu achei que era algo interessante.

    Além de sensacionalista e mal escrito, este texto está cheio de inverdades. Vou citar uma só porque não quero perder muito meu tempo, ok? “Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA”. Eu já tenho greencard e nunca tive que fazer isso.

    Nunca nem tinha ouvido falar desta revista Forum e agora já sei que não preciso voltar.

    Os EUA tem muitos defeitos, mas se for para fazer uma crítica, que seja inteligente e bem fundamentada. Eu fico pensando se um americano quisesse responder isso aqui citando como são as coisas no Brasil. Seria uma piada para eles e motivo de vergonha para os Brasileiros.

  115. eu estudei Responder

    os negros estao presos la por falta de caráter, ou prq cresceram discriminados , abandonados e excluidos de circulos sociais mais elevado$??
    a populaçao negra de lá, são descendentes dos escravos q deveriam se tornar consumidores quando a escravidão, ja nao era mais negócio para o grande capital , na sua maior parte judaíco, só de passagem

  116. Pedro Martins Responder

    Vamos lá:
    1. Maior população prisional do mundo: Isso ocorre devido ao fato de que ao contrário de muitos países (a exemplo do Brasil, onde o tempo máximo de prisão é de 30 anos) os EUA têm um sistema carcerário rígido o suficiente para não soltar os presos tão cedo e na maioría dos estados não tão absurdo a ponto de promover pena de morte… Isso é uma politica que eles usam, que praticamente se paga, já que lá, os detentos produzem algo dentro das cadeias, gerando renda para eles e para o Estado… Uma boa política na minha opinião…;
    2. Concordo com o ponto de 22% das crianças americanas viverem abaixo do limiar da pobreza ser; uma vergonha
    3. Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.
    Tudo bem que é errada a política expansionista e bélica americana, mas deve-se atentar a frase “…Números conservadores apontam para mais de oito milhões de mortes causadas pelo país só no século XX…”. Sério mesmo? 1ª e 2ª Guerra Mundial não dizem nada, tudo bem que a América matou muita gente, mas e os alemães, japoneses, italianos, e até o pessoal do oeste não podem ser esquecidos. Procurei rápido aquí: Só na Guerra Sino-Japonesa (Republica da China contra o Império Japonês) durante a 2ª Guerra, disputa pela Manchúria, morreram quase 24 milhões de asiáticos (17 milhões foram civís chineses)… No resto da 2ª Guerra morreram 11 milhões, dos quais 6 milhões foram em campos de concentração que não eram americanos. Século XX foi muito sangrento, e claro que os EUA tiveram a participação deles, mas não dá pra colocar tudo na costa dos americanos…;
    Os tópicos 4 e 5 remetem á problemas de saúde pública, e a eles somo a opinião dada por mim no tópico 2…;
    6. O cara que escreveu isso não parece ter lido nada sobre antes do século XX…TODO país da América sofreu com esse tipo de invasão e extermínio de população nativa, quem fez isso com os EUA foram os britânicos, assim como fizeram os espanhóis á América Latina… Somente alguns dados: Antes da chegada do homem branco á América haviam cerca de 90 milhões de habitantes, e 150 anos depois só restavam 3 milhões… 10 milhões é feio, mas perto de 87 milhões, se abranda um pouco….;
    7. Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA.
    Não cara, não é assim que funciona… Porra, o cara também só quer apelar… Você não é obrigado a jurar que é ou não é alguma coisa… Eles te entregam um questionário e lá há possibilidade de declarar participação em algum movimento terrorista, movimentos extremistas e coisas do tipo… Isso serve, por exemplo se alguém escreve na ficha que não é terrorista, mas comete algum ato relacionado, há mais uma acusação sobre o indivíduo… Não se é obrigado a nada…;
    8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares.
    Justo, esse é o preço médio sem desconto algum. Quando uma criança nasce, o americano tem o costume de abrir uma conta “poupança” somente para pagar a universidade do filho, para tal, mês a mês ele vai lá e deposita um valor economizado… Se esta família não tem condições para pagar a universidade, existem opções como entrar para as forças armadas, ganhando desta maneira desconto integral em qualquer curso em qualquer universidade, e existem também as bolsas, sejam elas por mérito intelectual, ou desempenho esportivo (uma das razões para o alto desempenho em competições esportivas internacionais do país). Além disso as escolas de ensino fundamental e médio (High Schools) são em sua maioria pública e de alta qualidade…
    9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo.
    O “xênio” que escreveu o artigo não leu absolutamente nada sobre o contexto e porquê das coisas… Durante o processo de independência americana, os revoltosos perceberam que era impossível bater de frente com as tropas britânicas, logo, desenvolveram táticas de guerrilha. Para tal eles tornaram, cada cidadão, cada fazendeiro, um soldado em potencial (Inclusive há um episódio no qual um grupamento de britânicos chegou a uma pequena propriedade para confiscar comida para o destacamento, e ao se aproximarem, todos os fazendeiros sacaram armas, fuzilaram e acabaram com toda a patrulha)… Portanto isso de ter uma arma vem da cultura deles, e não vejo absolutamente problema algum na posse de arma, desde que devidamente regulamentada, coisa que acontece nos EUA…
    10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin.
    Esses 60% que acreditam no Diabo,simplesmente possuem uma religião que prega isso, por exemplo as católica e protestante, que nos EUA possuem juntas quase 95% de toda a população do país…

    Em resumo, um artigo bem tendencioso, mas que trouxe alguns pontos que valem a pena serem analisados, não obstante trouxe algumas coisas bem mal-escritas,,,

  117. Skulltrail Responder

    Quanta mentira e baboseira, fatos inventados e conspirativos, mesmo que alguns itens dessa lista sejam parcialmente verdade eu não vejo problema algum neles, esse “estudo” com certeza foi da autoria de estudantes revoltados pró esquerda… tá óbvio isso.

  118. Iago Responder

    Meu amigo, eu discordo do seu texto. Primeiro porque eu acho que tudo isso que você falou faz dos EUA o que eles são hoje, o maior país do mundo. Podem até não ser o melhor em algumas coisas, mas sabem dominar tudo que lhes interessa é isso é sua principal virtude. Sou um admirador do povo americano, morei 5 anos lá em 3 cidades diferentes e percebi como eles são um povo avançado em relação ao tempo. Compare os EUA com o Brasil. Tudo que você falou aqui tem em dobro ou triplo. Fora a corrupção que lá existe sim, mas aqui é predominante em todos os níveis sociais e em todos os lugares. Mas a grande diferença entre nós brasileiros e os americanos é que eles não se calam e cobram dos seus governantes enquanto nós ficamos rindo a toa como se nada estivesse acontecendo. E o que mais me frustra: somos movidos por uma camisa vagabunda de um time. Tudo aqui é a seleção de futebol. Por isso que não saímos do 3o mundo. Abraco

  119. Wilian Responder

    Então tá né.. fazer o que??? kkkkk… Compara com o Brasil agora meu amigo… vamos ver ter uma real noção!!! Defeito todo sistema vai ter, sempre… pois é composto por humanos defeituosos.
    Agora que faltou assunto para os dois últimos itens faltou rs…

  120. max Responder

    Mais do mesmo; é um país populoso e desigual. Obviamente tem problemas com pobreza, criminalidade e exploração dos mais pobres e imigrantes. Não é e nunca foi a democracia quase imaculada de Tocqueville.

