RS: Lideranças do Psol anunciam apoio a candidato petista ao Senado

Dirigentes e militantes do partido anunciaram em nota o apoio ao ex-governador Olívio Dutra. "Entendemos que a eleição ao Senado, que se resolve já no primeiro turno, é de extrema importância, e sempre que os interesses dos trabalhadores estiverem em risco, devemos buscar influenciá-la",...

776 5

Dirigentes e militantes do partido anunciaram em nota o apoio ao ex-governador Olívio Dutra. “Entendemos que a eleição ao Senado, que se resolve já no primeiro turno, é de extrema importância, e sempre que os interesses dos trabalhadores estiverem em risco, devemos buscar influenciá-la”, diz o texto

Por Redação

Com o intuito de “fortalecer a esquerda socialista” no Congresso Nacional, lideranças do Psol no estado do Rio Grande do Sul confirmaram, por meio de nota, seu apoio ao candidato Olívio Dutra (PT) na corrida pelo Senado.

Segundo o texto, a decisão dos integrantes do partido foi tomada como forma de fazer oposição a Lasier Martins, candidato do  PDT e que trabalha no Grupo RBS. Para os psolistas, o candidato representa o “projeto dos neoliberais, defensores do Estado mínimo, do latifúndio, do capital financeiro e do mercado acima dos direitos dos trabalhadores”.

“Entendemos que a eleição ao Senado, que se resolve já no primeiro turno, é de extrema importância, e sempre que os interesses dos trabalhadores estiverem em risco, devemos buscar influenciá-la. Nos próximos anos o Congresso Nacional será o terreno de intensos embates para a esquerda socialista e será preciso contar com aliados do campo popular”, lê-se na nota.

O texto reafirma o apoio dos militantes aos candidatos a presidente e governador do partido e promete engajamento na campanha do candidato ao senado pelo PT. “(…) julgamos ser uma tarefa militante, diante de tamanha batalha e do empate numérico apresentado nas pesquisas entre Olívio e Lasier, nosso engajamento na disputa ao lado de Olívio, não só declarando nosso apoio à sua candidatura, mas saindo às ruas para defendermos os candidatos da esquerda socialista: Luciana Genro, Roberto Robaina e Olívio Dutra”, diz a nota. Confira na íntegra:

OS SOCIALISTAS TÊM LADO: OLÍVIO SENADOR

Somos PSOL, somos Luciana Genro 50. Queremos, desde já, reafirmar que a coligação das forças socialistas em nosso Estado, unindo PSOL e PSTU, com Roberto Robaina à frente, é fundamental no combate aos partidos tradicionais e na construção de uma sociedade socialista. Defendemos o papel das candidaturas da Frente de Esquerda e dos partidos socialistas neste processo eleitoral, demonstrando o “mais do mesmo” representado pelos velhos partidos. É nosso compromisso construir um diálogo com a sociedade gaúcha, apresentando nossas propostas e pontos de vista.

Até aqui, a candidatura ao senado da Frente de Esquerda, representada pelo companheiro Júlio Flores, alcançou esse objetivo. Porém, entendemos que a eleição ao Senado, que se resolve já no primeiro turno, é de extrema importância, e sempre que os interesses dos trabalhadores estiverem em risco, devemos buscar influenciá-la. Nos próximos anos o Congresso Nacional será o terreno de intensos embates para a esquerda socialista e será preciso contar com aliados do campo popular. Certamente será objeto da próxima legislatura a votação de reformas, entre elas, a reforma política e eleitoral e, talvez, uma constituinte.

Essas reformas podem trazer avanços ou retrocessos: tudo depende da correlação de forças. É por isso que, nesse momento, precisamos que lá estejam parlamentares que possam representar os trabalhadores. Sabemos que os projetos em disputa na eleição para o Senado no Rio Grande do Sul, representam lados distintos nesse embate. De um lado o projeto dos neoliberais, defensores do Estado mínimo, do latifúndio, do capital financeiro e do mercado acima dos direitos dos trabalhadores, representado pelo candidato do Grupo RBS (Globo), Lasier Martins. Do outro lado, está o ex-governador Olívio Dutra, que em sua trajetória como dirigente público nunca se afastou de seus compromissos com a classe trabalhadora e o socialismo. Independente de estarmos em projetos partidários distintos, reconhecemos que sua história política mostra coerência, inclusive criticando publicamente dirigentes de seu partido por desvios de conduta. Sua vida, dedicada aos “de baixo”, manteve as características de simplicidade daquele militante que não se afastou de seus princípios. Portanto, julgamos ser uma tarefa militante, diante de tamanha batalha e do empate numérico apresentado nas pesquisas entre Olívio e Lasier, nosso engajamento na disputa ao lado de Olívio, não só declarando nosso apoio à sua candidatura, mas saindo às ruas para defendermos os candidatos da esquerda socialista: Luciana Genro, Roberto Robaina e Olívio Dutra.

Romer Guex – dirigente PSOL nacional e estadual, Renato Guimarães – ex-vereador de POA e dirigente Psol estadual, Guto Lopes – Presidente Psol Viamão,  Claudir Monteiro – dirigente Psol Viamão, Thales Walter – dirigente Psol Viamão, Erivandro Silva – juventude Psol Viamão, Paulo de Souza- Presidente Psol Caxias do Sul, Luis Possamai – dirigente Psol Caxias do Sul, Anaí de Souza-Dirigente Psol Caxias do Sul, Victor Jaires – dirigente do Psol de Jaguarão. Assina ainda, mais 15 membros do Diretório do PSOL de Viamão e demais militantes do partido no RS.

Foto de Capa: PT-RS



No artigo

5 comments

  1. marceu robson Responder

    Levando em consideração a atual conjurura das eleições, acredito que o melhor caminho e o PSOL sair da disputa presidenciavel e apoia o PT.
    Porque assim podera garanti uma participação no governo.

  2. Geraldo Responder

    Parabéns pela decisão, respeitando muito o Julio.
    VERGONHA! é deixar um ex-arenista travestido de trabalhista representar o RS no senado. Tenho pena é do esfacelado trabalhismo de Brizola à ter um nome desses nos seus quadros.
    Socialista é: OLIVIO SENADOR!

  3. Ronaldo Sarmento Alcântara Responder

    Acho que é por ai, esse é um exemplo de grandeza do Psol que deve ser seguido por todos nos que fazemos a esquerda socialista deste pais, mesmo estando em partidos diferentes é muito importante fazermos esta leitura política, unidos seremos mais fortes.

  4. Jorge Responder

    Lamentável a posição destes diretórios do PSOL. Olívio tem servido apenas para referendar Dilma e Tarso como candidatos de “esquerda”. O discurso do Olívio é muito bonito, mas são palavras vazias uma vez que vão na direção oposta da prática do projeto que defende.

    1. EDSON ROCHA Responder

      Me desculpe o companheiro jorge, mas não deve morar no RS, Olívio sempre foi e sempre será a voz do socialismo no senado federal, pessoa de muita personalidade e carater, integra, e com capacidade suficiente para lutar contra os desmandos do PSDB e outros,


x