Em referendo, Washington DC e Oregon legalizam a maconha

Na capital norte-americana, 69% dos cidadãos votaram favoráveis à liberação do uso recreativo da cannabis.

238 0

Na capital norte-americana, 69% dos cidadãos votaram favoráveis à liberação do uso recreativo da cannabis

Por Redação

O uso recreativo da maconha foi aprovado, por meio de plebiscito, no estado de Oregon, com 54% dos votos, e na capital dos Estados Unidos, Washington DC, com 69%.  Em Washington, os moradores votaram a favor da Iniciativa 71, que legaliza o porte de maconha em até 56 gramas para os maiores de 21 anos e o cultivo pessoal de até seis plantas.

A lei aprovada no estado de Oregon prevê a comercialização e a taxação de venda da erva. Também autoriza varejos, desde que cadastrados, a comercializarem, assim como ocorre em Colorado, onde a maconha foi legalizada em 2012.

Ativistas pró-legalização, em Washington, comemoraram o resultado e disseram que ele vai ajudar a diminuir a injustiça racial nas prisões por conta de drogas. De acordo com dados das ONGs, 90% das prisões com relação à comercialização de drogas são de pessoas negras. O estado do Alasca também teve referendo sobre a legalização da maconha, mas a apuração ainda não terminou.

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Gallup, 58% dos cidadãos estadunidenses são favoráveis à legalização da cannabis.

Foto: HighTimes



No artigo

x