PSDB é acusado de racismo ao procurar modelo branca para simular paciente com câncer

Anúncio da agência Relíquia foi retirado do ar após internautas denunciarem ação que classificaram como racista

498 1

Anúncio da agência Relíquia foi retirado do ar após internautas denunciarem ação que classificaram como racista

Por Redação

Um anúncio da agência Relíquia de que buscava uma modelo com cabelo castanho ou loira e que topasse raspar as madeixas causou revolta entre internautas. A chamada para o trabalho não tem problema algum, mas o que gerou a discórdia foi o cliente: PSDB.

Com o subtítulo: “PSDB – Camapnha sobre o câncer”, o anúncio convocava modelos mulheres com idade entre 25 e 35 anos, que fosse branca, cabelo castanho ou loiro. O cachet oferecido é de R$ 2010.
Depois que o blog Maria Frô compartilhou a informação uma enxurrada de críticas foram feitas, entre elas, a de que a campanha seria racista. Após a denúncia, o post foi retirado do ar.



No artigo

1 comment

  1. jacó Responder

    O importante é ver DILMA já reeleita em 1º turno com a força de todos nós BRASILEIROS.


x