Proposta orçamentária do governo federal prevê salário mínimo de R$788 para 2015

Os ministérios da Saúde, Educação e Cidades serão os responsáveis pelo maior volume de investimento.

269 0

Os ministérios da Saúde, Educação e Cidades serão os responsáveis pelo maior volume de investimento

Por Redação

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, entregou na manhã desta quinta-feira (28) ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a proposta orçamentária do governo federal para 2015.

No plano, o governo prevê um aumento de 8,8% do salário mínimo, o que resultaria em um valor de R$ 788. Se aprovado, ele passa a valer a partir de janeiro do ano que vem.

O reajuste do salário mínimo tem como base a regra atual, em que o valor é calculado a partir da variação da inflação do ano anterior, bem como do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

De acordo com a ministra Miriam Belchior, a proposta orçamentária para 2015 tem como foco a saúde, a educação, o combate à pobreza e a infraestrutura. Belchior também declarou à imprensa que o presidente do Senado se comprometeu a aprovar a proposta até o fim do ano.

Os ministérios que terão o maior volume de investimento são os da Saúde (R$ 91,4 bilhões), Educação (R$ 46,7 bilhões) e Cidades (R$ 26,3 bilhões).

Foto: Mulheres no Poder 



No artigo

x