Plebiscito popular da reforma política tem votação online

O objetivo é alcançar um número expressivo de votantes e também abranger localidades onde não haja urna.

785 0

O objetivo é alcançar um número expressivo de votantes e também abranger localidades onde não haja urna

Por Redação

Começa nesta segunda-feira (1) o Plebiscito Popular por uma Assembleia Constituinte Exclusiva à Reforma Política. A votação ocorre até o dia 7 de setembro e espera-se a participação de 1,5 milhão de pessoas. A ideia é pressionar o Congresso Nacional para que convoque uma Assembleia Constituinte sobre o sistema político.

Além das urnas físicas, que estão espalhadas pelo Brasil inteiro, os eleitores poderão participar de forma online. Para que o voto seja computado, é necessário informar o nome e o CPF. O objetivo é alcançar um número expressivo de votantes e também abranger localidades onde não haja urna.

Segundo Rodrigo César, da secretaria que organiza a votação, o sistema online é seguro, pois, como exige o CPF, não será possível a ocorrência de assinaturas duplicadas.

De acordo com informação do comitê organizador, há mais de mil comitês em várias partes do país, sendo a cidade de São Paulo a região com o maior número de urnas.

Nas urnas, além da votação pela Assembleia Constituinte da Reforma Política, será colhida, também, assinaturas de apoio ao projeto de lei de democratização da mídia, elaborado pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC).

Para votar online, clique aqui. E aqui, você localiza as urnas físicas.

Foto: Divulgação 

 



No artigo

x