Justiça do Rio ordena devolução do “helicoca” à família Perrella

Membros da família Perrella — aliados de Aécio Neves — foram isentados de envolvimento com o transporte de 443 kg de cocaína em um helicóptero pertencente a eles. Todas as pessoas autuadas em flagrante também já foram inocentadas

1899 4

Membros da família Perrella — aliados de Aécio Neves — foram isentados de envolvimento com o transporte de 443 kg de cocaína em um helicóptero pertencente a eles. Todas as pessoas autuadas em flagrante também já foram inocentadas

Por Redação

A ordem para devolver o helicóptero pertencente à empresa Limeira Agropecuária, da família do senador Zezé Perrella (SDD-MG) – apreendido em novembro passado por carregar 443 kg de cocaína – partiu do Tribunal de Recursos Federal da 2ª Região (TRF-2), no Rio de Janeiro. Tal ordem anula a decisão de primeira instância da Justiça Federal no Espírito Santo, que via a medida como necessária ao interesse público para o combate do narcotráfico e também contraria o parecer do Ministério Público Federal, que defendia que a aeronave ficasse à disposição da Justiça até o caso ser encerrado, ou em termos jurídicos, transitado em julgado.

(Reprodução)
(Reprodução)

O TRF-2 aceitou a tese da defesa de que não houve envolvimento dos proprietários do helicóptero com o tráfico da cocaína, afirmando que a responsabilidade pelo crime é do piloto da aeronave, que a teria usado sem permissão. Na ocasião, quatro pessoas foram presas: os dois pilotos e dois homens responsáveis por descarregar a droga, mas foram soltos em 8 de abril. O proprietário da fazenda em Afonso Cláudio (ES), onde o helicóptero iria descarregar a droga, já respondia o processo em liberdade.

O advogado Nicácio Pedro Tiradentes, que representa o piloto Rogério Almeida Antunes (também funcionário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais) e “homem de confiança” do deputado Gustavo Perrella (SDD-MG), filho de Zezé, afirmou à época que Gustavo mentiu ao dizer que o piloto roubou o helicóptero. Antunes teria feito duas ligações para o deputado antes de alçar voo.

Ligação com o aeroporto de Cláudio

Na investigação, a PF constatou, com base no rastreamento do GPS do helicóptero e nas anotações do plano de voo dos pilotos, ambos apreendidos e examinados pela perícia técnica, que o helicóptero carregado com quase meia tonelada de pasta base de cocaína parou em um ponto próximo ao povoado de Sabarazinho – que fica distante a apenas 14 quilômetros da cidade de Cláudio, alçada à fama nacional por conta do polêmico aeroporto construído em fazenda desapropriada do tio-avô do presidenciável Aécio Neves.

Para saber mais sobre todo o incidente com o helicóptero, assista ao documentário abaixo, realizado pelo Diário do Centro do Mundo:



No artigo

4 comments

  1. Nickname Responder

    Corrigindo: TRF = Tribunal Regional Federal.

  2. Nick Responder

    Quem quiser consultar, tá aqui (tem o número do recurso no TRF2 e os números dos autos criminais originários da 1a. instância na SJES). Quando falar do Judiciário, é bom dar nomes aos bois também. Citar o nome dos juízes e desembargodores envolvidos em uma decisão, já que cada juiz é uma cabeça.

  3. NOZINHO MARIA Responder

    NICK MAS NÃO TEM COMO REVER ESTA SITUAÇÃO ?, PORQUE VEJA BEM VAI QUE UM POVO DESSE GANHE UMA ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE ? QUE NÃO PODE NEM PENSAR UMA COISA DESTA , PORQUE SE FAZEM ASSIM EM UM ESTADO VAI FAZER A MESMA COISA NO GOVERNO FEDERAL TAMBÊM ,PORTANTO QUEM PODE FAZER ALGUMA COISA QUE FAÇA URGENTE, PORQUE A MAIOR PARTE DO POVO NÃO SABE DISTO,PORQUE SÃO JOVENS E NÃO LIGA COM NADA NEM VE UM VIDEO DESTE, E ACABA VOTANDO EM UM HOMEM DESTE, QUE FASSA ALGUAMA COISA QUEM TEM FORÇA PARA FAZER

  4. enganado Responder

    E aí senador Zezé Perrella (pó_lítico mineiro), já que está com TUDO de volta nas mãos devolvido pela PF, então vai se mudar para Ipanema? Ocasionalmente deverá se encontrar por lá com muita gente bastante conhecida, vai ser ótimo! Boa sorte.


x