Adolescente que anunciou venda de negros na internet é apreendido e explica motivo

Rapaz afirmou que a publicação do anúncio foi feita porque ele não passou no vestibular por conta da política de cotas

570 1

Rapaz afirmou que a publicação do anúncio foi feita porque ele não passou no vestibular por conta da política de cotas

Por Igor Carvalho

Anúncio feito para venda de negros por R$ 1 (Imagem: Mercado Livre)

O responsável por anunciar a venda de negros no site Mercado Livre, por R$ 1, foi apreendido na última quinta-feira (16) por agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI).

O autor do anúncio é um adolescente de 15 anos, que não teve a identidade revelada, e que mora no Rio de Janeiro. O rapaz prestou depoimento à polícia ao lado da mãe.

O adolescente revelou que publicou o anúncio pois foi reprovado no vestibular para entrar no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, na Tijuca, zona norte do Rio, por conta da política de cotas.

Após o depoimento, o adolescente foi autuado por prática, indução ou incitação à discriminação ou ao preconceito de raça, cor, etnia de religião ou de procedência nacional, previstos no Artigo 20 da Lei 7.716.

A delegacia encaminhou o caso do adolescente à Vara da Infância e Juventude do Rio.

 



No artigo

1 comment

  1. Isaac Meadow Responder

    Imaginem se os negros se revoltassem por ficar séculos na condição que sempre estiveram? agora pq criam-se cotas que não é nem 0,00000000001% do que deveria ocorrer, um moleque mimado reage dessa forma, ele é apenas reflexo dos seus pais, dos seus avós, etc, ou seja um retrato da sociedade elitista que conserva seus privilégios e vantagens.


x