  121. Willian Responder

    Esse problemas “Americanos” são ridiculamente pequenos comparados ao Brasil. EUA é uma nação desenvolvida que gera oportunidades para os seus cidadães, melhores condições de vida que qualquer nação Socialista… Infelizmente eu não fui abençoado em nascer no EUA, mas o sonho Americano não acabou…

  122. Eduardo Responder

    Desde que me entendo por gente. Fala-se mal dos USA mas:
    1 Consome-se produtos do USA
    2 Assiste-se filmes do USA
    3 Usa-se palavras do USA
    4 Imita-se a cultura do USA
    5 Tenta-se se parecer com os cidadãos do USA
    6 Vai-se para o USA em busca de uma melhora na vida
    7 Sonha-se em viajar para conhecer o USA
    8 Usa-se (principalmente agora) a bandeira do USA nas vestimentas
    9 Imita-se as festas, datas comemorativas, e manias do USA
    10 Culpa-se o USA por todas as mazelas ocorrentes no mundo moderno mas não procuram melhorar seu próprio país mediante atitudes positivas de caráter coletivo

    Se você já agiu de acordo com um dos itens referidos no rol acima…é melhor rever seus conceitos.

  123. Ca4du Responder

    A número 7 está absurdamente errada, experiência própria.

  124. Domingos Jr Responder

    Estes fatos podem chocar algum europeu porque pra chocar brasileiro, com tudo que já temos aqui, precisa de muito mais!

  125. Andrea Responder

    Ainda sim a qualidade de vida supera em 1000 vezes a do Brasil, especificamente São Paulo. Aqui sem o meu diploma faço 3 vezes mais dinheiro que no Brasil pra trabalhar 10 horas menos do que trabalhava no Brasil com o meu diploma, meu trajeto casa-trabalho-casa dura 6 minutos, meu apartamento aqui eh duas vezes maior do que o que eu fui criada em São Paulo e era considerado de classe média. Ando na rua as 3 da manhã, posso parar nos faróis sem ser assaltada e as vezes saímos pra andar de bicicleta por diversão após a meia-noite sem problema algum. Todo país tem seus problemas, amo o Brasil e sinto muita falta de lá, mas se puder só volto ao meu país pra visitar minha família e amigos, infelizmente meu país nunca retribuiu meu amor e patriotismo com benefícios que tenho aqui sendo imigrante.

  126. Andrea Responder

    Ainda sim a qualidade de vida supera em 1000 vezes a do Brasil, especificamente São Paulo. Aqui sem o meu diploma ganho 3 vezes mais que no Brasil pra trabalhar 10 horas menos do que trabalhava no Brasil com o meu diploma, meu trajeto casa-trabalho-casa dura 6 minutos, meu apartamento aqui eh duas vezes maior do que o que eu fui criada em São Paulo e era considerado de classe média. Ando na rua as 3 da manhã, posso parar nos faróis sem ser assaltada e as vezes saímos pra andar de bicicleta por diversão após a meia-noite sem problema algum. Todo país tem seus problemas, amo o Brasil e sinto muita falta de lá, mas se puder só volto ao meu país pra visitar minha família e amigos, infelizmente meu país nunca retribuiu meu amor e patriotismo com benefícios que tenho aqui sendo imigrante.

  127. Igor Responder

    acho que vc deve se informar melhor e apresentar todos os fatos pq muita coisa ta errado nessa tua materia

  128. Dárcio Bracarense Responder

    Desculpe… Mas tenho que comentar isso! kkkk

    1 – Maior população prisional do mundo: (No Brasil essa população está nas ruas, não é à toa que temos índices como 50 mil homicídios por ano e 200 mil “desaparecimentos” também por ano)
    2 – 2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza. : (Lembrando que “limiar da pobreza nos EUA e “requisitos nutricionais mínimos de uma dieta saudável” para os padrões americanos muitas vezes ultrapassam os mesmos requisitos da classe média de muitos países.
    3 – Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.
    (Apesar de não haver qualquer fonte sobre tais dados, aliás, sobre nenhum, aposto que se pegarmos a Russia teremos um número semelhante ou superior. Outro ponto curioso é acusar os americanos por 8 milhões de mortes no século XX. Imagino que colocaram na conta dos yankees mortes em guerras de ambos os lados, o que é uma fraude estatística. Nesse quesito ninguém pode comparar os EUA com China e Alemanha, mas proporcionalmente colocaria Cuba, Camboja, Nigéria, etc…
    Vou dar um exemplo: O Afeganistão foi invadido pelos EUA e lá morreram 40 mil pessoas, um absurdo e eu concordo, mas a invasão soviética matou UM MILHÃO naquele mesmo país e ninguém toca no assunto.
    Por último, vimos o que aconteceu aos países destruídos pelos EUA após a 2ª Guerra, foram ajudados como Japão, Alemanha, etc… Mesmo que tais países virassem concorrentes comerciais, o que acabou acontecendo. E os vermelhos? Deixaram os crânios espalhados por todo leste europeu e jamais fizeram nada por aqueles países…. E a China No Tibet? Sem comentários.
    4. Os EUA são o único país da OCDE que não oferece qualquer tipo de subsídio de maternidade.
    (A pergunta que ninguém faz é: “Existe demanda para tal? É o que deseja a população daquele país? Subsídio, entendo eu, é uma ajuda, um suporte… Será que aquela população deseja elevar o tamanho do Estado para oferecer tais benesses?)
    5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde.
    FRAUDE – 125 americanos morrem por dia porque o país tem o dobro da população brasileira, basta conversar com qualquer pessoa que vive naquele país e verão que o atendimento médico jamais é negado a quem quer que seja. A diferença é que depois de atendidos, terão que pagar a conta, que é cara. Vou dar um exemplo: No Brasil. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão, Cardiologia e Nefrologia, e da Federação Nacional das Associações de Portadores de Hipertensão Arterial, a hipertensão mata 300 mil brasileiros anualmente, 820 mortes por dia. TEMOS 820 MORTES POR DIA num país com população que é a METADE da dos EUA por culpa dos planos de saúde e do atendimento público de saúde? Pé no freio gente!
    6 – Todas as nações que conheço foram fundadas sob o genocídio de outros povos, não entrarei nessa!
    7 – Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA. (Não é esse o juramento mas até que seria uma maravilha!, é incrível que alguém escreva isto sobre um país governado por Barack Obama que se formou em uma instituição fundada por Saul Alinsky).
    8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares. (Barato para os padrões americanos)
    9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo. (MARAVILHA! Estive com Simon, um suíço que está fazendo intercâmbio aqui em Vitória. Ele me contava que ao fim do serviço militar, o jovem leva o FUZIL para casa, que todos podem portar armas na Suíça. Alguém quer comparar os índices de paraísos como Brasil ou Venezuela com Suíça ou EUA? Acho que não.)
    10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin.
    (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

    1. Mdtk Responder

      Moro nos USA a quase 10 anos e tudo que foi descrito e verdade…..com uma diferenca, o que foi descrito de forma negativa eu vejo como positivo. As leis funcionam por aqui, por isso existe uma populacao carcerario grande. Tem mais bandido preso do que solto…e a logica nao e?
      Se o proprio povo nao reclama e vive bem com o que esta disponivel , estao felizes, trabalhando e pagando as contas.
      Quem escreveu essa lista nao conhece a vida aqui, e se conhece viveu ilegalmente….

      1. Sarkirssian Responder

        Sim, é sempre bom gastar 3 Triliões de dolares e fazer das cadeias postos de comando de gangues e de fabricas de droga… prender alguém 20 anos porque rouba um carro ou porque rouba para comer tá muito certo… a mim tanto faz, quando tudo rebentar, não sou eu que tou no meio…

    2. adriano Responder

      Nossa que ruim né!!!!

      Dário Bracarense….estou contigo!!!!!!!!!!

  129. edmundo Responder

    A inveja foi a inspiradora do cara que escreveu esse texto. Qual o país que não quer ser um Estados Unidos, ou mais poderoso que eles? É que tem gente que tem complexo de vira-lata.

    1. maria elizabeth Responder

      não sei se perceberam,mas o autor do artigo queria exatamente obter as respostas que vcs deram,sabe-se lá porquê.É óbvio que ele jogou verde p colher maduro.

