Ronaldinho Gaúcho é chamado de ‘macaco’ por político mexicano

Irritado com o trânsito causado pela apresentação do jogador ao clube Querétaro, o político atacou o brasileiro com insultos racistas.

581 0

Irritado com o trânsito causado pela apresentação do jogador ao clube Querétaro, o político atacou o brasileiro com insultos racistas

Por Redação

O jogador Ronaldinho Gaúcho foi vítima de declarações racistas por parte do político mexicano Carlos Treviño Nuñez. Irritado com o tumulto do trânsito no dia da apresentação do brasileiro ao clube Querétaro, o ex-secretário do Desenvolvimento Social resolveu manifestar a sua indignação no Facebook.

“Trato de ser tolerante, porém DETESTO FUTEBOL, e o fenômeno idiotizante que produz… Detesto ainda mais porque as pessoas estorvam e inundam as avenidas para fazer com que se demore duas horas para chegar em casa… E tudo para ver um MACACO… Brasileiro, mas ainda macaco. Isso já é um circo ridículo”, dizia a mensagem postada por Treviño, que foi apagada em seguida.

O secretário de Governo de Estado, Jorge Lopez Portillo, garantiu que as ofensas não ficarão impunes e o político será responsabilizado judicialmente pelo ato. “A discriminação racial não é o espírito e de modo nenhum representa o jeito de pensar das pessoas de Querétaro. Todos nós somos muito respeitosos. Naturalmente, é denunciável e estamos cientes de tudo”, explicou.

Até o momento, o jogador não se manifestou sobre o caso.

Foto de capa: Divulgação/Facebook



No artigo

x