Windows 8 é ameaça à segurança nacional da China

Para a China, o software da Microsoft estaria sendo utilizado para a coleta de dados de seus cidadãos Por Redação...

392 0

Para a China, o software da Microsoft estaria sendo utilizado para a coleta de dados de seus cidadãos

Por Redação

A China declarou na semana passada que o software Windows 8, da Microsoft, é uma “ameaça à segurança nacional”.

É ainda difícil saber realmente qual foi a motivação do governo chinês ao tomar tal decisão. Considerando o recente histórico de problemas que o país asiático vem tendo com a empresa norte-americana, não é de se estranhar a classificação: em fins de maio, o governo chinês já havia banido a utilização do software, por considerá-lo um risco à segurança da informação no país. Tal decisão ocorreu um dia depois de os EUA acusarem cinco oficiais chineses de cyber-espionagem.

A recusa da Microsoft em adiar o suporte técnico do Windows XP, amplamente utilizado em órgãos governamentais da China e também por cidadãos, contabilizando entre 60% e 70% de usuários no país – o que, em termos chineses, é um número tremendamente expressivo –, também pode ter contribuído para a ação chinesa.

Outro dos motivos pode ser a desconfiança de Pequim de que a decisão da empresa, forçando a utilização do Windows 8, era para que a NSA utilizasse o software como maneira de recolher os dados dos cidadãos chineses. O acadêmico Ni Guangna, da Academia Chinesa de Engenharia disse: “Sua identidade, conta de usuário, contatos, números de telefone e todo o tipo de informação colocados juntos podem ser usados como uma grande análise de dados. Essa análise pode ser ainda mais eficiente que as estatísticas oficiais [da universidade]”.



No artigo

x