Petrobras bate recorde na produção de pré-sal e ultrapassa 500 mil barris por dia

De acordo com números apresentados pela empresa, a produção de pré-sal e petróleo supera a média internacional; novas plataformas entram em ação neste ano

422 0

De acordo com números apresentados pela empresa, a produção de pré-sal e petróleo supera a média internacional; novas plataformas entram em ação neste ano

Por Redação

A Petrobras, na chamada província do pré-sal nas bacias de Santos e de Campos, superou a marca dos 500 mil barris por dia (bpd). No dia 24 de junho, este número alcançou a marca de 520 mil bpd, o que configura novo recorde de produção diária. Desse montante, 78% (406 mil bpd) correspondem à parcela da Petrobras e o restante à contribuição das empresas parceiras nas diversas áreas de produção da camada pré-sal.

De acordo com a Petrobras, a produção de 520 mil barris por foi alcançada em apenas oito anos após a primeira descoberta de petróleo na camada pré-sal, em 2006. Para alcançar esse marco, a Petrobras contou com a contribuição de somente 25 poços produtores. Tal número é considerado um marco, pois a empresa foi fundada em 1953 e foram necessários 31 anos para se alcançar a marca de 500 mil barris diários, fato que ocorreu no fim de 1984, com a contribuição de 4.108 poços produtores.

Outro dado interessante é que no pós-sal da Bacia de Campos, onde a primeira descoberta ocorreu em 1974, foram necessários 21 anos para se produzir 500 mil barris diários de petróleo. O excelente desempenho do pré-sal brasileiro é realçado quando comparado com outras importantes províncias produtoras no mundo. Na porção americana do Golfo do México, por exemplo, foram necessários 20 anos, a partir da primeira descoberta, para se produzir 500 mil barris diários. No Mar do Norte, o patamar foi atingido em dez anos.

A produção do pré-sal já responde por 22% do total da produção operada no mês de maio pela Petrobras no Brasil. Segundo os dados da empresa, de 2010 a 2014 a média de produção diária dos reservatórios do pré-sal cresceu dez vezes, o que representou um salto de 42 mil barris (2010) para 520 mil barris por dia. Dos 25 poços em operação nessa província, dez estão localizados na Bacia de Santos, que responde por 53% da produção do pré-sal (274 mil barris por dia). Os demais 15 poços estão localizados na Bacia de Campos e respondem pelos 47% restantes, o que significa 246 mil barris por dia.

A produção de pré-sal no Brasil tem apresentado uma produtividade muito acima da média mundial. A produtividade média por poço em operação comercial no Polo pré-sal Bacia de Santos tem sido de 25 mil barris de petróleo por dia, maior do que a registrada no Mar do Norte (15 mil barris de petróleo por poço/ dia) e no Golfo do México (10 mil barris de petróleo por poço/ dia).

Produção de petróleo da Petrobras no Brasil aumentou 2,2% em maio

A Petrobras atingiu a marca de 1 milhão 975 mil barris/dia em maio, superando em 2,2% a produção de abril, que foi de 1 milhão 933 mil bpd. Com a parcela operada pela Petrobras para seus parceiros no Brasil, o volume atingiu a marca de 2 milhões e 92 mil barris por dia, 2,9% acima do volume produzido no mês anterior, que foi de 2 milhões e 34 mil bpd.

Contribuíram para o aumento da produção a entrada em operação de novos poços nas plataformas P-58 (Parque das Baleias), P-63 (Papa-Terra), P-55 (Roncador) e o início da produção da plataforma P-62 (Roncador), todos na Bacia de Campos.

Por fim, Novas plataformas de produção vão entrar em operação ao longo de 2014, o que deve consolidar o crescimento sustentado da produção, conforme o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2014-2018, que prevê aumento de 7,5% até o final de 2014.



No artigo

x