Para associação, beneficiários de programas sociais não podem votar

Ministério Público vai investigar se proposta é preconceituosa e inconstitucional

514 2

Ministério Público vai investigar se proposta é preconceituosa e inconstitucional

Por Marcelo Hailer

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (PR) lançou, na semana passada, documento que será apresentado aos candidatos ao Legislativo, com o objetivo de impedir o voto de quem é beneficiário de programas de distribuição de renda, tais como Bolsa Família e similares.

A ideia de que os beneficiários dos programas de transferência de renda votam diretamente no governo não é nova. E, desde que tais ações políticas ganharam musculatura na gestão federal dos últimos 12 anos, setores à direita, da imprensa e da política, acusam o governo do PT de criar “o maior curral eleitoral já visto no Brasil”.

O documento em questão, que não está disponível no site da associação de Ponta de Grossa, tem como foco os candidatos ao Congresso Nacional pelo estado do Paraná. O presidente da entidade, Nilton Flor, disse ao jornal O Estado de São Paulo que eles apenas apresentaram as propostas e que estão dispostos a “debater com mais profundidade”.

Se depender do Ministério Público do Paraná, não terá debate nenhum. O órgão vai investigar se a proposta da ACIPG é “preconceituosa e discriminatória”. O inquérito civil público foi instaurado pela 6ª Promotoria de Ponta Grossa, que vai avaliar se há dano moral coletivo na iniciativa da ACIPG.

Para o MP-PR, a atitude da Associação Comercial de Ponta Grossa vai contra a Constituição, pois fere os direitos de “igualdade a todos perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”.

Procurado pela reportagem da revista Fórum, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) declarou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Até o fechamento desta reportagem, ninguém da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa foi encontrado para comentar o caso.



No artigo

2 comments

  1. Marcos Álves Responder

    Não é preciso ir muito longe para encontrar pessoas que pensam desta maneira. Aqui mesmo no Sudeste muita gente pensa assim. Gente como o jornalista Odir Cunha. Basta ver aqui: http://blogdoodir.com.br/etc

  2. Maria Helena Responder

    É um absurdo uma proposta desse nível. Só mesmo pessoas que se julgam muito superiores aos demais para ter ideias tão absurdamente conservadoras como essa. Em que mundo eles pensam que vivem?


x