  130. Vitor Responder

    Esse anti-americanismo não leva a nada. Prova disso é querer falar que licenciatura nos estados unidos custa 80 mil dólares, quando na verdade grande parte dos estudantes conseguem bolsas. Imagine..se até brasileiros que vão estudar lá conseguem bolsas de 100% mais ajuda de custo, imagine os próprios americanos. Além disso, o conceito de pobreza brasileiro e americano é muito diferente na prática, lá o pobre tem ar condicionado, celular e teve plana, enquanto aqui a CLASSE MÉDIA começou a adquirir tais produtos a pouco tempo. Depois reclamamos que a VEJA é uma revista tendenciosa…neste post a fórum ta sendo a veja, só que ideologicamente oposta.

  131. Vivi Responder

    Quem escreveu o texto nao conhece os EUA ne?
    Eu moro ha muitos anos aqui e devo dizer q depois do numero 5 ou 6 parei de ler de tanta asneira.

    as criancas na pobreza sao 22%, e esses 22% os pais recebem o salario minimo ou nada, POREM, nao lhes falta NADA, o governo da stamp food (um cartao q dependendo do numero de filhos da no minimo 300 dolares por mes no supermercado, ou seja, 1 filho, 300, 2 filhos 600, ja imaginaram ? ). A populacao prisional eh devido ao fato da lei funcionar e nao soltar um assassino e estuprador depois de 2 anos preso e ele voltar a cometer mais crimes. E o resto nem vale a pena comentar pq to atrasada pra sair …rs

    1. Luiz Responder

      Melhor resposta até agora nestes comentários. Parabéns!

    2. Adriano Responder

      Gente, existe BOLSA FAMÍLIA nos EUA, viram? Quer dizer que o que gringo faz é sinônimo de elogio, já o que se faz aqui é compra de votos.

  132. Marcelo Responder

    O Brasil que é bom, um país perfeito. Seus hipócritas!
    A maioria das coisas aí descritas não vejo como um problema. O Brasil é infinitamente pior que os Estados Unidos para o cidadão!
    Nós vivemos em um país onde o governo só nos suga, e nada retorna.
    Acordem e parem com esse patriotismo idiota e sem noção!

  133. Marcos Responder

    Nossa uma pessoa que come mal, influencia e pode ser preso. kkkk meu nada ave isso e o texto inteiro! O inferno está morar no Brasil, onde o povo se contenta morar perto de bandidos, inclusive votar no PT! Antes de falar alguma coisa dos EUA, pegue um espelho e olhe para o Brasil. País onde “subsidios” é ganhos políticos de pobres sem cultura, pois, não presa a educação e ao trabalho…as coisas são mais fáceis dar…para o povo trabalhador sustentar. Qual é a melhor educação? Meu, para o Brasil ser alguma coisa algum dia, tem que acontecer uma catastofre…começando por Brasília! Boa sorte brasileiros. A Dilma adora pessoas assim! Afinal … é você satanás que escreveu?

  134. Ricardo Responder

    E é por esse motivo que milhares de estadunidenses, cruzam a nado o oceano para se refugiar em Cuba… Né?
    PS: Espero não ser censurado pelo revisor desta página.

    1. Sarkirssian Responder

      Fogem de Cuba porque se pisarem solo americado ganahm automaticamente visto de residencia. Mas só os CUBANOS!!!! O resto vai tudo repatriado!

  135. Nicolau Euclides Responder

    HAHAHAHAHAHAHHAHAHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAH

  136. Joao Victor Responder

    Por que um absurdo?Eu também não acredito em Darwin.

  137. João Contro Responder

    Todos vocês têm razão sobre o assunto, com restrição a vários aspectos que merecem um estudo maior. O maior problema, porém, reside na resistência de nossos legisladores a apreciar problemas cruciais que exigem análise detalhada. Nossos legisladores, em sua maioria, legisla de direito e não de fato, ou seja, eles legislam porque foram eleitos, obedecendo aos próprios pontos de vista, e quase sempre não correspondem aos nossos interesses. Portanto, eles são nossos representantes de direito (porque foram eleitos), mas NÂO nossos representantes de fato, porque não atentam para os nossos problemas. Diz-se que se deve tomar cuidado ao voltar, mas
    voltar em quem quando não há alternativas confiáveis?

  138. diana Responder

    se perguntar quem quer green card aqui e mudar para os EUA agora, niguem vai querer né? ohhhhh bosta de hipocrisia!

  139. regiane Responder

    É pra rir?

  140. Luiz Responder

    Legal… e que tal agora postarmos os 10 fatos mais chocantes sobre o Brasil, Cuba, Venezuela, Coréia do Norte, Albânia, China?

  141. JamesLima Responder

    Os Estados Unidos tem o 50% a mais de pessoas, porém temos 3 vezes mais mortes por armas de FOGO. É muito bom esse número 9. Gostaria que fosse no Brasil.
    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/12/121218_armas_brasil_eua_violencia_mm.shtml

  142. William Capella Responder

    Deve ser horrível viver em um país assim !!! É por isso que os EUA estão retirando toda a vigilância contra a imigração ilegal de suas fronteiras pois a mesma não é necessária ! Ninguém quer ir morar num inferno desses como descrito nesse sensacional artigo. A gente é que tem que abrir o olho pois verdadeiras hordas de imigrantes mexicanos, caribenhos, europeus do leste, africanos, árabes, paquistaneses, indianos, chineses etc estão se dirigindo para o Brasil, esse paraíso sem armas, sem violência, com assistência médica gratuita e de boa qualidade para todos, sem nenhuma criança (0%) vivendo abaixo da linha da pobreza. Se não reforçarmos nossas fronteiras eu não sei onde isso vai parar !!! Afinal todos querem ir morar onde é bom não é ?

  143. Luizbeltran Responder

    Cade as estáticas, pegou de onde estes dados, e estáticas. Papel aceita tudo.

  144. DGeX Responder

    Blz! Mas cadê as referências ? De onde tirou os números ? Consegue confirmar os pontos ?
    E ja que claramente quer criticar os EUA devido o povo brasileiro ficar apenas enaltecendo os gringos, mesmo assim seria interessante comparar a história e situação atual do Brasil ponto-a-ponto !!!

  145. lili Responder

    Ninguém assina a matéria, porque? – é uma instituição que só serve para apontar o dedo pros outros e não enxergar a si mesmo, ou somente acusar o outro para tentar justificar suas faltas(?), deficiências ou o que mais existir…….

  146. Digo Responder

    soh mais vontade de ir pra lá..

  147. Pedro Campos Responder

    1. Maior população prisional do mundo
    Brasil: maior população de criminosos “fora” da cadeia.

    2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza.
    Brasil: 45% segundo site do UNICEF

    5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde.
    Brasil: Nem precisa-se de dados pra ter uma ideia de quantas pessoas morrem na fila do gratuito SUS brasileiro.

    7. Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA.
    Nota: No questionario de imigracao voce deve especificar se é comunista, e se for, nao é impedido de ficar no pais.

    8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares.
    Brasil: Universidade é de fácil acesso né? so precisa chutar algumas questões no ENEM, comprovar baixa renda e pronto, se for negro mais fácil ainda, mas se voce realmente se empenhar e for inteligente o bastante pode cursar universidade federal gratuita, assim como nos estados unidos.

    9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo.
    Brasil: para cada 10 bandidos ha 12 armas de fogo.

    10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin.
    Brasil: Há mais brasileiros que acreditam no “Edir Macedo” “Silas Malafaia” etc do que os que acreditam em sua personalidade.

    Nenhum pais é perfeito.

    1. Edson Magalhães Responder

      Pedro vc é jovem e inteligente como poucos desse forum….continue assim…..

    2. Luziane dos Santos Responder

      A natureza mudou de fase e por ter mudado, o pensador perdeu o direito de viver. A natureza não alimenta mais pensamento de pensador. Todos discordando uns dos outros. A discórdia gera conflitos , sofrimentos para todos. Em todo lugar reina o sofrimento por falta de saber. Quem sabe, sabe se livrar do sofrimento em qualquer país. Felicidade não existe, basta viver aprisionado pela matéria para que não haja felicidade.Querem ser felizes? Leiam o Livro Universo em Desencanto.

