Após declarações polêmicas, Mainardi pede desculpas a nordestinos

Apresentador do programa Manhattan Connection, da Globo News, havia se referido ao Nordeste como “retrógrado”, “bovino” e “pouco educado”, e se retratou depois de ver a repercussão negativa de seus comentários

889 0

Apresentador do programa Manhattan Connection, da Globo News, havia se referido ao Nordeste como “retrógrado”, “bovino” e “pouco educado”, e se retratou depois de ver a repercussão negativa de seus comentários

Por Redação

O jornalista Diogo Mainardi precisou se retratar no último domingo (2), durante o programa Manhattan Connection, da Globo News. Na edição anterior, em que comentava o resultado das eleições presidenciais, Mainardi perdeu a linha ao se referir aos nordestinos, que, segundo ele, seriam os responsáveis pela reeleição de Dilma Rousseff (PT).

E, ao manifestar seu descontentamento, não economizou nas críticas à região. “O Nordeste sempre foi retrógrado, sempre foi governista, sempre foi bovino, sempre foi subalterno durante a ditadura militar, depois com o reinado do PFL e agora com o PT. É uma região atrasada, pouco educada, pouco construída, que tem uma grande dificuldade para se modernizar na linguagem. A imprensa livre só existe da metade do Brasil para baixo. Tudo que representa a modernidade está do outro lado”, afirmou.

Depois da repercussão negativa de suas declarações, ele disse não ter tido a intenção de ofender a população nordestina e pediu desculpas, em especial, ao jogador Hulk, que atualmente defende o Zenit, da Rússia.

O atacante, que nasceu na Paraíba, publicou um texto em seu perfil no Instagram dizendo que Mainardi demonstrava “arrogância” e “ignorância” e pediu mais respeito ao Nordeste. “Nossa população tem dificuldades e luta com humildade para melhorar sua condição de vida. As maiores dificuldades foram impostas pelos diversos governos ao longo dos anos. Mainardi, respeite o Nordeste!”, escreveu o jogador.

Foto de capa: Reprodução / YouTube



No artigo

x