Justiça autoriza e Bradley Manning agora é Chelsea Elizabeth

Ex-soldado americano, condenado a 30 anos de prisão por vazar segredos do exército para o Wikileaks, ganhou o direito de trocar os nomes em todos os seus documentos mas será mantido em penitenciária masculina

483 0

Ex-soldado americano, condenado a 30 anos de prisão por vazar segredos do exército para o Wikileaks, ganhou o direito de trocar os nomes em todos os seus documentos mas será mantido em penitenciária masculina

Por Redação

A Justiçados Estados Unidos decidiu, nesta quarta-feira (23), que Bradley Manning pode trocar oficialmente seu nome para Chelsea Elizabeth. A ex-soldado foi condenada a 35 anos de prisão por ter vazado documentos e vídeos do exército americano para o site Wikileaks. Em agosto do ano passado, Chelsea já havia manifestado o desejo de dar início ao tratamento hormonal que lhe possibilitaria trocar de sexo.

Porém, Chelsea continuará cumprindo sua pena na penitenciária militar masculina de Fort Leavenworth, no Kansas, e não poderá ser transferida para uma unidade feminina.

O porta-voz do exército americano, George Wright, já afirmou à Associated Press que a unidade onde Chelsea está “é uma instalação apenas para homens, e os prisioneiros ali atendem pelo título de “internado”.



No artigo

x