CPMI da Petrobras deve ser instalada hoje

Instalação da Comissão deve acontecer a partir das 14h de hoje. Henrique Fontana defendeu ontem (27) que seja instaurada também CPMI para investigar irregularidades nos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal

329 0

Instalação da Comissão deve acontecer a partir das 14h de hoje. Henrique Fontana defendeu ontem (27) que seja instaurada também CPMI para investigar irregularidades nos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal

Por Redação, com informações da Agência Câmara de Notícias

Ontem (27), o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, anunciou que a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar eventuais irregularidades na Petrobras deve acontecer na tarde desta quarta-feira (28). “Amanhã estarão publicados os nomes da CPI e o senador João Alberto [de Souza] vai convocar para as 14 horas a instalação da CPMI”, disse Alves. Souza, por ser o parlamentar mais idoso indicado para compor Comissão, é quem a tarefa de convocar a reunião de instalação para eleger o presidente e o vice-presidente, além de discutir a escolha do relator.

O líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), acredita que a CPMI deva solicitar logo que for instalada os autos do inquérito da Operação Lava Jato. “Esse inquérito é extremamente relevante porque tem toda a conexão envolvendo a Petrobras e o esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo Alberto Youssef e com a participação direta do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa”, disse. Ato semelhante já foi promovido pela CPI do Senado, que aprovou a requisição ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à 13ª Vara Federal de Curitiba da documentação relativa à operação deflagrada em março pela Polícia Federal.

Os parlamentares titulares que integrarão o colegiado já foram indicados pelas respectivas lideranças partidárias. Ainda faltavam os nomes de cinco senadores do bloco da Maioria no Senado (PMDB-PP-PSD-PV) e de outros cinco do bloco de apoio ao governo (PT-PDT-PCdoB-Psol-PRB), indicados nesta terça-feira. A CPMI terá 32 titulares, 16 deputados e 16 senadores, e o mesmo número de suplentes.

Investigação do Metrô

O deputado Henrique Fontana (PT-RS),  líder do governo em exercício, defendeu ontem a instalação da CPMI para investigar irregularidade nos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal. “É incompreensível que a candidatura de Aécio Neves queira organizar um palco político-eleitoral em torno da Petrobras, por meio de duas CPIs, e se negue a enfrentar a apuração do cartel dos trens e metrôs em São Paulo”, disse.

Na semana passada, o presidente do Congresso, Renan Calheiros, pediu aos líderes das duas Casas para indicarem os nomes da CPMI destinada a investigar os metrôs de São Paulo e do DF.

Foto de capa: Luis Macedo/Câmara dos Deputados



No artigo

x