Morre Eduardo Campos

A candidata a vice-presidência , Marina Silva, não estava no avião; ainda não se sabe se o presidenciável está entre as vítimas

1053 1

Candidato do PSB à presidência da República estava em avião que caiu em Santos, no litoral de São Paulo; outras 6 pessoas morreram no acidente

Por Redação

O candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos, morreu na manhã desta quarta-feira (13). O avião em que ele estava caiu na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

Campos saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, rumo ao município de Guarujá, onde tinha um compromisso de campanha. Seu atraso gerou estranhamento na equipe que o aguardava no local. Minutos depois, veio a confirmação de que a aeronave em que ele viajava havia se envolvido em um acidente.

Segundo a Aeronáutica, sete pessoas estavam a bordo – cinco passageiros e dois tripulantes. Pedro Valadares Neto (assessor pessoal de Campos), Carlos Augusto Percol (assessor de imprensa), Alexandre Severo Silva (fotógrafo oficial da campanha) e Marcelo Lira (cinegrafista) também morreram. As causas da queda estão sendo apuradas.

A presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, cancelou todos os seus compromissos e deve se pronunciar em breve. Neste momento, ela está reunida com assessores no Palácio do Planalto.

A Rede Sustentabilidade soltou um comunicado sobre a situação. “Todos estamos chocados com a morte de Eduardo Campos, em queda de avião hoje de manhã. Marina Silva segue agora para Santos (SP)”, diz a nota.

De acordo com uma das lideranças da Rede em São Paulo, Marina Silva, vice na chapa de Campos, deveria estar no voo, mas decidiu ficar em São Paulo na noite de ontem. Ela está se dirigindo para Santos.

Luto

As notas de pesar pela morte do pessebista são inúmeras. O Partido dos Trabalhadores se diz “de luto”. “Campos deixa um grande vazio na política brasileira. Seu partido, o PSB, sempre foi um aliado do PT e, juntos, construímos um país melhor e socialmente mais justo”, afirmou Rui Falcão, presidente nacional da sigla.

“O Brasil perde um dos seus mais talentosos políticos, que sempre lutou com idealismo por aquilo em que acreditava”, escreveu em sua página do Facebook  o tucano Aécio Neves, rival de Campos na disputa eleitoral. “Manifestamos nossa solidariedade ao PSB, a seus militantes e dirigentes em todo o país diante dessa tragédia”, declarou o Partido Socialismo e Liberdade (Psol). Eduardo Jorge, candidato do Partido Verde à presidência, informou que suspenderá sua campanha pelos próximos dias.

Mais informações em instantes.

Foto de capa: PSB



No artigo

1 comment

  1. Vinny Alves Responder

    Ah, a Marina não estava no avião?!!!! Que frustração!


x