Opinião: Com pena de Sheherazade? Leva pra casa

Com o silêncio parcial de Sheherazade, ou a voz restrita, Silvio Santos consegue mitigar o risco de ver crescer a discussão em torno dos 150 milhões de reais por ano que o SBT recebe em verbas publicitárias do governo

1515 46

Com o silêncio parcial de Sheherazade, ou a voz restrita, Silvio Santos consegue mitigar o risco de ver crescer a discussão em torno dos 150 milhões de reais por ano que o SBT recebe em verbas publicitárias do governo

Por Paulo Nogueira, no DCM

Não poderia ter sido mais bizarra a maneira encontrada por Sílvio Santos para lidar com o caso Sheherazade.

Nem mandou embora e nem manteve tudo igual.

Ela continua no SBT, mas para ler apenas o que escrevem, e não para gritar teatralmente suas opiniões arquiconservadoras.

Foi um prêmio de consolação para Sheherazade, que mesmo numa mudez parcial continuará a receber seus 90 mil reais mensais.

Foi, também, uma vitória da civilização, porque houve consequências para a abjeta incitação ao crime feita por Sheherazade ao elogiar os delinquentes que amarraram um jovem negro a um poste.

Sobraram as lamúrias falaciosas de Sheherazade e súditos segundo as quais a liberdade de expressão foi agredida.

Ora, liberdade de expressão absoluta não existe. Ou então poderíamos, por exemplo, dizer que foi injustiçado o apresentador do SBT do Paraná que chamou dias atrás um jogador de macaco.

A melhor definição para os limites da liberdade de expressão veio, no passado, de um juiz americano.

Suponha, disse ele, que numa sessão de cinema lotada alguém irrompesse e gritasse “fogo” no auditório.

Seria um caos com consequências imprevisíveis.

E se o autor do berro invocasse depois a liberdade de expressão? Foi esta a especulação que o juiz fez, para chegar à conclusão de que você não pode dizer tudo que quer.

O arranjo que Sílvio Santos encontrou para Sheherazade é obviamente provisório. Para ela, não é satisfatório, a longo prazo, se limitar ao papel de apresentadora.

E para o SBT, em algum momento, vai ficar claro que é um salário muito alto para alguém que apenas lê o texto do telejornal.

Mas por ora a situação é satisfatória.

Com o silêncio parcial de Sheherazade, ou a voz restrita, Silvio Santos consegue mitigar o risco de ver crescer a discussão em torno dos 150 milhões de reais por ano que o SBT recebe em verbas publicitárias do governo.

Tanto dinheiro assim para promover justiçamentos e crime?

Quanto a Rachel Sheherazade, vale para ela o que ela disse para sobre o jovem acorrentado.

Você que a admira está com pena? Leva pra casa, então. Adota.

Foto da capa: Reprodução/Youyube



No artigo

46 comments

  1. Helio Responder

    Engraçado,vocês chamam de delinquentes os jovens que amarraram um negro a um poste no RJ.E o negro,o que éra?Um trabalhador?O revistinha que só defende marginal,haja visto que o mesmo negro que vocês tanto defendem,semana após o ocorrido,foi pego assaltando novamente na avenida.Vocês é que deveriam adotar todos marginais do pais,quem sabe diminuiria a extrema violencia que vivemos….

    1. Valéria Responder

      E esse negro que assaltou, com certeza não ganha 90 mil reais para lê um texto, que nem por ela é preparado! E esse negro não recebeu a educação idiota que você, caro imbecil, recebeu. E esse negro assalta/assaltou por infinitos motivos, não isole seu pensamento em argumentos positivistas, porque é vítima dos sistema, ou porque quando pede, nós negamos, porque não valorizamos o problema dos outros, e sim o rostinho gracioso da Sheherazade, e sim a mídia mercenária brasileira. A culpa desse negro ter que recorrer ao assalto é nossa. Sim, somos nós que “ferramos” com o nosso país. Não é o EUA, somos nós. Enfim, adota a Rachel e faça um péssimo proveito, porque bom acho difícil.

