Dalai Lama aprova o casamento igualitário e pede o fim da homofobia

Contradizendo declarações do passado, Dalai Lama diz que a união entre pessoas do mesmo sexo é "okay"

718 3

Contradizendo declarações do passado, Dalai Lama diz que a união entre pessoas do mesmo sexo é “okay”

Por Redação

Em entrevista ao apresentador Larry King (CNN), que vai ao ar hoje (10), o líder budista Dalai Lama declarou que apoia o casamento igualitário e pediu o fim da homofobia, que qualificou como uma “violação dos Direitos Humanos”.

Para Dalai Lama, se duas pessoas do mesmo sexo “sentem-se bem juntas e com satisfação, então okay!”. A respeito do casamento igualitário, o religioso disse que deveria ser aceito “universalmente, de acordo com cada lei do país”. Na entrevista, Lama também condena os crimes de ódios contra LGBTs.

A declaração de Dalai Lama àafavor das uniões homossexuais devem gerar forte repercussão em algumas correntes budistas, inclusive do Tibete, que consideram a homossexualidade uma “má conduta”. Apesar desta posição do Dalai Lama, no passado, ele já criticou as relações homossexuais em seus livros ao dizer que o sexo “só deve envolver órgãos destinados à relação sexual”.



No artigo


x