Líder indígena é baleado em Mato Grosso do Sul

Paulino da Silva Terena, que reivindica a demarcação da Terra Indígena Pillad Rebuá, se recupera após ser atingido na perna

415 1

Paulino da Silva Terena, que reivindica a demarcação da Terra Indígena Pillad Rebuá, se recupera após ser atingido na perna

Por Redação

Durante a madrugada desta segunda-feira (19), o líder do grupo de índios terenas, Paulino da Silva Terena, foi baleado em casa. Ele, que exige a demarcação da Terra Indígena Pillad Rebuá, foi alvejado em Miranda, cidade próxima à capital do Mato Grosso do Sul. Após ser levado por uma ambulância do Samu para o Hospital Regional de Miranda para extrair a bala, o índio se recupera.

Por volta de 4h30, Paulino estava saindo de sua casa quando percebeu que estava sendo observado. Ele gritou por socorro, e foi logo atendido por outros índios. Quando o grupo se aproximou da casa do líder, os agressores perceberam a movimentação e se esconderam. Eles começaram a disparar, mas dos três tiros efetuados, dois acertaram o carro do terena e um atingiu sua perna.

Edno Terena, que ajudou a socorrer Paulino, afirmou que não foi possível identificar quantos ou quem eram os pistoleiros. Foi registrado um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio. O delegado Luís Alberto Ojeda afirmou que estão procurando esclarecer as circunstâncias do episódio.

Em dezembro de 2013, o líder foi vítima de outro ataque. Ele estava em seu carro quando homens encapuzados atearam fogo. O caso está sendo apurado há cinco meses, mas apesar de ter suspeitos, ninguém respondeu pelo crime. Já o processo de demarcação da Terra Indígena Pillad Rebuá se estende desde 1904. No fim do ano passado, o grupo de terenas ocupou um terreno de produtores rurais. Cerca de 100 famílias vivem na área de aproximadamente 12 hectares.

Com informações da Agência Brasil
(Foto de capa: Terenas/divulgação Cimi)



No artigo

1 comment

  1. Analice Responder

    Se os culpados fossem expostos, punidos, talvez esse tipo de prática arcáica, coronelista fosse coibida!


x