      1. Jorge Gorla de Arruda Responder

        É compreensível um jovem da periferia, que por vários motivos ou falta de oportunidades venha a praticar furtos para se sustentar, ou geralmente sustentar seu vício em narcóticos, o desespero leva o homem a cometer sandices. Assim como também é compreensível o dono do estabelecimento que dia após dia é assaltado e não recebe a segurança necessária para trabalhar, chegar ao ponto de praticar a justiça com as próprias mãos. Nos dois casos, podemos compreender os motivos, mas tanto o furto do jovem, quanto a autotutela do comerciante são atos ilícitos passíveis de sanção penal. E não esquecendo que os dois atos poderiam ser evitados com a presença efetiva do estado, tanto na educação como na segurança. O discurso da apresentadora pode ter agredido a ideologia de alguns, mas a palavra que ela usou, foi exatamente a que usei aqui, “é compreensível”. Não gosto dela como comentarista, é fraca e com opiniões rasteiras, mas não podemos comemorar o fato de uma apresentadora ser cerceada de dar sua opinião. Se a justiça achar que ela deva ser punida, que o faça, respondendo por aquele comentário, e não proibindo-a de manifestar-se futuramente. Realmente lamentável o desfecho de um episódio que teve exageros das duas partes, tanto as favoráveis à ela como as contrárias.

      2. Renan Oliveira Responder

        Valéria , não interessa a cor do bandido , vcs com esse discurso de que um negro foi amarrado só aumentam o preconceito , só vcs estão olhando pra cor. E não venha com essa que a culpa é nossa , esse bandido cresceu com as mesmas oportunidades que todo mundo , rouba pq quer , escolheu não prestar ! E que continuem amarrando esses lixos no poste ! Antes um bandido morto do que uma pessoa que trabalha pra ter oq quer e não precisa roubar ninguém pra isso ! Abre teu quarto pro bandido !

      3. RenanOliveira Responder

        Não interessa a cor do bandido , Valéria , tem mais é que pegar porrada mesmo ! Vc deve ter um bando de parente dessa laia pra estar defendendo . E não seja ridícula , ninguém tem culpa , nenhuma sociedade cria essa raça , são assim pq escolheram ser assim ! Todos tem oportunidade , aproveita quem quer !

      4. Naointeressa Responder

        Inveja é foda, pq vc não faz melhor proveito do seu tempo e aproveita para estudar e quem sabe tbm algum dia ganhar 90 mil ou mais, dor de cotovelo é foda.

        Agora volta a chorar.

      5. Luana Responder

        Valeria,
        Falta de educação não justifica falta de caráter. Se assim fosse, todos os pobres seriam ladrões e todos os ricos e instruídos seriam honestos, o que sabemos não ser verdade.
        Temos muitos problemas sociais para resolver (entre eles, a falta de justiça), mas está na hora de pararmos de usá-los como justificativa para as escolhas que fazemos…

      6. Vagner Responder

        Minha cara Valéria, os bandidos que roubam por não ter alternativas são poucos perante aos que o fazem por vocação. A maioria o faz por que não presta……. e a Sheherazade só está pagando por ser pública.
        Vai numa comunidade p/ ver o que o tráfico faz com os moradores….. o povo tá de saco cheio…….. Adote vc um bandido e cuide dele…….

    2. Sergio Ramos Responder

      Eles são marginais, pois justiçamento é crime. E eles tem ficha criminal. São acusados de agressão, estupro e porte de drogas.

  2. leandro Responder

    Eu não tenho pena dela, só estou revoltado com o nosso país safado que viver nos iludindo que está tudo bem enquanto estamos a beira do caos na Educação, Saúde, Educação que são os principais e tem muito mais enganação por aí mas são econbertos pelo Estado. Então essa apresantadora que diga-se por direíto é a melhor do Brasil pois ela está usando uma veiculo de comuncição importantissíma que mídia para nos expor a verdade e isso gera polêmica é claro! E quando o efeito dela comçou a incomadar a opinão pública vão lá amordaçaram ela! Pra mim é sim uma censura dá mais absurda do últimos tempos não tem nada de bom censo nisso calar quem falar a verdade doa a quem doer! Prefiro ela mil vezes do o fraquíssimo jornalo Nacional.
    Nossa com o nosso país é hipocrita!?
    OBS:. o coméntario do marginalzinho é melhor de todos dela e de qualquer outro que já exisitiu!

