Ex-PSB, Cid Gomes critica Marina Silva: “Será deposta”

Governador do Ceará chamou a candidata pessebista de “reacionária” e diz que governo dela não duraria "nem dois anos"

897 2

Governador do Ceará chamou a candidata pessebista de “reacionária” e diz que governo dela não duraria “nem dois anos”

Por Redação

Em um evento realizado em Fortaleza nesta segunda-feira (1), o governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), não economizou críticas à candidata do PSB à presidência da República, Marina Silva. Cid, que já foi do PSB, disse que vê com preocupação o crescimento da ex-senadora nas pesquisas de intenção de voto. “Eu me preocupo muito porque a Marina parece às pessoas uma liderança progressista, mas tem tido um prática completamente conservadora. Eu diria até reacionária”, afirmou.

O governador defendeu que o eleitorado de Marina é formado por jovens induzidos pela mídia e por cidadãos de classe média alta acomodados. Prova disso, segundo ele, é que a candidata lidera em locais com maior poder aquisitivo como São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. No Ceará, ele reforça que a candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff, tem ampla vantagem. A última pesquisa Datafolha, divulgada na sexta-feira (29), mostrou que, no Nordeste, a presidenta apresenta 47% da preferência do eleitorado, contra 31% da pessebista.

Os comentários de Cid Gomes se estenderam à área econômica. Segundo ele, não há futuro em um eventual mandato da candidata. “Eu não dou dois anos de governo para Marina. Ela será deposta, pode escrever o que estou dizendo. Me impressiona a proposta de autonomia do Banco Central. Sabe o que significa? Entregar aos bancos o poder de arbitrar os juros. Dizer quanto o capital financeiro quer ganhar”, criticou.

Para ele, é preciso analisar o que um governo como esse representaria para o Brasil. “Se as pessoas não se tocarem, vão eleger a Marina presidente da República. Meu Deus! Nada contra a pessoa da Marina, mas essas coisas não são assim. A gente não pode [fazer isso] num gesto de protesto, e é um protesto assim meio alienado, porque induzido pela grande mídia, que afinal quer combater o PT, porque esse sistema é mais progressista, distribui renda e eles querem é concentrar renda, querem dar dinheiro para banqueiro, para meia dúzia de poderosos”, destacou.

Foto de capa: José Cruz/ABr



No artigo

2 comments

  1. WASHINGTON LUIZ PEREIRA Responder

    EU COMO EVANGÉLICO,NÃO VOTO NELA PORQUE O BRASIL CORRE UM GRANDE RISCO DE TER VARIAS OBRAS DE HIDRELÉTRICA ,FERROVIA E ATE MESMO O PRE-SAL PARADA EU CONHEÇO ELA E SEU A FAMA DE EMPERRA PROJETO É VELHO.

  2. José Antonio Gonçalves da Silva Responder

    Cid Gomes é o novo Lacerda, pregando um golpe. Esse menino pseudo cearense parece que gostou dos golpes que o Brasil já sofreu.Vadre Retro Satanás.


x