Banksy ataca novamente no Reino Unido

O artista ainda não assumiu a autoria, mas a obra de cunho político sugere que o repentino "vandalismo artístico de rua" seja de fato dele

354 0

O artista ainda não assumiu a autoria, mas a obra de cunho político sugere que o repentino “vandalismo artístico de rua” seja de fato dele

Por Redação

O “guerrilheiro” artista de rua Banksy voltou a atacar e a cidade-alvo dessa vez foi Cheltehnam –  famosa por ser a sede do Quartel-General de Comunicações do Governo (GCHQ, sigla em inglês), que seria a contra-parte britânica da NSA norte-americana.

Nesta segunda-feira, a cidade amanheceu com uma nova obra supostamente de Banksy (pois ele ainda não assumiu a autoria do ato): ao redor de um telefone público, homens vestidos como se fossem agentes do governo, secretamente gravando tudo o que está sendo dito.

Apesar dos aparelhos pintados mostrarem uma técnica antiga de gravação, a mensagem da obra é bem atual. Banksy é conhecido por usar de refinado humor em suas obras ao redor do mundo e são sempre de cunho social e político.

Através de um representante anônimo, a agência britânica disse: “Essa é a primeira vez que nos pedem para comentar uma obra de arte. Apesar de não sermos críticos qualificados, também estamos intrigados com esse misterioso trabalho de arte”.



No artigo

x