PSOL de Brasília pede a impugnação da candidatura de Arruda

Partido alega que o ex-governador do Distrito Federal é ficha-suja e não pode concorrer ao cargo novamente

294 0

Partido alega que o ex-governador do Distrito Federal é ficha-suja e não pode concorrer ao cargo novamente

Por Redação

O diretório do PSOL no Distrito Federal (DF) entrou nesta quinta-feira (10) com pedido de impugnação da candidatura de José Roberto Arruda (PR) e Jaqueline Roriz (PMN) ao governo do Distrito Federal e deputada federal, respectivamente. Na ação encaminhada à Justiça Eleitoral, o partido argumenta que ambos foram condenados por improbidade administrativa e que, portanto, se enquadram na Lei Ficha Limpa e não podem concorrer.

Arruda e Roriz foram condenados em segunda instância quatro dias depois de terem protocolado suas candidaturas na Justiça Eleitoral. Em nota, o diretório do Partido da República disse que a decisão do TJ não impede a candidatura de Arruda e nem uma “eventual” posse.

O candidato do PSOL ao governo do Distrito Federal, Antônio Carlos Andrade (o Toninho), declarou que os argumentos favoráveis a Arruda “não tem sustentação”, pois, o pedido de candidatura ainda não foi deferido pela Justiça Eleitoral.

 



No artigo

x