  3. lucia Responder

    Eu assistia o jornall do sbt justamente por ser diferente dos outros.Raquel deu vida ao jornal.gostava da sua coragem e da sua inteligencia.onde esta a famosa democracia brasileira que tanto se fala.Que país é este que pune alguem por ter falado a verdade,momento nenhum fez apologia ao crime.Eu assisti no dia que ela falou.O problema é que a verdade perto da eleição incomoda.Vou repetir mil vezes NÃI DOU MEU VOTO PRA NENHUM SE ElEGER.Ontem assisti o jornal,ele ficou muito artificial Raquel não esra verdadeira.

    1. DR DERLI LEMOS Responder

      VOCE ESTA CERTA LÚCIA, ESTES RATOS DA SOCIEDADE, FAZ DE CONTA QUE SÃO PESSOAS DE BEM…MAS NO INTIMO SÃO UM MONTE DE CALHORDAS. GOSTAM MESMO DA VIOLENCIA, VEJAM OS UFCs DA VIDA….QUEM DIRÍA QUE UM DIA VERÍAMOS , HORTENCIA (QUE JA FEZ ATÉ CAMPANHA CONTRA A VIOLENCIA) ENVOLVIDA AGORA COM UFC. ESTA BARBARIE EXPOSTA TDS OS DIAS GRATUITAMENTE AOS INCAUTOS TELESPECTADORES . CONCORDO COM TUDO QUE VC DISSE. SOCIEDADE HIPÓCRITA.

  4. Neusa Santos Responder

    Dizem que nossa casa é um lugar sagrado e que só devemos permitir a entrada de pessoas boas. Pois então eu digo: Sherazade PODE ENTRAR! Não sou súdita de ninguém apenas não sou cega e surda a ponto de não ter esclarecimento e não saber interpretar texto como muitos. Ela não incitou ninguém apenas se fez a voz da grande maioria do povo que não suporta mais ver entes e amigos sendo roubados, furtados e mortos por essas taís “vítimas do sistema”, digo e repito:
    TA COM DÓ LEVA PRA CASA, ADOTE UMA VÍTIMA DO SISTEMA.

  5. jacó Responder

    Ainda não houve punição a essa senhora, deve ser tratada como qualquer cidadadão e diante das provas audiovisuais que se tem a justiça deve condena-la pelo crime de incitação ao crime e preconceito racial e de classe já que tratava-se de um adolescente negro e da classe pobre, pois quando ela comentou sobre um rapaz que nem adolescente é e rico disse que beeber passava apenas por uma crise de juventude, há quanta parcialidade.tenho dito,,,

  6. Willis Carmo Responder

    Acho que a opinião que ela dava no SBT é similar a que outros jornalistas da elite dão (mesmo com outras palavras) em outros canais. Só vejo solução para este problema crônico no Brasil: é democratizar a mídia.

  7. Jack Responder

    Acredito que quem escreveu esta crítica ou quem comentou até o momento, com certeza não morava no bairro onde o delinquente cometia os roubos armado, nem presenciou ou sofreu algum dos muitos assaltos cometido pelo jovem. #hipocresia

    1. Derli Lemos Responder

      COM CERTEZA… AS CRITICAS VEM DO GRUPO QUE MAIS BENEFICIA DA VIOLENCIA NO BRASIL.
      EXISTE UM GRANDE INTERESSE, DA “PSEUDA ELITE” EM MANTER ESTE ESTADO DE ANARQUIA INSTALADO NO BRASIL, ONDE OS JORNALISTAS DA IMPRENSA MARROM, DELICÍA E CONSEGUE MANTER 1 HORA DIARIA DE TODOS OS TIPOS DE VIOLENCIA E DESGRAÇAS NA TV.

  8. jeane Responder

    Que tipo de jornalismo é esse que faz uma critica tão duvidosa a uma profissional competente e principalmente honesta diante da realidade de um país completamente dilapidado por um partido incompetente e corrupto, ao qual não vejo uma critica a altura, talvez porque existam outros interesses para essa mídia controlada e controladora, assim como não explicam porque um país deve ser tão democrático quando se trata de promiscuidade e homossexualismo, no entanto, quando uma pessoa fala a verdade, contra a corrupção que destruiu o direito a dignidade, educação, saúde e segurança pública, aí sim vem os brados de censura e ainda falam de ditadura. Ditadura é o estado em que esse país se encontra agora. Então que venha não apenas Sheherazade, mas outras pessoas íntegras que como ela, entrem em nossos lares em devesa da justiça social que só virá com o fim da corrupção instalada nesse país.