  148. Victor Responder

    Da vontade de chorar com esses comentários! Vocês merecem morar no Brasil do jeito que é! Se conformem com essa palhaçada e morra trabalhando para sustentar os políticos que choram de rir com a sua ignorância e falta de informação! Esses dados podem estar corretos, mas, não compare um pais como o Brasil com o estados unidos! Eu moro aqui nos estados unidos e afirmo que aqui não é mil maravilhas, mas é muito mais digno que o pais da “ordem e progresso”! Absurdo vocês acharem o Brasil melhor! Junte seu salário mínimo e veja com seus próprios olhos as diferenças! Não acredite em qualquer merda

  149. Diego Ferreira Responder

    Eu realmente gostei muito do texto, mas queria pedir as referências estatísticas e bibliográficas, para dar maior fidelidade, autenticidade e credibilidade. De possível.
    Fico na espera. Muito obrigado

  150. Diego Ferreira Responder

    Eu realmente gostei muito do texto. Eu queria pedir as referências estatísticas e bibliográficas para maior fidedignidade, autenticidade e credibilidade.
    Se possível.
    Fico na espera. Obrigado

  151. Rafael Responder

    Conclusão, é um país que não da incentivos para você “vagabundear”, se for criminoso vai se dar mal, se for para la com intensão de não fazer nada, ninguém vai te sustentar… E comunismo é algo falido, se eles aceitarem, vem um monte de latino com seus ideais sociais, tentando levar a ideia falida de seus países pobres, para contagiar um país que da certo. Eu vou contar porque la da certo, porque eles com essas medidas atraem “pessoas terríveis” que pretendem trabalhar e crescer, e além disso despertam o ódio de vagabundos que querem dividir a renda fruto do trabalho de outros. ” Meus amigos socialistas, comunistas, ninguém sustenta peso morto, as pessoas são livres e ao se sentirem encurraladas fogem para um lugar que possa obter retorno, caso estejam presas no país, a exemplo dessas ditaduras que vocês defendem, qual é o incentivo que terão para serem produtivos? logo com baixa produção você distribuirá pobreza. Existem diversos testes simples para isso, o melhor é uma classe de aula grande, deixe alunos livres, e no outro bimestre proponha um socialismo das notas, e compare as duas medias.

  152. Gab Responder

    Que texto babaca esse… Em 1º lugar, mto difícil um país nao ter teto de vidro, infelizmente o mundo não é perfeito; 2º a maioria dos problemas citados existe também no BR e, inclusive, em maior escala; 3º mesmo com todos esses problemas os caras tão melhor que o BR, logo acho que quem escreveu isso ou não tinha mta coisa pra fazer ou é bem alienado da realidade onde vive…

  153. Fernando Responder

    Façam uma pesquisa no Brasil e perguntem….Se vc pudesse morar nos Estados Unidos..vc aceitaria?
    garanto que uns 70% topariam..eu inclusive.

  154. Felipe Hamachi Responder

    esse artigo é uma piada, mas é uma piada boa. Comentei ele todinho no meu blog. Obrigado, autor. Continue mandando material

  155. Diego Responder

    Concordo com o item do comunismo ! Não tem de deixar entrar comunista mesmo nem lá e nem aqui !

  156. Edson Magalhães Responder

    Lá as coisas acontecem porque existe MERITOCRACIA…. aqui (no pais em que o presidente diz que NÃO SABIA DE NADA) o que funciona é a COMPRA DESCARADA DE VOTOS através de “verbas sociais”…

  157. WilsonBaird Responder

    Nao sei como e o auxilio maternidade ai no Brazil. Meu filho e minha nora, quando nasceu meu neto ganharam
    $5.000,00 (cinco mil dollares) do imposto de renda. Quanto as criancas passarem fome, pode acontecer por relaxamento dos pais, porque os mesmos tem direito a algo que chamamos food stamp e e como m check com o qual se pode comprar a comida que gostar mais em supermercados como o Wal-Mart etc…

  158. Giuliano Responder

    EUA nao deveria servir de exemplo pra mta coisa, nao deve servir de exemplo como um país liberal, porem muita de sua desigualdadr se deve ao fato de ter recebido milhoes e milhoes de imigrandes que chegam la pra acabar com o país. E isso ja começa no Brasil mesmo nao sendo um país desenvolvido.

  159. Tessa Responder

    Primeiro, esse artigo está fazendo uma propaganda comunista tão escancarada que chega a beirar o ridículo.

    Mas, vamos por partes:

    1. Maior população prisional do mundo: Realmente, você quebrou uma lei você vai pagar. Mas isso não é particular as classes pobres, as cadeias estão cheios de presos que eram businessmen muito ricos que cometeram fraude, por exemplo. Agora, acredtio eu que isso seja verdade para outros países desenvolvidos também, mas os EUA tem uma popuação infinimente maior do que, digamos, países europeus. Vale também ressaltar que a população carcerária que mais cresce são os imigrantes, e não americanos.

    2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza. Mentira. Americano não passa fome. Principalmente crianças. Existem vários programas do governo que dão dinheiro aos pobres (e não é pouco o que eles dão). Sem contar nos programas que as próprias comunidades organizam para alimentar os necessitados (food banks, sopão para os mendigos, Meals on Wheels, Igrejas, existem vários). E nos EUA, uma familia é considerada pobre quando ganha menos que $30 mil por ano. Ou seja, um pobre americano tem uma qualidade de vida muito melhor do um classe média no Brasil, por exemplo. Agora, que crianças pobres estão em desvatagem na vida, isso é verdade para qualquer lugar do mundo. Mas posso dizer a verdade? Nos EUA, quem quer trabalhar nunca passa necessidade, pode até não ficar rico, mas consegue ter um emprego que pague as contas.

    3. Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países: Não sei se esses números estão corretos. Mas vale ressaltar que a grande maioria dos países que os EUA “bombadearam” foram ajuda militares que a própria comunidade internacional pediu para países que estão passando por dificuldade. Eu não vou defender a guerra no Iraque, mas essa estatística é “blown ou of proportion”, escrita de uma forma que faça parecer que os americanos saem por aí invadindo todo mundo.

    4. Os EUA são o único país da OCDE que não oferece qualquer tipo de subsídio de maternidade: Existe sim licença maternidade, para quem está empregado em tempo integral. É curta, verdade, mas existe.

    5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde. Mentira. Hospital nenhum nega assistência. Depois eles podem até te mandar uma conta bem recheada, mas eles também oferecem auxílio para quem não tem seguro ou não pode pagar. Vale também ressaltar que os EUA tem, de longe, os melhores hospitais do mundo. Você chega no hospital eles quase que extendem um tapete vermelho para você, sem contar nos melhores tratamentos possíveis. Outra coisa, quanto mais o governo se mete em health care pior fica, “Obamacare” está destruindo a minha vida e todo mundo odeia.

    6. Os EUA foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos. Só entre 1940 e 1980, 40% de todas as mulheres em reservas índias foram esterilizadas contra sua vontade pelo governo norte-americano: Duvido que isso seja verdade. Alguém mesmo acredita que morreram mais nativos na America do Norte do que entre os Incas e os Astecas? Aquilo sim for genocídio.

    7. Todos os imigrantes são obrigados a jurarem não ser comunistas para poder viver nos EUA: Verdade. Ainda bem. Can I get an Amen?

    8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares: Realmente custo universitário está nas alturas, principalmente porque o governo está distribuindo empréstimo universitário a torta e a direita, criando assim, inflação. Mas aqui também tem muitas universidades religiosas que subsidiam o custo para os alunos, e tem muitos programas de bolsa, a grande maioria das bolsas são doações de incentivo privado. Eu e meu marido conseguidos nos formar sem dívida (ele com mestrado), através de uma combinação dos dois citados acima. Sem contar que os pais se preparam desde cedo com “college fund” para os filhos. Meus dois filhos têm uma poupança já destinada a Universidade.

