Orquestra do Colorado libera consumo de maconha nos concertos

A ideia é atrair o público jovem aos números de música clássica

262 0

A ideia é atrair o público jovem aos números de música clássica

Da Redação

O público poderá levar a própria maconha para consumir nos concertos. (Foto: divulgação)
O público poderá levar a própria maconha para consumir nos concertos. (Foto: divulgação)

Um dos primeiros estados dos EUA a legalizar o uso recreativo de maconha há pouco mais de um ano, o Colorado tem agora mais uma atração aos apreciadores da cannabis. A Orquestra Sinfônica do estado promove, a partir do próximo dia 23, a tour Classically Cannabis: The High Note Series. Serão, ao todo, três concertos em que o público pode levar sua própria maconha e consumir durante a apresentação.

De acordo com o diretor da orquestra, Jerry Kern, a ideia é incentivar a ida de um público mais jovem e diversificado aos concertos como forma de tornar os ambientes de música clássica menos conservadores.

A organização da tour lembra também que a relação entre música clássica e a cultura da maconha pode ser surpreendente. Normalmente, concertos não permitem que o público coma, beba ou fale. Mas o consumo da cannabis nesses casos, para eles, pode ter um efeito interessante.

A Orquestra Sinfônica do Colorado deixa claro em sua página na internet, no entanto, que não será comercializada maconha no local e que cada participante deve levar sua própria substância. A entrada só é permitida a maiores de 21 anos.



No artigo

x