Aécio Neves ficou 303% mais rico em 4 anos

Candidato tucano justifica enriquecimento devido à herança recebida

3862 0

Candidato tucano justifica enriquecimento devido à herança recebida

Por Redação

Com o início das eleições neste domingo (6), os candidatos à presidência da República registraram as suas candidaturas e também os seus respectivos patrimônios. De acordo com os dados apresentados, Dilma Rousseff (PT) teve aumento patrimonial de 64% e Aécio Neves (PSDB) de 303%. Eduardo Campos (PSB) registrou um enriquecimento em 5%.

De 2010 à 2014, Aécio Neves ficou R$ 1.873.938,23 mais rico, quando se elegeu senador por Minas Gerais. À época declarou um patrimônio de R$617.938,42, neste ano ficou em R$ 2.491.876,65. De acordo com o PSDB, o aumento patrimonial de Neves se deu por conta de uma herança deixada pelo seu pai, Aécio Ferreira Cunha, falecido há quatro anos.

Dilma Rousseff, candidata à reeleição, ficou R$ 684.348,17 mais rica desde quando se tornou presidenta, em 2010. Há quatro anos o seu patrimônio declarado era de R$ 1.066.347,47, hoje esse valor é de R$ 1.750.695,64.

Já Eduardo Campos declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 546.799,50. Há quatro anos esse valor era de R$ 520.626,04.

Foto: Diário do Centro do Mundo 

 



No artigo

x