    9. Os EUA são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo: Sim. Ainda bem. O que a mídia liberal nunca comenta é que nas cidades com o menor números de armas (legais) também são as cidades que, de longe, tem o maior número de homicídios. Aqui em Dallas, por exemplo, onde todo mundo tem armas, quase não existe “burglary”, assalto a casas, porque o criminoso sabe que o cidadão de bem não é indefeso.

    10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin: Eu acho isso um número dificíl de se medir. Mas realmente, existem muitos Cristãos aqui que negam evolução. Eu acredito nos dois (mas isso é assunto para outro dia)

    Espero ter esclarecido algumas coisas ;)

  160. Milton Filho Responder

    Só uma classe média idiota como a brasileira, imbecilizada pela Veja e pela Globo p achar que os EUA são um modelo de sociedade a ser reproduzido. Alguém tem que explicar então se é exemplo uma economia perdulária, irresponsável e criminosa que desde o Kennedy apresenta déficts por volta de 16% ao ano nas contas do governo e nas trocas internacionais – custeado via saque de países invadidos como Irak – ser de alguma coisa p/ modelo p alguém Os norte americanos médios são verdadeiras bestas humanas que não possuem a menor idéia do que é o planeta onde vivem e brasileiros deslumbrados e vazios de conteúdo vão a Miami e voltam vomitando teorias mequetrefes de vida e de valor Me poupem – um país que proíbe escolas falarem da obra de Darwin, que diariamente assassina crianças com drones e outros brinquedinhos desse tipo só pode ser modelo p quem não tem cérebro.

  161. Gil Campos Responder

    Muito esclarecedor esse artigo mas em muitas coisas no artigo referidas aos EUA não achei negativas e sim vi como bom exemplo de país que trata seus cidadãos de forma clara sem paternalismo nem assistencialismo .É justamente por essas e outras que não podemos comparar os EUA com o Brasil , ainda porque os EUA é um país sério.

  162. Sergio Melo Responder

    Não há lugar perfeito no mundo, é claro….mas para cada item aí, analisemos e comparemos calmamente ao Brasil….tirando os itens 3 e 4, que são realmente absurdo e vergonhoso, nosso país dificilmente tem alguma coisa social e economicamente melhor do que os Estados Unidos …não sei se faltaram dados para a publicação ao país americano…mas no Brasil morrem em acidentes de trânsito em torno de 25 MIL PESSOAS POR ANO, nas estradas e ruas, por falta de conservação, preservação e punição. Por dia, 10 MULHERES SÃO MORTAS no Brasil, a maioria por crime passional. No ano de 2012, foram registados mais de 56 MIL HOMICÍDIOS no Brasil. No ano de 2010, 36 MIL MORTES POR ARMA DE FOGO NO BRASIL, CONTRA 9.960 MORTES NOS ESTADOS UNIDOS, NO MESMO ANO, TAMBÉM POR ARMA DE FOGO, SENDO UM PAÍS MUITO, MUITO MAIS ARMADO E MUITO MAIOR QUE O BRASIL. SÓ NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, em 2011, 6.000 PACIENTES MORRERAM NOS HOSPITAIS, a maioria por falta de leitos e infecção hospitalar….e aí vai………….FALAR DOS OUTROS É FÁCIL, FÁCIL!!!

  163. Sandro Responder

    Pera aí. Arma de fogo é aquele troço que serve para matar? É isso mesmo que vocês acham interessante que tenhamos em larga escala no Brasil?

  164. silvio feitosa Responder

    E tem brasileiro na ilusão que quer ir para lá, sair de nosso “paraíso” (onde o inferno são os outros, digo, as pessoas), para ir ao inferno total…

  165. Flavia Responder

    OI pessoal, eu entrei nesse site aqui porque planejo daqui uns três anos ir trabalhar nos EUA, desde criança sempre sonhei em morar nesse país mas a unica coisa que me assusta mesmo é quando vejo algumas pessoas dizerem que o unico grande risco lá são os tiroteios em shoppings, universidades ou locais públicos, ja que o acesso a armas de fogo é garantido a todos cidadões dos EUA. Então , isso é a unica coisa q realmente me preocupa.

  166. Nicolau Responder

    Se e tão ruim nos Estados Unidos, porque que mais de 20 milhões de latino-americanos se enfiaram no rabo “capitalista” dos Estados Unidos?!

  167. Simon Lino Responder

    Só mostrou que eles estão certos.
    -Sem subsídios à maternidade: carga tributaria baixa o dinheiro fica na mão da mãe (da família) sem intermediações.
    -Jurar não ser comunista: ótimo, deveria ser assim também no Brasil. Comunismo matou mais que o nazismo.
    -Muitas armas nas mão da população: melhor que nas mãos de bandidos, além disso tem EUA tem baixa criminalidade. Pode-se deixar carro destrancado na rua.
    -Preço da licenciatura: e a qualidade da educação. Como disse no caso da mãe, dinheiro na mão é melhor que no governo, ou seja, baixa carga tributária, eles podem pagar.
    -Os EUA foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos: e a maior escravidão [negra] da história da humanidade do Brasil?
    Poderia falar de tudo, mais hoje o dia é corrido devido o trabalho. abçs

  168. natan Responder

    O Brasil tem a terceira maior população prisional do mundo atras de eua e china o povo daqui so sabe reclamar do brasil mas ninguem faz nada para melhorar o pais dizer que esta tudo uma merda e joga lixo pela janela do onibus ñ adianta nada a mudança ñ cai do ceu nos somos a mudança os eua é melhor do que o brasil é mas nos somos um bom pais para se morar tem muitos paises piores que o brasil tem paises onde estão acontecendo guerras e bombardeamentos fugir dos problemas é facil mas fazer o possivel para muda-los que é dificil o brasil é a setima maior economia do mundo nos temos o unico acelerador de particulas da america latina foi um brasileiro q inventou o avião e o relogio de pulso se a educacão americana fosse tão boa assim ela estaria classificada como a melhor do mundo mas segundo dados da pisa o pais com melhor classificação em educação e a finlandia os eua o brasil eo mundo tem que se espelhar nesse sistema educacional a maioria das pessoas falam q esse artigo e mentiroso e tendencioso mas niguem mostra dados q provem q esse artigo é mentiroso e tendencioso ah eu ja ia me esquecendo o brasil e um dos 12 0paise mais cobiçado para se viver e ñ se pode falar mal do brasil para um haitiano porque eles vem para ca e são muito bem tratados e o brasil tambem é exemplo em redução de desmatamento.

  169. maria elizabeth Responder

    pelo que me parece o autor(a) do artigo teve as respostas que pretendia,pois não questionou nenhuma.jogou verde pra colher maduro.

  170. Jelson Allemão Responder

    Mas porquê é querem senpre estarem em primeiro, sendo que não gostam de revelar as realidades do seu próprio país??

  171. Armin Anton Responder

    Eu gostaria de verificar os fontes dessa matéria, pois a mesma é errônea no quesito de informações.
    Alguns comentários:
    -Existe prisões sim, mas existe controle de salário mínimo controlado por lei, não existe isso de 50 centavos a hora, essa informação refere-se a 30 anos atrás quanto o salário minimo comum era 1 dólar a hora, onde naquela época podia-se comprar um litro de leite por 5 a 10 centavos. Os únicos em exceção são aqueles pegos fazendo crimes que não levam a pena morte, estes podem trabalhar para manter a limpeza e ordem da prisão por 4 a 5 dólares a hora. Outros que também entram nesse cenário são aqueles que atravessam a fronteira sem documentos, conhecidos como ilegais, estes se pegos pela imigração podem ser deportados ou colocados para trabalhar na prisão recebendo a quantia já citada. Alguns estados como a Carolina do Norte possuem politica de anti-prisão, onde a pena é morte e não prisão. Ela (o citado estado) é conhecido assim devido a placas de ‘bem-vindo’ oficiais do estado que informa: “Seja bem-vindo a Carolina do Norte! Aqui se você matar, nós te matamos também. Não temos nenhuma cadeia, mas temos muitos cemitérios! Enjoy/Aproveite!” Realmente existem muitas prisões nos EUA, e este possui a maior população prisional pois cada prisão possui o número exato de funcionários para que a mesma funcione nos conformes, com qualidade, contando o pessoal de limpeza, o pessoal da cozinha, o pessoal da saúde (isso mesmo, os pressos possuem auxílio saúde), os guardas, entre outros, soma-se um total grandíssimo por cada prisão. Outro dado a constar, um país com muitos presos e com ótima segurança significa que o mesmo esta fazendo seu trabalho de prender quem precisa ser preso. Obviamente um país como o Brasil onde as cadeias são vazias de bandidos, há de-se suspeitar que algo esta errado, pois a criminalidade continua muito maior do que a dos EUA. No brasil muitas cadeias são cheias de inocentes e os bandidos mesmo quando são presos logo são soltos, basta chamar um ‘bom’ advogado.

