Gregório Duvivier é ameaçado após declarar voto em Dilma

Um homem ameaçou agredir Duvivier em um restaurante, no Rio de Janeiro, e disse que o ator deveria almoçar em um bandejão, “já que gosta tanto de pobre”.

1099 0

Um homem ameaçou agredir Duvivier em um restaurante, no Rio de Janeiro, e disse que o ator deveria almoçar em um bandejão, “já que gosta tanto de pobre”

Por Redação

O humorista e integrante do grupo Porta dos Fundos, Gregório Duvivier, foi ameaçado enquanto almoçava em um restaurante no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (15). O motivo seria a declaração dada por ele, nesta semana, em defesa da reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT). As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Segundo apurado pelo jornalista, Duvivier estava no restaurante Celeiro, no Leblon, quando um homem disse que não ficaria no local porque acabaria “metendo a porrada” nele. Embora tenha ignorado a provocação, o agressor continuou e disse que o ator era da “esquerda caviar” e deveria almoçar em um bandejão, “já que gosta tanto de pobre”.

Na segunda-feira (13), Duvivier havia criticado, em um artigo na Folha de S. Paulo, a patrulha ideológica para que votasse em Aécio Neves. “Nos postes da cidade, os adesivos se multiplicam. ´Aqui se vota Aécio´. Você, que não vota como o poste: ame o Rio – ou deixe-o. Aqui não é sua área. Aqui se brinda pelo fim da maioridade penal. Aqui a gente cansou da corja do PT e quer gente nova – mas logo quem? O mensalão tucano, a compra da reeleição, o aeroporto, o helicóptero, tudo virou pó”, escreveu. “Se quem defende causas humanitárias e direitos civis é tachado de petista, não me resta outra opção senão aceitar essa pecha”, completou.

Foto de capa: Wikipedia



No artigo