Jefferson é preso e dieta com salmão defumado segue na prescrição médica

Ex-deputado se apresentou a policiais federais após o mandado de prisão ser determinado pelo STF

376 0

Ex-deputado se apresentou a policiais federais após o mandado de prisão ser determinado pelo STF

Por Correio do Brasil

Jefferson foi preso em sua casa no município de Levy Gasparian, interior do Estado do Rio
Fonte: Correio do Brasil

O mandado de prisão contra o ex-deputado e líder do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) Roberto Jefferson foi cumprido, nesta segunda-feira, às 12h25, horário que agentes da Polícia Federal (PF), de prontidão em frente à casa do réu, no município de Levy Gasparian, interior do Estado do Rio, receberam o documento. Na dieta prescrita por médicos ao condenado constam itens como salmão defumado e arroz integral para o almoço, e sopa de legumes para o jantar.

Delator do chamado ‘mensalão’, como ficou conhecido na mídia conservadora o julgamento da Ação Penal (AP) 470, do Supremo Tribunal Federal (STF), Jefferson se apresentou a policiais federais. A prisão de Jefferson, condenado a sete anos e 14 dias, já havia sido determinada na sexta-feira pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, mas era necessário que a PF recebesse o mandado para poder prendê-lo. Durante o fim de semana, agentes da PF ficaram em frente à casa de Roberto Jefferson, em Levy Gasparian, interior do Rio.

O ex-deputado apareceu na manhã desta segunda-feira na sacada da casa e conversou com os jornalistas, em sua última declaração em liberdade.

“Estou em paz. É o meu destino. Tenho que cumprir minha pena”, declarou, horas antes de receber a ordem de prisão, por meio de sua conta em uma rede social.

Jefferson foi o último condenado na AP 470 a ir para a cadeia e disse que, independentemente de qual seja seu destino, a prisão o aguardava.

“Não sei nem para onde vou, mas é prisão. Deus só dá carga para quem pode carregar. Sou ‘harleiro’ (motociclista de Harley Davidson) e botafoguense, estou acostumado a sofrer”, escreveu.

Jefferson também mencionou o cansaço das noites mal dormidas à espera de se entregar à Polícia Federal.

“(Estou) cansado, essa expectativa não me deixa dormir. Não sou superman, deito, mas não consigo dormir. Isso vai moendo a gente, mas faz parte da luta”, afirmou. Neste domingo, ele saiu para um passeio de moto. Segundo ele, estava “desfrutando” dos últimos momentos de liberdade.

Dieta especial

Na decisão que determinou o regime prisional de Jefferson, o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, que ouviu os responsáveis pelo sistema prisional no Rio de Janeiro, alegou que é possível oferecer ao réu tratamento médico prescrito dentro da penitenciária. Para justificar o pedido de prisão domiciliar, a defesa do ex-deputado apresentou a dieta nutricional que Jefferson deve seguir.

O ex-deputado condenado no processo também conhecido como ‘mentirão’, segundo alcunha talhada pela colunista Hildegard Angel, também foi avaliado por uma junta médica do Instituto Nacional do Câncer (Inca), onde já faz tratamento. Em dezembro de 2013, os médicos afirmaram que o estado de saúde do condenado não exigia cuidados em casa. Os especialistas explicaram que o ex-deputado deve tomar os remédios regulares e seguir a dieta.

A dieta prescrita para Jefferson inclui banana com canela, geleia real e pão preto. No almoço, o prato deve ser ter salada, arroz integral, carne ou salmão defumado e, no jantar, sopa de legumes



No artigo

x