    Sobre os planos de Saúde.
    -Medicaid: Sistema do governo norte-americano que oferece assistência pré-natal, alimentação para a gravida, nutricionista e enfermeira para atender a gravida, ajuda de custo com alimentação, entre muitas outras coisas (lista enorme). O governo americano da tanto benefícios para as gravidas que muitas famílias ‘fazem’ filhos apenas para receber esses benefícios mensais em cash do governo.

    -Obama Care: Plano de saúde que oferece seguro/plano de saúde de 100 dólares mensais que atende uma família pobre inteira, em que, estando em um país onde o salario mínimo é de 1200 dólares mensais (para mais, dependendo do estado), esse valor para saúde é muito barato. Famílias que não podem trabalhar ou mais carentes recebem o auxilio gratuitamente, recebem auxilio alimentício, moradia, internet, ônibus, entre outros auxílios. Esse inclui crianças, ou seja, elas também são beneficiadas. Devo citar também que o nivel de pobreza e super pobreza dos EUA nem se compara com a de outros países, onde uma ‘casinha’ de super pobre inclui geladeira, fogão, banheira, lavador de roupa e secadora, e lavador de louça. Devemos entender que quando falamos de pobreza nos EUA, é de outra realidade, não semelhante a pobreza que encontramos no Brasil.

    -Sobre os 22% de pobreza para crianças:
    “More than 16 million children in the United States – 22% of all children – live in families with incomes below the federal poverty level – $23,550 a year for a family of four.”
    No texto fala que mais de 16 milhões de crianças (22% do país) possui família com renda menor que o considerado pobre pelo governo Norte americano, sendo renda menor que 23 mil e 550 dólares por ano, o que equivale a “1952 dólares e 50 centavos por mês”. Uma família de quatro que ganhe 1952 dólares (R$ 4880 com o dólar a 2.50) já consegue viver muito bem no Brasil com essa quantia, o que dirá aqui nos EUA onde o poder de compra do dólar é muiiito maior. Lembremos que o salário mínimo é em média 1200 dólares por mês, e com o mesmo é possível viver e sustentar uma família de forma muito melhor que todas as famílias consideradas pobre em todo nosso Brasil.
    Devemos entender que o que é considerado pobre para os EUA é totalmente diferente da pobreza que conhecemos no Brasil.
    Sobre a divulgação da Universidade Colúmbia, o objetivo da mesma é obter mais doações para ajudar o governo a financiar essas famílias, pois para fins estatísticos, é necessário contar quantos estão abaixo de 23 mil anuais para distribuir os auxílios, que são muitos como alimentos, seguro saúde, medicamentos, moradia. Aqui nos EUA encontra-se condomínios que são destinados especificamente para famílias assim, onde o requisito mínimo para viver no mesmo é ter uma renda menor que 20 mil dólares anuais, ou seja, o governo sabe desses números e também já está preparado para eles. Mesmo já havendo a assistência é necessário conhecer esses números para que possamos saber quantos estão sendo atualmente atendidos pelo governo.
    Vale constar que como o objetivo da pesquisa da citada Universidade é obter mais doações, não se é citado nenhum dos auxílios prestados pelo governo, muito menos é citado se essas famílias recebem ou não algum auxílio.
    Se você diz que aqui nos EUA não existe salário mínimo, você esta mal informado. Na constituição não existe nada sobre isso pois ela é a mesma desde a fundação do país, e por ser assim que a mesma é super respeitada. Os salários por hora são definidos pelo Labor Department, que seria como o Ministério do Trabalho que temos no Brasil, este controla os Wages, que seriam os pagamentos por hora mínimos para cada função. Entenda que lei não é apenas a constituição federal. Aqui nos Estados Unidos, cada estado é como um país independente, com leis diferentes, identificações diferentes, onde cada estado sabe o que é melhor para si mesmo. Não é como o Brasil onde tudo é “unificado” e poucos querem tentar organizar muito, onde acaba saindo tudo mal-organizado. E sim, aqui se é pago por hora, se você quer receber algo aqui, vai receber mediante quantas horas você vai trabalhar. No Brasil também é assim, só que a diferença é que as horas são somadas e pagas mensalmente. Se somarmos o mínimo da Florida que é $7.45 a hora, com uma jornada de trabalho de 5 dias na semana, 8 horas por dia, teremos um total mensal de $1192, ou seja, praticamente 1200 dólares por mês, isso é um calculo médio. Aqui você tem o direito de negociar quantas horas quer trabalhar, quantos dias e saberá exato quanto irá receber por isso. Existe muitas pessoas que trabalham 9 horas durante três dias na semana e folgam todos os outros dias da semana, e vivem bem, tudo depende do que você faz. Outra coisa legal é que os EUA incentiva muito você criar sua própria empresa, oferecendo serviços, atendendo a comunidade e gerando mais empregos.

    Sobre férias remuneradas.
    Existe sim férias remuneradas, mas depende se as mesmas foram acordadas com o empregador e você. Penso que é muito melhor esse sistema onde a empresa e o empregado podem negociar como será o contrato de trabalho, pois é uma sacanagem você ficar pagando f’érias para um empregado que trabalha pouco. Quer férias, terá férias, mas receber enquanto está de férias, já parece programa do Silvio Santos. Eu trabalho na área de TI, e muitas oportunidades de trabalho aparecem oferecendo férias pagas como um dos benefícios.

    Licença remunerada na maternidade.
    Algumas empresas oferecem auxilio durante a maternidade, mas aqui nos EUA não é papel da empresa pagar o funcionário que encontra-se nessa situação. Aqui como tudo gira em torno de seguro, normalmente a empresa ou o empregado possuem um seguro que prevê situações como esta, onde a seguradora fica encarregada de suster a família e reportar ao governo o ato. Em caso de famílias mais necessitadas, o próprio governo coloca a mão no bolso.

    Sobre as universidades.
    Como os EUA possui sua populações de classe pobre, média, média-alta, rica e riquíssima bem definidos, existe universidades para todos os gostos. Uma família de classe pobre pode fazer universidade de graça com suporte do governo, as de classe média desembolsam desde 8200 dólares ao todo pelos 4 anos de bacharel até 32800 dólares pelos 4 anos, a classe média-alta pagam em média 80000 dólares para os 4 anos, e os de rica e riquíssima gastam de 260000 pelos quatro anos até 520000 pelos quatro anos. As universidades públicas estaduais/federais são normalmente frequentadas por famílias de classe média e média-alta, as famílias de classe pobre normalmente frequentam community colleges, que são como universidades mais acessíveis à comunidade. As universidades de elite são as mais caras, mais difíceis de se entrar e são frequentadas normalmente por famílias ricas e riquíssimas. Vale também citar que tanto as universidades mais acessíveis como as federais possuem um super reconhecimento em todo os EUA dentro do mercado de trabalho. Outro ponto importante de citar é que todas as categorias de universidades possuem programas de bolsas de estudos para alunos com notas excelentes. Outro dado interessante é que 40% das universidades de elite são atendidos por alunos com notas excepcionais, todos com bolsas integrais. Com isso podemos concluir que por mais que o custo médio de um curso americano seja caro, todos possuem acesso a educação, basta querer e ir atrás. Se estiverem buscando universidades gratuitas, recomendo a Alemanha e a Noruega.

