Desesperados, shoppings vão pedir ajuda federal para “proibir” rolezinho

Lojistas querem que Dilma Roussef (PT) receba os organizadores do movimento, como fez com MPL

339 1

Lojistas querem que Dilma Roussef (PT) receba os organizadores do movimento, como fez com MPL

Por Redação 

Manifestantes se reúnem na frente do JK Iguatemi para protestar contra racismo (Foto: Divulgação)

Com o “rolezinho” expandido suas fronteiras para além de São Paulo, a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) irá pedir ajuda federal para conter o movimento.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, afirmou que os lojistas irão procurar a presidenta Dilma Roussef (PT) e pedir que ela intervenha.

Sahnyoun pediu que Dilma convoque as lideranças do “rolezinho” para dialogar, a exemplo do que fez com o Movimento Passe Livre (MPL), durante as manifestações de junho de 2013.

Para o presidente da Alshop é preciso “proibir que façam esse tipo de convocação. Caso sejam menores, responsabilizar os pais.”



No artigo

1 comment

  1. Rodrigo Xavier Responder

    Proibir e responsabilizar? Responsabilizar por utilizar um direito constitucional de reunião para fins pacíficos?
    Ano passado perdemos um grande Herói, Nelson Mandela, que lutou contra uma segregação em seu País. Aqui muitos famosos e autoridades lamentaram e relembraram seus feitos. Será que realmente se importaram e aprenderam a lição que esse grande homem nos ensinou?
    Entre o direito desses jovens e o prejuízo desses empresários. Prefiro garantir a liberdade desses garotos.
    Mandela era a sua luta. Essa luta continua.


x