Viúva de Amarildo está em Cabo Frio

Elisabeth Gomes da Silva entrou em contato com familiares para informar o seu paradeiro

440 0

Elisabeth Gomes da Silva entrou em contato com familiares para informar o seu paradeiro

Por Redação

A viúva do pedreiro Amarildo Dias, Elisabeth Gomes da Silva, entrou em contato ontem (11), com familiares e avisou que está em Cabo Frio, na Região dos Lagos. A informação foi divulgada pelo advogado da família, João Tancredo.

Beth, como é chamada por amigos, estava desaparecida há dez dias. A família, depois de relutar, registrou o caso no 11º DP (Rocinha), informando que ela saiu de casa no dia 30 de junho e desde então ninguém sabia do seu paradeiro. A família vai buscá-la nesta sexta-feira (11).

No próximo dia 14, a morte de Amarildo completa um ano. O pedreiro morreu após ser torturado por policiais militares na base Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, favela que fica na zona sul do Rio de Janeiro. Vinte e cinco PMs foram processados e denunciados por tortura seguida de morte, 17 por ocultação de cadáver, 13 por formação de quadrilha e quatro por fraude processual. O julgamento dos acusados ainda não tem data para acontecer.

Foto: Fotos Públicas



No artigo

x