Militante do PT é assassinado enquanto fazia campanha

Segundo a polícia, Hiago Jatoba, de 21 anos, se envolveu em uma discussão sobre política e foi esfaqueado durante confusão Por Redação O militante Hiago Augusto Jatoba de Camargo, de 21 anos, foi assassinado...

1813 4

Segundo a polícia, Hiago Jatoba, de 21 anos, se envolveu em uma discussão sobre política e foi esfaqueado durante confusão

Por Redação

O militante Hiago Augusto Jatoba de Camargo, de 21 anos, foi assassinado enquanto fazia campanha para Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Estado do Paraná. Testemunhas afirmam que confusão teve motivação político-ideológica.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, Hiago Jatoba se envolveu em uma discussão quando recolhia os cavaletes da candidata que estavam na de Praça Ucrânia, em Curitiba. Durante o bate-boca o jovem foi esfaqueado. O militante foi socorrido, mas, faleceu a caminho da UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

O PT do Paraná emitiu uma nota onde lamenta o ocorrido. No texto, o PT local diz “lamentar profundamente o ocorrido” e que tem ciência que “todo o apoio e auxílio prestado a família não lhe devolve o que é de maior importância: a vida de Hiago”. Na rede, militantes do Brasil inteiro se solidarizaram com a tragédia e, muitos atribuíram o fato ao discurso de ódio contr o PT quem tem sido alimentado socialmente.

A seguir, confira a nota de pesar do PT:

“A coligação Paraná Olhando pra Frente e a candidata à governadora Gleisi Hoffmann se solidarizam e estão prestando todo auxílio à família de Hiago Augusto Jatoba de Camargo (21), morto no início da noite desta sexta-feira (19) em razão de agressão sofrida na Praça Ucrânia em Curitiba, quando fazia campanha com outros militantes.

Ambulância do SAMU atendeu o jovem no local. Ele faleceu a caminho da UPA 24h do Campo Comprido.
Lamentamos profundamente o ocorrido. Sabemos que todo o apoio e auxílio prestado a família não lhe devolve o que é de maior importância: a vida de Hiago.

Pedimos a Secretaria de Estado da Segurança Pública que tome todas as providências no sentido de identificar e punir os responsáveis por tal agressão.

E pedimos a Deus para que dê forças e conforte a família neste momento, principalmente sua mãe.”

Foto: Diario Liberdade



No artigo

4 comments

  1. Carlos Responder

    A esquerda semeia o ódio se alimenta dele sem uma sociedade dividida não existe esquerda basta ver o Brasil de hoje passaremos dos 100.000 homicídios por ano. E boa parte da população já espera os militares.

    https://www.facebook.com/FanpageApoioPolicial?fref=ts

  2. Ricardo Responder

    Não sabia que tinha tantos leitores da Veja que leem a revista Fórum. Impressionante reacionários apoiando assassinatos. Deus me livre!

    1. Jeferson Responder

      Quem apoia assassinatos, assassinos e bandidos de toda espécie é a esquerda amante de ditadores genocidas.

  3. Sergio Govea. Responder

    O ódio não vence eleição.

    O que mais me dói é que quem comete esse tipo de ato é jovem e muito mal informado.

    O arrependimento virá com o tempo, mas é importante que essa pessoa seja presa e que ela compreenda que destruiu duas vidas: a vida do Hiago e a vida dela mesma.

    O PT tem que agir contra o que a imprensa calhorda deste país faz 24 horas do dia.

    Só quem não conhece o PT alimenta razões para odiá-lo.

    Sergio Govea.