“Se as vacas não são gays, como os homens podem ser?”, indaga a primeira-dama da Uganda

Em evento religioso, Janet Museveni parabenizou os pastores que trabalharam pela aprovação da lei antigay e afirmou que "Deus está grato" por conta disso

823 21

Em evento religioso, Janet Museveni parabenizou os pastores que trabalharam pela aprovação da lei antigay e afirmou que “Deus está grato” por conta disso

Por Redação

Em evento religioso realizado neste fim de semana, a primeira-dama da Uganda, Janet Museveni, parabenizou os bispos pela campanha a favor da lei antigay. Janet, que também é ministra para assuntos da região Karamoja, declarou ainda que a lei aprovada é para “proteger Uganda”.

“Se as vacas não são gays, como pode o homem ser?”, questionou em discurso. Janet Museveni também afirmou que a aprovação da lei foi “um trabalho de Deus” e que se a lei não tivesse sido aprovada “Uganda iria ruir”.

As declarações foram feitas durante um evento em homenagem aos bispos da Igreja de Uganda. A primeira-dama também declarou que não existe a possibilidade da lei ser revogada e que “Deus está grato” por conta da nova legislação. Janet também dirigiu o seu discurso para os jovens e pediu a eles que “rejeitem a homossexualidade e qualquer influência cultural do Ocidente”.

A legislação antigay de Uganda prevê 15 anos de regime fechado para réus primários e prisão perpétua para reincidentes. Neste momento, ativistas dos Direitos Humanos de Uganda entraram com uma ação no Tribunal Constitucional do país, alegando que a referida lei é inconstitucional.



No artigo

21 comments

  1. luciano Responder

    Senhora vaca de Uganda e se um filho seu fosse gay ????impossivel que vossa vaqueza fosse assim tão ignorante !!!!

  2. Carlos Rafael Responder

    E vc aí sentado, pensando que o mundo estava avançando…

  3. psylo_hugo Responder

    Interessante… Vez ou outra me deparo com histórias de pessoas que saíram de um país pobre como Uganda para formarem-se e tornarem-se pessoas cultas e profissionais respeitáveis (não que fazer um curso acadêmico seja condição única para isso). No entanto, a elite desses países(e, nisso também, reside uma contradição gritante)é, quase sempre, a maior expressão da cupidez e do desamor pelo seu povo.

  4. @ItaloSimple Responder

    É comum entre animais como Leões e Macacos existir relações homoafetivas. Pq não haveria de ter entre seres humanos?

  5. Weverton Responder

    Se as vacas comem capim, como podem os homens não comer?

    1. Sílvia Rocha Responder

      Se os humanos tomam leite de vacas é justo que as vacas tomem leite dos humanos. E o bom senso manda lembrança!

    2. Reflexivo Responder

      Se as vacas são modelos para os homens, porque eles as matam pra comer e vestir?

    3. And Responder

      Na verdade, tem uma notícia que diz que alguns fiéis foram persuadidos por um pastor a comer capim…

  6. diferama Responder

    Se as vacas são comidas… como pode o homem não ser? #Piada. #TristeRealidade.

  7. Pedro Responder

    A lei mais ineficiente de todos os tempos. Mandarão homossexuais para a instituição pública (cadeia) globalmente reconhecida pelo homoerotismo lá praticado.

  8. Pensador Responder

    Se as vacas não tem religião, porquê será que o homem cisma em ter?

  9. robson douglas ferreira Responder

    Isso sim e uma pessoa que não se cabe na sua iguinoránsia, não sabia que ela falava vakeis não mas pelo visto ela fala com os animais,pq só um animal pra entender o outro,ela devia estar mais preocupada com o povo de Uganda passando fome do que com a ópsão sexual de alguém

  10. Ronaldo Responder

    Ué, mas vacas não usam óculos e chapéu, então cadê coerência?

  11. Alex Responder

    Caso ela não saiba, existe inúmeros casos de homossexualidade em diversas especies, não só humanos.

  12. Miguel Responder

    Esta senhora apoia as religiões e o Deus, quea não muito tempo atrás alegavam que negros não tinham alma…pra rir

  13. Tiago Colossale de Oliveira Responder

    Infelizmente são pessoas como ela que fazem com que o mundo ao invés de progredir volte a ser um mundo governado por ignorantes e fanáticas e que pregam uma religião onde Deus parece odiar sua própria criação. Sra. Primeira Dama, pois, você deveria saber o tamanho do sofrimento que causa este preconceito absurdo.

  14. Eduardo De Magalhaes Nobilioni Responder

    Enquanto isso em algum outro lugar no planeta serão os negros uma aberração da natureza. Em outro serão os judeus. Já em outro serão os muçulmanos. Idios, brancos, pardos, místicos. Preconceito e intolerância não faltam no mundo.
    Todos eles tem algo em comum. São atrasados e violentos
    Qualquer restrição, de qualquer natureza representa uma sociedade atrasada.

  15. mauro Responder

    Kkkkkl por isso que ugana sempre vai ser ugana um país pobre cheio de gente ignorante precisando de ajuda das nações unidas pra não mata o povo de fome….

    1. Sérgio Responder

      É u-gan-da… Uganda.

  16. Marcelãoo Responder

    Se o ser humano não voa, como os pássaros podem voar??
    Se os peixes respiram na água, como o ser humano pode não respirar???
    Se uma coisa é uma coisa, como outra coisa pode ser outra coisa????


x