    Sobre as bombas.
    Esta mais do que constatado neste ponto que o objetivo do escritor não era de levantar pontos ruins do EUA, mas sim denegrir o tão famoso Sonho Americano que muitos possuem e que muitas vezes se é abandonado por des-informações como esta divulgados nesta página. Sim, os EUA bombardearam muitos países, e vão bombardear muitos mais ainda. Eles são responsáveis pela segurança pública internacional diretamente pela ONU, onde sempre que algo está errado os EUA vão lá e oferecem apoio, seja qual tipo de apoio for. Claro que sobre esses bombardeios existe muitas teorias conspiratórias, mas me diga, em que país não há estas teorias?

    Genocídio de índios?
    O que isso tem a ver com o Sonho Americano? Porque relacionar uma coisa com a outra? Me diga que país NÃO assassinou os índios que foram encontrados quando descobriram o mesmo? Não estou dizendo que porque um ou mais fizeram que sendo assim esta certo, estou dizendo que isso é sim algo ruim, mas isso não se relaciona e nem é construtivo para aqueles que buscam o Sonho Americano!

    -Sou totalmente a favor do que é citado no item 7. De comunistas já basta. Todos deviam saber que o comunismo ideal é impossível de ser alcançado. O máximo que já conseguiram foi o socialismo, que é horrível.

    Os outros pontos não nem comentar pois julgo desnecessário quando se trata de Sonho Americano.

    Os Estados Unidos não é o melhor país do mundo, mas se analisarmos seu PIB saberemos que países como a Noruega estão muito a frente. O que muitos de nós que comentamos aqui não é o fato de que os EUA não seja um país perfeito, e sim o fato que ele é bom o bastante para ser melhor que o Brasil, fato suficiente para alimentar o Sonho Americano, que nada mais é sair do Brasil para vir morar aqui. Todos que comentam aqui dizendo que os EUA não é bem o que você diz ser, pois realmente não é. Existe problemas, sim existe, mas para todos eles existe providencias do governo. Elas são divulgadas? Ao meu parecer não com a mesma frequência que publicações mau concretizadas como esta.

    Tome cuidado com o que posta, pois espalhar o que não é verdade, ou melhor, juntar um punhado de dados sem buscar se existe soluções para os mesmos é o mesmo que espalhar uma meia-verdade e usar isso para denegrir.

    Se você sonha em vir para a America, ou para qualquer outro país, estude os benefícios que você pode encontrar neles, pois problemas todos os países possuem, e se vivêssemos baseados em problemas, nunca viveríamos. Que cada um faça seu melhor para tornar seu ambiente melhor.

  172. Guilherme Responder

    —- Segunda tentativa de postar um comentário aqui —-

    Eu gostaria de verificar os fontes dessa matéria, pois a mesma é errônea no quesito de informações.
    Alguns comentários:
    -Existe prisões sim, mas existe controle de salário mínimo controlado por lei, não existe isso de 50 centavos a hora, essa informação refere-se a 30 anos atrás quanto o salário minimo comum era 1 dólar a hora, onde naquela época podia-se comprar um litro de leite por 5 a 10 centavos. Os únicos em exceção são aqueles pegos fazendo crimes que não levam a pena morte, estes podem trabalhar para manter a limpeza e ordem da prisão por 4 a 5 dólares a hora. Outros que também entram nesse cenário são aqueles que atravessam a fronteira sem documentos, conhecidos como ilegais, estes se pegos pela imigração podem ser deportados ou colocados para trabalhar na prisão recebendo a quantia já citada. Alguns estados como a Carolina do Norte possuem politica de anti-prisão, onde a pena é morte e não prisão. Ela (o citado estado) é conhecido assim devido a placas de ‘bem-vindo’ oficiais do estado que informa: “Seja bem-vindo a Carolina do Norte! Aqui se você matar, nós te matamos também. Não temos nenhuma cadeia, mas temos muitos cemitérios! Enjoy/Aproveite!” Realmente existem muitas prisões nos EUA, e este possui a maior população prisional pois cada prisão possui o número exato de funcionários para que a mesma funcione nos conformes, com qualidade, contando o pessoal de limpeza, o pessoal da cozinha, o pessoal da saúde (isso mesmo, os pressos possuem auxílio saúde), os guardas, entre outros, soma-se um total grandíssimo por cada prisão. Outro dado a constar, um país com muitos presos e com ótima segurança significa que o mesmo esta fazendo seu trabalho de prender quem precisa ser preso. Obviamente um país como o Brasil onde as cadeias são vazias de bandidos, há de-se suspeitar que algo esta errado, pois a criminalidade continua muito maior do que a dos EUA. No brasil muitas cadeias são cheias de inocentes e os bandidos mesmo quando são presos logo são soltos, basta chamar um ‘bom’ advogado.

    Sobre os planos de Saúde.
    -Medicaid: Sistema do governo norte-americano que oferece assistência pré-natal, alimentação para a gravida, nutricionista e enfermeira para atender a gravida, ajuda de custo com alimentação, entre muitas outras coisas (lista enorme). O governo americano da tanto benefícios para as gravidas que muitas famílias ‘fazem’ filhos apenas para receber esses benefícios mensais em cash do governo.

    -Obama Care: Plano de saúde que oferece seguro/plano de saúde de 100 dólares mensais que atende uma família pobre inteira, em que, estando em um país onde o salario mínimo é de 1200 dólares mensais (para mais, dependendo do estado), esse valor para saúde é muito barato. Famílias que não podem trabalhar ou mais carentes recebem o auxilio gratuitamente, recebem auxilio alimentício, moradia, internet, ônibus, entre outros auxílios. Esse inclui crianças, ou seja, elas também são beneficiadas. Devo citar também que o nivel de pobreza e super pobreza dos EUA nem se compara com a de outros países, onde uma ‘casinha’ de super pobre inclui geladeira, fogão, banheira, lavador de roupa e secadora, e lavador de louça. Devemos entender que quando falamos de pobreza nos EUA, é de outra realidade, não semelhante a pobreza que encontramos no Brasil.