  9. fernanda Responder

    E qual papel de vcs, manipular a opinião alheia? Mais imparcilidade gente!

  10. Daniela Responder

    Eu também adoraria saber… foram deliquentes que amarraram um inocente ao poste? As notícias que recebemos no período onde o suposto caso ocorrera eram falsas? Totalmente desnecessária essa matéria neste Portal Forum… pelo visto não é somente o Sr Silvio Santos que está pagando um salário alto demais pra alguém que não faz diferença… a realidade aqui é a mesma sr redator.

  11. wlad2mir Responder

    É a ditadura da esquerda em andamento, o próximo alvo são todos que discordarem de qualquer coisa que o governo diga, na moda da venezuela e cuba. Bora cubanizar o Brasil, vitimizar bandido, defender vagabundo.

  12. Walter Responder

    Caro jornalista, lamento bastante o posicionamento adotado contra a grande jornalista, pois na verdade ocorre um grande erro de interpretação em relação ao que ela disse. Em nenhum momento ocorreu apologia à violência, e sim uma crítica ao fato acontecido, além da afirmação de que aquela cena levada ao ar decorria justamente da impunidade que impera neste país e que origina toda essa violência com a qual convivemos nos dias atuais. Noutro aspecto, é de se ressaltar, ainda, que aqueles que defendem pessoas nocivas à sociedade com certeza nunca foram e nem tiveram parentes vitimados por bandidinhos da espécie, que mesmo sabedores dos crimes que estão cometendo, assim o praticam sob a proteção do FAMIGERADO Estatuto da Criança e do Adolescente. Só aqui no Brasil acontecesse coisas desse tipo, pois somos sabedores que em países civilizados esses bandidinhos iriam pagar, e caro, pelos delitos cometidos. É chegada a hora de enfrentarmos os problemas de frente, deixando de lado o cinismo e a demagogia barata e dizendo a verdade para o povo brasileiro, assim como sempre fez a nobre jornalista. Ressalto, entretanto, que aqueles que detenham o sentimento de compaixão, de dó, de pena, ou queiram dispensar algum carinho para esses bandidinhos, que os levem prá casa, pois assim fazendo estarão contribuindo para que os mesmos não fiquem no meio das ruas a ceifar vidas de inocentes, sempre encobertos pelo manto do ECA. Como se insuficiente fosse todo esse cenário de violência, ainda vem o DESgoverno federal a oficializar o voto de cabresto mediante pagamento de esmolas a classe mais humilde, que de nada serve a não ser aumentar a vadiagem do povo brasileiro. Por fim, ficaria mais satisfeito em ter lido matérias escritas por esses jornalista benfeitores e pais dos miseráveis que tecessem críticas em relação à violência que é praticada pelos políticos contra a sociedade brasileira, porém creio que será muito difícil isso acontecer.

  13. Ruben Responder

    Eu adoto ela com certeza, quanto ao marginalzinho, pode ficar para vocês, ou joguem num buraco fundo.
    Ele foi preso e todo cidadão tem direito de prender um criminoso,isto é garantido pelo constituição. Ela não foi racista em momento algum e muito menos incentivou a violência. Como um qualquer disse ai, tem provas em em vídeo, e qualquer um com um mínimo de inteligência não verá crime, pois não existe. Mas a esquerda caviar insiste em distorcer o que foi lido, adoram ler 2+2=5 e acham bonito.

  14. Paulo Roberto Oliveira Responder

    PPo sr. Abravanel, negar a verdade dos fatos em seu telejornal é lucrativo, pois assim são 15o milhões que entram no seus caixa. Foda-se o compromisso com o telespectador, com a responsabilidade de informar com imparcialidade e transparência, afinal o PT é que dá as cartas ao telejornal do SBT. onde a verdade dos fatos e a livre opinião são amordaçadas pelo valor de 150 milhões de reais.Agora Raquel Sheherazade, tambem traiu seu principios éticos por 90,000 reais por mês e voltou e aceitou ser amordaçada pelo PT, e ao mesmo tempo, seu patrão, sr. Abravanel, continuou a mamar nos 150 milhões , dinheiro do contribuinte brasileiro, onde em comerciais mentirosos e enganadores o governo PT se mantem no poder.

