Google tira do ar jogo que simulava bombardeios à Gaza

"Bomb Gaza" convidava usuários a "soltar bombas e evitar a morte de civis"; jogo foi removido após repercussão negativa nas redes

451 0

“Bomb Gaza” convidava usuários a “soltar bombas e evitar a morte de civis”; jogo foi removido após repercussão negativa nas redes

Por Redação* 

(Foto: Reprodução)
Segundo matéria do jornal inglês The Guardian, o jogo foi baixado cerca de mil vezes desde que foi lançado, em 29 de julho (Foto: Reprodução)

O Google removeu da sua loja de aplicativos Google Play o jogo Bomb Gaza (“Bombardeie Gaza”, em português), que simulava o conflito entre o exército de Israel e Hamas e incentivava usuários a lançar bombas sobre o território palestino para “evitar a morte de civis”. O anúncio foi feito por um porta-voz da corporação na última segunda-feira (4).

“Nós removemos aplicativos do Google Play que violam nossas políticas”, afirmou o representante da companhia, que não especificou qual política o jogo havia violado. O Google Play tem regras que proíbem conteúdo relacionado a discurso de ódio, assédio moral e violência, e permite que os consumidores denunciem os casos de desrespeito a essas normas.

Desenvolvido pela PlayFTW, Bomb Gaza ainda está disponível como aplicativo no Facebook. Nenhuma das duas empresas se posicionou, até o momento, sobre a situação.

O  jogo gerou comentários de indignação tanto na página de opinião da loja do Google como no Facebook. Segundo matéria do jornal inglês The Guardian, o programa foi baixado cerca de mil vezes desde que foi lançado, em 29 de julho.

*Com informações da Reuters
Foto de capa: Reprodução/Bomb Gaza



No artigo

x