Lewandowski assume presidência da República até quarta-feira

Presidenta viajou para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York. Com a impossibilidade de o vice e os presidentes da Câmara e do Senado assumirem, Lewandowski será o quinto ministro da Suprema Corte a ocupar o posto.

417 1

Presidenta viajou para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York. Com a impossibilidade de o vice e os presidentes da Câmara e do Senado assumirem, Lewandowski será o quinto ministro da Suprema Corte a ocupar o posto

Por Redação

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, assumiu temporariamente a presidência da República, a partir desta terça-feira (23). A presidenta Dilma Rousseff embarcou por volta de 20 horas de ontem para Nova York, onde irá participar da 69ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas e de um encontro da chamada Cúpula do Clima, com retorno previsto para amanhã.

O vice-presidente Michel Temer (PMDB/SP) também viajou para o exterior. Ele foi para Montevidéu, no Uruguai, para um compromisso com o presidente José Pepe Mujica. O Congresso Nacional foi comunicado oficialmente pelo Palácio do Planalto sobre o afastamento, entretanto, os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado também não puderam ficar no posto por participarem de campanha eleitoral. A mensagem informando que Lewandowski assumiria o cargo foi publicada no Diário Oficial da União. Ele será o quinto ministro da Suprema Corte a assumir a presidência da República, cumprindo as orientações previstas na Constituição Federal.

No dia 10 de setembro, Lewandowski tomou posse no cargo de presidente do STF para um mandato de dois anos. Ele entrou na vaga deixada pelo ex-ministro Joaquim Barbosa, que optou por antecipar sua aposentadoria, no início de julho.

Foto de capa: José Cruz/Agência Brasil



No artigo

1 comment

  1. Carlos Responder

    Pobre Brasil Bolivariano.


x