“Nós não iremos desistir do Brasil”, diz Renata Campos

A viúva de Eduardo Campos se reuniu com líderes socialistas e declarou que ela e sua família não irão desistir do Brasil

283 0

A viúva de Eduardo Campos se reuniu com líderes socialistas e não citou o nome de Marina Silva em seu primeiro pronunciamento público após a morte do marido

Por Redação

Em seu primeiro pronunciamento após a morte de seu companheiro, Eduardo Campos (PSB), feito nesta segunda-feira (18), Renata Campos leu uma carta e afirmou que a sua família não vai desistir do Brasil e que está à disposição da legenda para a disputa eleitoral.

“Fica tranquilo, Dudu, teremos a sua coragem para mudar o Brasil. Não desistiremos do Brasil. É aqui que cuidaremos dos nossos filhos”, declarou Renata Campos após deixar encontro com a cúpula do PSB.

Acompanhada dos cinco filhos, a viúva do presidenciável declarou que ela e sua família estão à disposição do Frente Popular, coligação do PSB em Pernambuco. “Depois da tragédia, lembro que perguntaram: ‘o que faremos? ‘ Mantém tudo como ele queria! Como participei a vida toda, não terá diferença nessa”, declarou Campos.

Apesar do tom político da fala de Renata Campos, Marina Silva, que deve ter o seu nome oficializado enquanto candidata do PSB à presidência da República, não foi citado. O rápido discurso da viúva de Eduardo Campos aconteceu após encontro com lideranças e ativistas dos partidos da Frente Popular de Pernambuco.



No artigo

x