“Ponho a mão no fogo”, diz Plínio sobre Alckmin

O ex-deputado federal elogiou também José Serra. "Objetivamente, ele é um governante melhor do que a Dilma e os demais"

1898 15

O ex-deputado federal elogiou também José Serra. “Objetivamente, ele é um governante melhor do que a Dilma e os demais”

Por Redação

“É um governador meio reaça, mas um homem correto”, de quem o escândalo do cartel do metrô “não vai nem passar perto” e por quem “põe a mão no fogo”. Essa é a declaração do ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio (Psol), sobre o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), em matéria publicada no jornal Folha de São Paulo no último domingo (9).

Plínio, que foi candidato à presidência pelo Psol em 2010 – quando obteve 886 mil votos, 0,87% do total -, afirma que ficará fora da próxima disputa eleitoral. “Já cumpri o que tinha que cumprir”, aponta. Atualmente, marca presença nas redes sociais, sobretudo em seu perfil do Twitter, seguido por 81 mil pessoas. Lá, ele se dispõe a responder “perguntas sobre política e religião”.

Na esteira do governador, o ex-presidenciável fez elogios a outro tucano: José Serra, de quem diz ser amigo. “Objetivamente, ele é um governante melhor do que a Dilma e os demais. É meio reacionário e violento, mas é competente. Pessoalmente, é uma simpatia, um cara simples”, considerou.

Figuras do Partido dos Trabalhadores, legenda que ajudou a fundar e que abandonou, em 2005, também entraram na sua mira. Disse que Lula “é uma figura admirável, sujeito malandrão, ótima de coração”, mas “péssimo como presidente”. Sobre os acusados no processo do Mensalão, indicou ter ficado “triste” em ver ex-companheiros presos, afirmou que José Dirceu “roubou mesmo” e que José Genoino “vivia com dificuldade, pegou para o partido”.

Já com relação ao pleito deste ano, confessou ter certeza de que Dilma Rousseff (PT) se reelegerá, apesar de “ter cortado benefícios previdenciários e entregado a Petrobrás”. A Randolfe Rodrigues, senador do Amapá e pré-candidato do PSOL ao Palácio do Planalto, Plínio se mostrou favorável – “novinho, mas craque pra burro”, elogiou -,  e o aconselhou a “partir para ofensas morais”. “Se não for agressivo no debate em um partido pequeno, os eleitores esquecem de você”, explicou.

*Foto: Viomundo



No artigo

15 comments

  1. ThiagoC Responder

    Desesquerdizaram o cidadão ou só cortaram a maconha mesmo?

    1. pablo1965 Responder

      Botaram cannabis da monsanto!

  2. Rene Keller Responder

    Tô achando que o Plínio vai se queimar se continuar brincando com fogo assim… hehehe
    Acho que ele tá comprando a passagem de volta à elite, o seu berço…

  3. luciano b Responder

    Tô achando que o Plinio estar querendo umas base do psdb para voltar a câmara federa, igual ao Roberto Freire do pps, que vendeu sua estoria e alma a elite paulista e ao psdb, só pra morrer na politica.

    1. Artur Responder

      Está parecendo mesmo quanto mais velho ele fica mais reacionário e conservador ele está ficando!! aí não né!!!

  4. Silvio Junior Responder

    Deu a louca no mundo?…..

  5. Dan Responder

    Ficando caduco?

  6. Carlos Júnior Responder

    Rapaz, desconfio desse pessoal que se dizem de esquerda, viu?! Primeiro o Randolfe, depois Plínio.
    Estão mais direita do que o próprio Tucano-DEM

    1. Artur Responder

      Tá parecendo mesmo!! está difícil acreditar em partidos políticos!!!

  7. Jorge Gomes Responder

    Depois de assistir o debate entre os candidatos à presidência em 2010, não me resta dúvida que o Plínio está gagá.

    1. Artur Responder

      Realmente tenho que concorda com você infelizmente!!!

  8. Artur Responder

    O Plínio está se equivocando infelizmente!! sempre um excelente pensador e político agora anda falando bobagens e coisas não muito agradáveis!!
    Plínio não apoie Serra e Alckmin não pela amor!! nazifascismo puro!!!

  9. Raul Reis Responder

    Só lamento Plinio ter aberto a boca

  10. Eduardo Responder

    Apoio Plinio Arruda e o PSDB

  11. Yuri Responder

    Acho que é mais uma questão natural de maturidade e conhecimentos básicos de economia…


x