Na véspera da final da Copa e de protestos, polícia carioca prende manifestantes

Ao todo, 19 ativistas estão detidos. Foram apreendidos, segundo a PC, máscaras de gás, explosivos, arma de fogo e celulares

317 1

Ao todo, 19 ativistas estão detidos. Foram apreendidos, segundo a PC, máscaras de gás, explosivos, arma de fogo e celulares

Por Redação

Na véspera da final da Copa do Mundo e de protestos contra a realização do evento da Fifa, a Polícia Civil prendeu 19 manifestantes. A alegação é de que os ativistas teriam envolvimento com “atos de vandalismo” praticados na cidade desde junho de 2013.

Todos os detidos foram levados à Cidade da Polícia, no Jacaré, zona norte do Rio de Janeiro. A exceção é Elisa Quadros, conhecida como Sininho, que foi presa na casa do namorado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Com os manifestantes foram apreendidas máscaras de gás, armas de fogo, explosivos e celulares. Os mandados de prisão foram expedidos pela 27º Vara Criminal.

A ação não é inédita. Na véspera da abertura da Copa do Mundo, dez ativistas foram presos e também tiveram celulares e computadores apreendidos pela polícia. À época, ficaram detidos por 24 horas.

Foto de capa: Mídia Ninja



No artigo

1 comment

  1. Franco Responder

    A maior covardia dessa gente é colocar a população contra a polícia que arrisca a vida todos os dias por centenas de desconhecidos. Qual ativista, militante, esquerdinha seja lá o que acham que eles são arriscaram a vida por alguém? Ou acham que enchendo o saco da polícia estão fazendo alguma coisa pela cidade?

    Planejavam vandalismo existem muitas provas, e a minha ideia era que a polícia deixe a cidade ser destruída para depois com apoio popular prender essa gente mas eu não mando nada. Policiais perdendo o tempo de investigarem outras coisas devido a um bando de baderneiro e sua guerra particular contra lojas e vidros. Se realmente foi uma injustiça quem decide é o juiz e a justiça que certamente estudou na vida.


x