Por divergência política, células Anonymous rompem com AnonymousBrasil

Divergentes acusam grupo de desfigurar o ideário original ao se aliar a grupos conservadores de “combate à corrupção”

2603 4

Divergentes acusam grupo de desfigurar o ideário original ao se aliar a grupos conservadores de “combate à corrupção”

Por Redação

AnonymousBrasil é acusado de deturpar ideais originários do grupo (Foto: Linux)
AnonymousBrasil é acusado de deturpar ideais originários do grupo (Foto: Linux)

Em manifesto publicado no dia 3 de março (segunda-feira), o Anonymous Curitiba declarou rompimento com o Anoymous Brasil, comunidade com mais de um milhão de seguidores. Entre os principais motivos estaria um suposto desvirtuamento da ideia originária do Anon (diminutivo para Anonymous), que é apartidário, antiliberal, contrário ao sistema representativo e a favor do participativo. Outra questão é que a célula em questão se aliou a grupos conservadores de “combate à corrupção”.

No manifesto, os integrantes da célula curitibana afirma que um “grupo que reproduz noticias da grande mídia não pode ser levado a sério” e que apenas “se reproduz e cospe o senso comum”. Outro fator que pesou no rompimento é que, segundo os integrantes do Anon Curitiba, a página do Anonymous Brasil virou “mais um movimento contra a corrupção”, o que contraria o ideário do grupo, que não luta contra a corrupção partidária ou individual, já que estes problemas estariam atrelados a uma questão sistêmica muito mais profunda do que o senso comum prega, de acordo com o ideário.

“Isso quer dizer que nós não repudiamos a corrupção do poder público? Não, de forma alguma. Só entendemos que ‘corrupção’ é um conceito muito vago, além de ser apenas um reflexo de um problema que é muito maior”, diz a nota do Anonymous Curitiba. Na sequência eles atentam que “Anonymous é a hiperdemocracia, tecnocracia e total liberdade de expressão” e chamam a atenção para o fato de que a página Anon BR não faz nenhum destes debates.

Eles também explicam a relação do Anonymous com o sistema democrático e fazem críticas por conta da página do Anon BR apenas criticar o PT. “Não acreditamos no sistema representativo, então, pouco importa qual partido está no poder, ele não nos representa. É importante deixar claro que apartidarismo não é apenas não militar por partido algum, mas também é não militar contra um partido específico. Logo, podemos desconfiar do apartidarismo de algumas páginas apoiadas pela Anonymous Br4sil”, critica o manifesto.

A nota de repúdio também é assinada pelo Anonymous FUEL Br, que complementa, em sua página do Facebook: “Na verdade, a FUEL teve início como célula justamente em função desse problema. Para quem não sabe ou não se lembra, mais da metade de nossos membros “fundadores” se retirou da AnonymousBrasil (a.k.a. TV Globinho) por entender que aquele espaço era corrompido e realizava um contra-serviço para a Ideia”.

A reportagem da revista Fórum entrou em contato com o Anonymous Brasil, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.



No artigo

4 comments

  1. BastosRJ Responder

    Isso demorou muito pra acontecer….
    gente incompetente!

  2. renato lopes goulart Responder

    É Anonymous, é idiota, e acho que todos os níveis de governo e a população têm que combater estes golpistas a serviço do governo americano com toda a violência possível e sem nenhuma complacência. Pau nos Anonymous são vermes.

    1. freire Responder

      Disse tudo. Cacete nestes golpistas.

  3. Marcelo Branco Responder

    Tava na hora. um copyleft de Nelso Rodrigues: no Brasil, puta goza, cafetão se apaixona, traficante fica viciado e o Anomymous é de direita


x