  15. Jefferson Responder

    Na boa… Levava pra casa e ainda lavava passava e dava de comer. E vocês levariam o menor em conflito com a lei? A pergunta que nunca foi respondida. Ademais uma coisa é um idiota gritando fogo no cinema, todos ficariam com raiva, outra coisa é o cara gritar “que horrível, desliga esse projetor”

  16. Tadeu Ferreira da Silva Responder

    E ai Paulo Vieira, leu os comentario, podia ter ficado calado, mas vc tem que fazer jus a merrequinha que vc ganha desta revistinha a serviço do governo, que do de vc quando recebe sua merrequinha e compara com a dela, isto e despeito, to com do de vc mais não te levo pra casa não vc tem o que merece

  17. Guilherme Responder

    Piada uma crítica dessa….!!!! Hipocresia achar que bandidio tem solução.. aqui no brasil trabalhador e pessoas honestas ficam em segundo plano..

    vamos criar problemas aonde nao tem, ja que a bandidagem toma conta, ao inves de resolver, vaMos criticar a jornalista que defende a punição.

    #SÓPODESERPIADA

  18. Dep Responder

    Para os que tao dizendo que o menor negro acorrentado era marginal,drogado e outras coisas mais…Está aqui minha pequena resposta: No Brasil um mendigo que fuma PEDRA e é negro, o Brasil chama de Marginal, agora um loiro do olho claro que faz as mesmas coisas é chamado de MENDIGO GATO e as emissoras o ajudam a sair da rua.

    Agora, para Sherazhade: Um jovem negro que rouba é chamado de delinquente e Justin B. dirige carro alcoolizado,drogado, em alta velocidade, atropela…é tratado dessa forma segundo a própria apresentadora: ” Calma gente, Justin ainda é apenas uma criança!!! Seria isso dois pesos e duas medidas ou estou enganado?

  19. DR DERLI LEMOS Responder

    PREFIRO LEVAR PRA CASA UMA OU MAIS Sheherazade, BEM MELHOR QUE CONVIVER
    COM A DELINQUENCIA APOIADA PELA ELITE E PSEUDOS INTELECTUAIS.
    VERDADEIROS BANANAS DE PIJAMA.

  20. Gabriel Responder

    Não entendo, a Sheherazade saiu em fotos lado-a-lado com policiais, mas acredita que são necessários justiceiros, ora quer ir atrás de bandido tente entrar para polícia, mas no momento em que se tenta fazer justiça com as próprias mãos vc se torna a justiça, vc pensa, vai, e mata, isso não é justiça, é execução ao seu prazer, ao seu julgamento, isso é crime, é o maior perigo que a sociedade pode ter, e vcs que apoiam são completamente cegos,,,,,

  21. Leroi Responder

    Se adota-la me torno responsável pela renda dela?

  22. Davi Responder

    Primeiro, Paulo Nogueira, leve para a sua casa os bandidos que você defende e adote-os. Minha filha não pode ir à padaria, a duas quadras da minha casa, por causa deles.

  23. Maninho Responder

    Vitória da civilização??? De qual civilização estamos falando?? Da comunista-socialista de Stalin ou da Alemanha Nazista?? A liberdade de expressão é pedra fundamental de quaisquer democracia, até porque muitos – gays, feministas, neo-ateus e outros imbecis semelhantes – bradam suas barbaridades contra o status quo familiar e não há restrições em suas baboseiras. Outra coisa: Não foi um “jovem negro” amarrado a um poste, foi um bandido perigoso, contumaz e irrecuperável, tanto que após o episódio foi preso novamente, mostrando que todo poste é pouco para vagabundos como ele.
    Levar a Sherazade pra casa?? Onde eu pego mesmo????

  24. Sérgio Ricardo Habermann Responder

    Pior que o caso citado de alguém gritar “fogo” num cinema lotado, realmente, aconteceu, aqui em São Paulo, no cine Universo, no Braz, nos anos 1950. A histeria pela brincadeira idiota causou a morte de várias pessoas, que foram pisoteadas pela audiência em pânico. Por isso, responsabilidade, sempre.