    -Sobre os 22% de pobreza para crianças:
    “More than 16 million children in the United States – 22% of all children – live in families with incomes below the federal poverty level – $23,550 a year for a family of four.”
    No texto fala que mais de 16 milhões de crianças (22% do país) possui família com renda menor que o considerado pobre pelo governo Norte americano, sendo renda menor que 23 mil e 550 dólares por ano, o que equivale a “1952 dólares e 50 centavos por mês”. Uma família de quatro que ganhe 1952 dólares (R$ 4880 com o dólar a 2.50) já consegue viver muito bem no Brasil com essa quantia, o que dirá aqui nos EUA onde o poder de compra do dólar é muiiito maior. Lembremos que o salário mínimo é em média 1200 dólares por mês, e com o mesmo é possível viver e sustentar uma família de forma muito melhor que todas as famílias consideradas pobre em todo nosso Brasil.
    Devemos entender que o que é considerado pobre para os EUA é totalmente diferente da pobreza que conhecemos no Brasil.
    Sobre a divulgação da Universidade Colúmbia, o objetivo da mesma é obter mais doações para ajudar o governo a financiar essas famílias, pois para fins estatísticos, é necessário contar quantos estão abaixo de 23 mil anuais para distribuir os auxílios, que são muitos como alimentos, seguro saúde, medicamentos, moradia. Aqui nos EUA encontra-se condomínios que são destinados especificamente para famílias assim, onde o requisito mínimo para viver no mesmo é ter uma renda menor que 20 mil dólares anuais, ou seja, o governo sabe desses números e também já está preparado para eles. Mesmo já havendo a assistência é necessário conhecer esses números para que possamos saber quantos estão sendo atualmente atendidos pelo governo.
    Vale constar que como o objetivo da pesquisa da citada Universidade é obter mais doações, não se é citado nenhum dos auxílios prestados pelo governo, muito menos é citado se essas famílias recebem ou não algum auxílio.
    Se você diz que aqui nos EUA não existe salário mínimo, você esta mal informado. Na constituição não existe nada sobre isso pois ela é a mesma desde a fundação do país, e por ser assim que a mesma é super respeitada. Os salários por hora são definidos pelo Labor Department, que seria como o Ministério do Trabalho que temos no Brasil, este controla os Wages, que seriam os pagamentos por hora mínimos para cada função. Entenda que lei não é apenas a constituição federal. Aqui nos Estados Unidos, cada estado é como um país independente, com leis diferentes, identificações diferentes, onde cada estado sabe o que é melhor para si mesmo. Não é como o Brasil onde tudo é “unificado” e poucos querem tentar organizar muito, onde acaba saindo tudo mal-organizado. E sim, aqui se é pago por hora, se você quer receber algo aqui, vai receber mediante quantas horas você vai trabalhar. No Brasil também é assim, só que a diferença é que as horas são somadas e pagas mensalmente. Se somarmos o mínimo da Florida que é $7.45 a hora, com uma jornada de trabalho de 5 dias na semana, 8 horas por dia, teremos um total mensal de $1192, ou seja, praticamente 1200 dólares por mês, isso é um calculo médio. Aqui você tem o direito de negociar quantas horas quer trabalhar, quantos dias e saberá exato quanto irá receber por isso. Existe muitas pessoas que trabalham 9 horas durante três dias na semana e folgam todos os outros dias da semana, e vivem bem, tudo depende do que você faz. Outra coisa legal é que os EUA incentiva muito você criar sua própria empresa, oferecendo serviços, atendendo a comunidade e gerando mais empregos.

    Sobre férias remuneradas.
    Existe sim férias remuneradas, mas depende se as mesmas foram acordadas com o empregador e você. Penso que é muito melhor esse sistema onde a empresa e o empregado podem negociar como será o contrato de trabalho, pois é uma sacanagem você ficar pagando f’érias para um empregado que trabalha pouco. Quer férias, terá férias, mas receber enquanto está de férias, já parece programa do Silvio Santos. Eu trabalho na área de TI, e muitas oportunidades de trabalho aparecem oferecendo férias pagas como um dos benefícios.

    Licença remunerada na maternidade.
    Algumas empresas oferecem auxilio durante a maternidade, mas aqui nos EUA não é papel da empresa pagar o funcionário que encontra-se nessa situação. Aqui como tudo gira em torno de seguro, normalmente a empresa ou o empregado possuem um seguro que prevê situações como esta, onde a seguradora fica encarregada de suster a família e reportar ao governo o ato. Em caso de famílias mais necessitadas, o próprio governo coloca a mão no bolso.

    Sobre as universidades.
    Como os EUA possui sua populações de classe pobre, média, média-alta, rica e riquíssima bem definidos, existe universidades para todos os gostos. Uma família de classe pobre pode fazer universidade de graça com suporte do governo, as de classe média desembolsam desde 8200 dólares ao todo pelos 4 anos de bacharel até 32800 dólares pelos 4 anos, a classe média-alta pagam em média 80000 dólares para os 4 anos, e os de rica e riquíssima gastam de 260000 pelos quatro anos até 520000 pelos quatro anos. As universidades públicas estaduais/federais são normalmente frequentadas por famílias de classe média e média-alta, as famílias de classe pobre normalmente frequentam community colleges, que são como universidades mais acessíveis à comunidade. As universidades de elite são as mais caras, mais difíceis de se entrar e são frequentadas normalmente por famílias ricas e riquíssimas. Vale também citar que tanto as universidades mais acessíveis como as federais possuem um super reconhecimento em todo os EUA dentro do mercado de trabalho. Outro ponto importante de citar é que todas as categorias de universidades possuem programas de bolsas de estudos para alunos com notas excelentes. Outro dado interessante é que 40% das universidades de elite são atendidos por alunos com notas excepcionais, todos com bolsas integrais. Com isso podemos concluir que por mais que o custo médio de um curso americano seja caro, todos possuem acesso a educação, basta querer e ir atrás. Se estiverem buscando universidades gratuitas, recomendo a Alemanha e a Noruega.

    Sobre as bombas.
    Esta mais do que constatado neste ponto que o objetivo do escritor não era de levantar pontos ruins do EUA, mas sim denegrir o tão famoso Sonho Americano que muitos possuem e que muitas vezes se é abandonado por des-informações como esta divulgados nesta página. Sim, os EUA bombardearam muitos países, e vão bombardear muitos mais ainda. Eles são responsáveis pela segurança pública internacional diretamente pela ONU, onde sempre que algo está errado os EUA vão lá e oferecem apoio, seja qual tipo de apoio for. Claro que sobre esses bombardeios existe muitas teorias conspiratórias, mas me diga, em que país não há estas teorias?

    Genocídio de índios?
    O que isso tem a ver com o Sonho Americano? Porque relacionar uma coisa com a outra? Me diga que país NÃO assassinou os índios que foram encontrados quando descobriram o mesmo? Não estou dizendo que porque um ou mais fizeram que sendo assim esta certo, estou dizendo que isso é sim algo ruim, mas isso não se relaciona e nem é construtivo para aqueles que buscam o Sonho Americano!

    -Sou totalmente a favor do que é citado no item 7. De comunistas já basta. Todos deviam saber que o comunismo ideal é impossível de ser alcançado. O máximo que já conseguiram foi o socialismo, que é horrível.

    Os outros pontos não nem comentar pois julgo desnecessário quando se trata de Sonho Americano.

    Os Estados Unidos não é o melhor país do mundo, mas se analisarmos seu PIB saberemos que países como a Noruega estão muito a frente. O que muitos de nós que comentamos aqui não é o fato de que os EUA não seja um país perfeito, e sim o fato que ele é bom o bastante para ser melhor que o Brasil, fato suficiente para alimentar o Sonho Americano, que nada mais é sair do Brasil para vir morar aqui. Todos que comentam aqui dizendo que os EUA não é bem o que você diz ser, pois realmente não é. Existe problemas, sim existe, mas para todos eles existe providencias do governo. Elas são divulgadas? Ao meu parecer não com a mesma frequência que publicações mau concretizadas como esta.

    Tome cuidado com o que posta, pois espalhar o que não é verdade, ou melhor, juntar um punhado de dados sem buscar se existe soluções para os mesmos é o mesmo que espalhar uma meia-verdade e usar isso para denegrir.

    Se você sonha em vir para a America, ou para qualquer outro país, estude os benefícios que você pode encontrar neles, pois problemas todos os países possuem, e se vivêssemos baseados em problemas, nunca viveríamos. Que cada um faça seu melhor para tornar seu ambiente melhor.

    —- Segunda tentativa de postar um comentário aqui —-

  173. Lucas Coutinho Responder

    Revista Fórum
    Vocês precisam, já na matéria, colocar as fontes das informações.
    Muito bom a matéria, mas não irei compartilhar por falta de fundamentação.

  174. christiane Responder

    Meu Deus, quanta falta de assunto. O cara que escreveu isso deve ter muita vontade de morar lá, mas nunca teve competência ou oportunidade. Só pegou fatores bobos, e sem fundamentação. E o Brasil, vamos falar do nosso querido Brasil??? Quantos problemas sera que temos??? E garanto que sao muito piores e bem mais sérios!!!! Antes de falar dos outros, devemos olhar para o nosso proprio rabinho.

  175. Kelly Responder

    Mas q coisa chega de defender partido ! Não tenta comparar Usa com brasil , a lei aqui funciona meu filho !!! Tenta correr numa rua onde há escolas , meche com mulher criança e animal … Que você vai ver, no Brasil o traficante entra mata meio mundo , estou falando de violência urbana e não Genocídio.


x