“Daniel Alves deu uma resposta ousada e forte ao racismo”, diz Dilma Rousseff

Presidenta utilizou a sua conta no Twitter para dar o seu apoio ao jogador e declarou que o Brasil vai levantar a bandeira contra a discriminação na Copa do Mundo

596 3

Presidenta utilizou a sua conta no Twitter para dar o seu apoio ao jogador e declarou que o Brasil vai levantar a bandeira contra a discriminação na  Copa do Mundo

Por Redação 

A presidenta Dilma Rousseff utilizou a sua conta no Twitter, nesta segunda-feira (28), para declarar apoio ao jogador Daniel Alves, do Barcelona, que foi vítima de racismo durante o jogo do time catalão contra o Villarreal. Quando Alves foi cobrar uma lateral, arremessaram uma banana no jogador que, em resposta, pegou a fruta e a comeu. Em seguida, a hashtag #SomosTodosMacacos se tornou um viral, impulsionada por Neymar.

Em sua conta, Dilma declarou que o “jogador @DaniAlvesD@ deu uma resposta ousada e forte ao racismo no esporte (…) Diante de 1 atitude que infelizmente tem se tornado comum nos estádios, @DaniAlves teve atitude”.

A presidenta ainda comentou o apoio que o Alves recebeu dos colegas de trabalho. “Em seu apoio, @neymarjr lançou a campanha #somostodosmacacos p/ mostrar que temos todos a mesma origem e q nada nos difere, a não ser nossa tolerância com o outro”, comentou a presidenta.

Ainda sobre a questão do preconceito, Dilma afirmou que o Brasil vai erguer a bandeira do combate ao racismo durante a Copa. “O Brasil na #CopaDasCopas levanta a bandeira do combate à discriminação racial #CopaContraORacismo. (…)Vamos mostrar q nossa força, no futebol e na vida, vem da nossa diversidade étnica e dela nos orgulhamos. #CopaSemRacismo”, disse.



No artigo

3 comments

  1. Myrelle Barbosa Responder

    A única, em todo o país, que pode tomar uma atitude radical e acabar com o racismo de uma vez por todas, prefere prestar solidariedade em Porra de conta em Twitter. Vai entender né … Talvez as grandes guerras e revoluções vão mesmo ser travadas em ambiente cibernético.

  2. José Oliveira Responder

    “”Sou Negro””

    ” Sou negro
    meus avós foram queimados
    pelo sol da África
    minh`alma recebeu o batismo dos tambores
    atabaques, gongôs e agogôs

    Contaram-me que meus avós
    vieram de Loanda
    como mercadoria de baixo preço
    plantaram cana pro senhor de engenho novo
    e fundaram o primeiro Maracatu

    Depois meu avô brigou como um danado
    nas terras de Zumbi
    Era valente como quê
    Na capoeira ou na faca
    escreveu não leu
    o pau comeu
    Não foi um pai João
    humilde e manso

    Mesmo vovó
    não foi de brincadeira
    Na guerra dos Malês
    ela se destacou

    Na minh`alma ficou
    o samba
    o batuque
    o bamboleio
    e o desejo de libertação.”

  3. José Oliveira Responder

    “”Sou Negro””

    “Sou negro
    meus avós foram queimados
    pelo sol da África
    minh`alma recebeu o batismo dos tambores
    atabaques, gongôs e agogôs

    Contaram-me que meus avós
    vieram de Loanda
    como mercadoria de baixo preço
    plantaram cana pro senhor de engenho novo
    e fundaram o primeiro Maracatu

    Depois meu avô brigou como um danado
    nas terras de Zumbi
    Era valente como quê
    Na capoeira ou na faca
    escreveu não leu
    o pau comeu
    Não foi um pai João
    humilde e manso

    Mesmo vovó
    não foi de brincadeira
    Na guerra dos Malês
    ela se destacou

    Na minh`alma ficou
    o samba
    o batuque
    o bamboleio
    e o desejo de libertação.”


x