  25. Mari Responder

    Concordo que há limites no caso da liberdade de expressão, ninguém pode sair falando por aí o que bem entende. Mas não foi o caso. Em nenhum momento ela incitou a violência. O mais engraçado é que as pessoas que falam mal dela parecem se sentir bem com isso. Não entendo esse tipo de prazer. E essas pessoas já pararam pra pensar que os ataques feitos a ela não tem cabimento? Em nenhum momento ela fez apologia, ela nem sequer concordou que os tais justiceiros estivessem com a razão. A verdade é que, até agora, ninguém conseguiu dar um argumento convincente explicando o motivo dela ser punida por essa opinião. Quer dizer que por ela pensar diferente da gente, tem que ser calada? Pelo jeito só pode ser isso. Infelizmente.

  26. Paula Responder

    Vocês defendem tanto esse negrinho e sua conduta justificando seus atos na falta de educação, oportunidades e bla bla bla, Se falta de salario alto fosse desculpa, politico nenhum nesse país roubaria, já que os mais altos salarios são deles, (fora os auxilios) Mas e o Bolsa esmola, a mãe do negrinho deve receber não é? O PT diz que a violência é fruto da miséria, mas diz que esta acabando com a miséria (ha 12 anos) mas a violência só aumenta..Pelo jeito só serve para comprar votos mesmo.

    1. Sergio Ramos Responder

      Que comentário carregado de racismo e preconceito. Devemos procurar a veracidade dos fatos. Ninguém defendeu os erros do menino. Só pediram justiça. Que é o correto. Os justiceiros estão longe da correção e santidade. Eles são marginais de classe média. Venham aqui ao Rio e puxem a ficha criminal deles. Quanto a mãe do menino, ela é trabalhadora e nem quis dar entrevista pra não se expor, e não ela não recebe bolsa família. Gente preconceituosa. Deveria ter vergonha de se expressar assim.

  27. fabio nogueira Responder

    O gentinha reacionário. Com certeza deve ser da classe média ou algum reprodutor do discurso.

  28. MARCOS MOREIRA Responder

    Comentário idiota, leva o jovem acorrentado para sua casa, mas só um lembrete não solte da corrente senão ele estupra você e sua familia antes de roubar e matar. Independente se é negro, branco, amarelo ou azul, bandido é bandido em qualquer situação.

  29. wesley rosa Responder

    A imprensa de modo geral sempre defendendo bandidos e punindo a sociedade, assim como o fazem tambem a turma dos direitos humanos, que so lembra dos direitos apos o individuo cometer varias atrocidades e parar na cadeia.

  30. Luciano Responder

    Quem é Paulo Nogueira??

  31. carlos Responder

    o que vejo nesses comentários é estarrecedor quando alguém usa de sua liberdade de expressão para expor seu racismo, muito bem não quero ser igual a esses que defendem o crime, mais que defendem uma punição dura, para o roubo seria bom amarrar em poste os políticos corruptos, so amarraram o jovem porque era negro e pobre, certo que ele comentou um crime, mais deixem que a justiça desse país o puna dentro do rigor da lei vão fazer isso com filhos do Aécio , Alkimim, Campos ,Renam entres outros poderosos ,desse nosso país, para ver o que vai acontecer com vcs

  32. Gerhard Erich Boehme Responder

    Mais uma vez o brasileiro se vê refém do Ministério da Propaganda de Gilberto de Carvalho, ou melhor, do Reichsministerium für Volksaufklärung und Propaganda – RMVP, “ministério” que administra verbas mais vultuosas que a grande maioria dos ministérios oficiais de Dilma Rousseff.

  33. Jeorge Responder

    Nem esta revista, nem o PT, estão se preocupando com menor nenhum. O PT apenas viu uma oportunidade de cessar o verdadeiro incômodo que eram as verdades que essa mulher falava. Qto a vários comentários aqui sobre o menor amarrado, deixem isso de mão, pois eles querem todos pensem que foi esse o motivo.

  34. Rafa Responder

    Que texto escroto! Vomitei!
    NOJO!

  35. pedro mutafi Responder

    se todo negro ou branco que achar que nao teve oportunidade no noss pais virasse ladrao, nossa sociedade estaria totalmente perdida, o negro chamado de Joaquim barbosa , de minas gerais era pobre, no entanto estudo e se formou em advocacia, e foi presidente do stf , isso vcs nao levam em conta, faça me umfavor, mesmo que o sistema seja duro, ferrenho nao podemos partiri pro lado da marginalidade, existem mulheres catando latinhas, no lixao de sp e do rio e outros estados, e nem por isso se prostituem, sao muito dignas,


x