“A Argentina não deu calote”, diz Mantega

Ministro da Fazenda declarou que se trata de uma situação “excepcional” que acontece por conta de uma decisão da Justiça dos EUA

271 0

Ministro da Fazenda declarou que se trata de uma situação “excepcional” que acontece por conta de uma decisão da Justiça dos EUA

Por Redação

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou nesta quinta-feira (31) que a Argentina não deu calote e que o resultado do imbróglio com credores norte-americanos terá “efeito nulo” no Brasil. “Não creio que a Argentina esteja em default, porque ela continua pagando a sua dívida, ela depositou a parcela dos credores e há algumas semanas pagou o Clube de Paris”, declarou Mantega.

Guido Mantega também disse que a Argentina “não está dando calote, é uma situação excepcional, o que está impedindo é o juiz”, referindo-se ao juiz norte-americano Thomas Griesa, que decidiu que a Argentina não pode pagar os credores que atuaram na reestruturação da dívida se não honras seus compromisso com os credores que não participaram, classificados como “holdouts”.

Por fim, Mantega declarou que o impacto “disso no Brasil, num primeiro momento, é nulo”, pois, de acordo com o ministro da Fazenda, trata-se de “um segmento de mercado muito pequeno, não afeta o mercado internacional”. Porém, ressaltou que a decisão da Justiça norte-americana afeta “futuras reestruturações de dívidas que venham a ser feitas no mundo”.

Foto: Agência Brasil 



No artigo

x