Ator preso quinze dias por engano é libertado

Vítima reconheceu em novo depoimento que confundiu Vinicius Romão com o assaltante

364 0

Vítima reconheceu em novo depoimento que confundiu Vinicius Romão com o assaltante

Por Redação

Vinicius Romão foi confundido com assaltante; mesmo sem encontrar os pertences da vítima, polícia o prendeu

Após a Polícia Civil reconhecer a prisão equivocada, a Justiça do Rio decidiu hoje pela liberdade provisória do ator Vinicius Romão, 27, preso no último dia 10 suspeito de ter assaltado Dalva Moreira Costa. Em novo depoimento dado hoje no 25º DP (Engenho Novo), ela retirou a queixa. O delegado Niandro Lima declarou que esse tipo de situação é “natural”, pois o assalto “pode ter sido violento e ela se confundido”.

Dalva Moreira da Costa, que acusou Romão de tê-la roubado, declarou que estava nervosa e que o confundiu com o assaltante. Ela também disse que não foi antes à delegacia por não ter dinheiro para o ônibus.

A prisão do ator, que trabalhou na novela “Lado a Lado” (2013) da Rede Globo, ganhou grande repercussão quando sua família denunciou no Facebook sua prisão,  que classificaram como “injustiça”. A partir daí, iniciaram uma campanha nas redes sociais pedindo sua libertação.

Algumas pessoas levantaram a hipótese de racismo, visto que Romão é negro e tinha cabelo estilo black power, que foi raspado na cadeia. O pai do rapaz, Jair Romão, declarou que o seu filho foi “completamente injustiçado”. De acordo com ele, os policiais não apuraram nada e nenhum pertence da vítima foi encontrado com o acusado.



No artigo

x