O Globo distorce: blogueiro foi quem insultou Aloysio Nunes

Mesmo com vídeo provando o contrário, jornal noticia como se o senador tivesse sido a vítima, e não o agressor Por Redação...

590 4

Mesmo com vídeo provando o contrário, jornal noticia como se o senador tivesse sido a vítima, e não o agressor

Por Redação

O blogueiro Rodrigo Grassi, do Botando Pilha, foi insultado e agredido pelo senador Aloysio Nunes (PSDB) após o questionar os motivos que impediam a instalação de uma CPI para investigar o caso Alstom. Apesar de ter publicado um vídeo comprovando a narrativa do fato, o jornal O Globo noticiou com a seguinte manchete: “Ex-assessor de deputada petista é preso no Senado por insultar Aloysio Nunes”.

Na notícia, a vítima se torna a culpada pelo acesso de fúria de Aloysio. No entanto, Grassi apenas perguntou sobre a importância das CPIs e sobre o motivo do PSDB ter enterrado 70 delas. Quando questiona sobre seu “suposto envolvimento no caso Alstom”, o senador responde: “Vá para a puta que te pariu”, e parte para cima do blogueiro.

O Globo também publicou que Rodrigo Grassi agrediu Joaquim Barbosa, o presidente do Supremo Tribunal Federal, na saída de um restaurante. Segundo o jornal, o vídeo da agressão estava disponível no próprio blogue de Grassi. Porém, no registro encontrado o blogueiro apenas grita “Dirceu, guerreiro do povo brasileiro” e chama Barbosa de “tucano autoritário”.

Rodrigo Grassi, que é ex-assessor da deputada Érica Kokay (PT), foi preso após o episódio. A Polícia Legislativa do Senado anunciou que será investigado como o blogueiro entrou nas dependências do Senado.

Assista ao vídeo:

(Foto de capa: Ana Volpe/Agência Estado)



No artigo

4 comments

  1. Alexandre Responder

    Trata-se de um provocador (pago com dinheiro público). E já tem histórico de agressão.

  2. José Márcio Pereira Responder

    Não há dúvida, pelo vídeo, que o Senador pressionado perdeu a paciência e mandou o “repórter” para aquele lugar para onde ninguém quer ir ou ser mandado. Errou, destemperou-se! Mas também não há dúvida pelo histórico que o “repórter” está a serviço do PT, comunga com sua ideologia, certamente, e o PT, sabido é, já manifestou por meio de discursos conscientes o desejo de regulamentar a imprensa livre que tantas críticas têm feito à sua administração.

  3. maria quinet Responder

    Dois pesos e duas medidas, sem dúvida. Ninguém critica as abordagens, muitas vezes agressivas, feitas por “reporteres” do CQC, por exemplo, a políticos não só do PT. Pegam muito mais pesado que o blogueiro e nem por isso são agredidos e linchados como ele foi e está sendo. Só não faço do meu voto uma bolinha de papel, por não ter papel e eu saber muito bem em quem votar e em quem não votar.

  4. enganado Responder

    Qualquer dia desses a TV Globo, se lhe aprouver, o vai provar que o Sr. George Bush sempre foi bem intencionado e que as pessoas que assassinou foi porque passaram em frente a bala. Tv Globo, fdp!


x