Cantor Roger xinga jornalista e debocha de perseguidos pela ditadura

Vocalista do "Ultraje a Rigor" critica Marcelo Rubens Paiva, que teve o pai assassinado durante a ditadura: "Seu bosta". Cantor afirmou ainda que quem foi perseguido pelo regime militar é porque "fazia merda"

2108 12

Vocalista do “Ultraje a Rigor” critica Marcelo Rubens Paiva, que teve o pai assassinado durante a ditadura: “Seu bosta”. Cantor afirmou ainda que quem foi perseguido pelo regime militar é porque “fazia merda”

Por Pragmatismo Político

O vocalista Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, usou o Twitter para atacar o jornalista e escritor Marcelo Rubens Paiva, que há dez dias citou o líder do Ultraje durante uma participação na 12ª Flip (Feira Literária Internacional de Paraty), em Paraty (RJ).

Paiva, que participava de uma mesa sobre os 50 anos do golpe militar, lamentou o fato de muitas pessoas não saberem sobre a ditadura que comandou o Brasil por mais de duas décadas. O escritor citou Roger como exemplo, questionando que se até o roqueiro, que antes escrevia músicas a respeito do movimento das Diretas Já e críticas ao regime militar, hoje se converteu ao conservadorismo, o que esperar de muitos jovens que não têm acesso à informação sobre o tema?

“É compreensível que você considere o comunismo legal. Mas daí a me usar de exemplo na Flip foi canalha de sua parte. E errado”, escreveu Roger, em mensagem que foi posteriormente deletada no Twitter nesta terça-feira.

Irritado, o músico seguiu rebatendo as observações de Paiva e também publicou ofensas contra o jornalista. “E tem mais, seu bosta: minha família não foi perseguida pela ditadura. Porque não estava fazendo merda”, concluiu.

Desaparecimento de Rubens Paiva

O jornalista Marcelo Rubens Paiva é filho do engenheiro civil e político brasileiro Rubens Paiva, desaparecido na época da ditadura militar.

Em um dos mais importantes e verossímeis depoimentos já prestados por agentes da ditadura, o coronel reformado Paulo Malhães confessou ter desenterrado em 1973 a ossada do desaparecido político Rubens Paiva.

No testemunho, o veterano da repressão também afirmou que ele e seus parceiros cortavam os dedos das mãos, arrancavam a arcada dentária e extirpavam as vísceras de presos políticos mortos sob tortura antes de jogar os corpos em rio onde jamais viriam a ser encontrados.

Ostracismo

Roger Moreira e sua banda caíram no ostracismo musical e não conseguiram emplacar mais nenhum sucesso desde meados da década de 90. O cantor, que se refere a Dilma Rousseff como ‘terrorista’ e dedica a maior parte do seu tempo para alardear na internet sobre os perigos da ‘ascensão comunista no Brasil’, trabalha hoje com o apresentador Danilo Gentili, no SBT. Ambos são admiradores confessos de Olavo de Carvalho – uma espécie de guru da nova direita brasileira.

Vídeo de Marcelo Rubens Paiva na Flip:



No artigo

12 comments

  1. luiz santos Responder

    Roger um fracassado profissional e facista.

  2. Fábio de Oliveira Ribeiro Responder

    Roger é apenas mais um veado televisado a beira de um ataque de nervos. Ha, ha, ha…

  3. Ricardo Responder

    Um regime(militar) que deixou como legado divida externa, aumento das desigualdades sociais, má distribuição de renda, desemprego, sucateamento da educação além de diversas famílias sem saber onde foram parar os corpos de seus entes por conta da perseguição política.

    Me poupem.

    1. Gabriel Carvalho Responder

      Comentário perfeito.

  4. Chaves Responder

    Preferia ter ido ver o filme do Pelé

  5. Fernanda Silva Cruz Responder

    Quando não se consegue vencer um debate com argumentos e persuasão, resta a agressão…e esse Roger aí…me poupem…é um oportunista midiático, fez música que falava contra o regime porque naquele momento isso o beneficiava grandemente, colocando-o em evidência…hoje ele ‘protesta’ da forma como vemos aí…

  6. Theodora Responder

    Uns amadurecem ao envelhecer, outros apodrecem. Roger apodreceu.

  7. Petrucci Responder

    minha “Direita”, volte logo para que possamos imperar valores esquecidos ou invertidos dos que não sabem o que falam e fazem, que por evidências claras, são o que dizem saber de tudo, mas ainda que se enganem não sabem de nada.,

  8. Bart Responder

    Que site lixoso! Fala que o Roger atacou o jornalista, mas cita que o jornalista fez um comentário (idiota) anterior sobre o músico que fatalmente desencadeou numa óbvia defesa do Roger. Jornalismo padrão cuba!

  9. Carlos Responder

    A esquerda se acha alguma coisa, acredita em algo que não existe e nunca deu certo, outro detalhe ele reagiu a uma provação. Jamais lutaram pela democracia quem diz isso são os próprios ex guerrilheiros hoje bandidos.

  10. Issaquah Responder

    Enquanto estivermos divididos não chegaremos a lugar nenhum. ..

  11. Comunas aki não Responder

    Tenho é vontade de rir desses MAV’s supra!


x