Gregorio Duvivier relata perseguição por votar em Dilma no Jô Soares

Para o ator, o PT democratiza o capitalismo, pois, a partir da gestão petista, milhares de pessoas passaram a ter acesso ao consumo

1430 2

Para o ator, o PT democratiza o capitalismo, pois, a partir da gestão petista, milhares de pessoas passaram a ter acesso ao consumo

Por Redação

Em entrevista concedida ao Programa Jô Soares, nesta sexta-feira (14), o comediante e escritor, Gregorio Duvivier, comentou o fato de sofrer preconceito por ser de esquerda e por ter votado em Dilma Rousseff. “Se você usa o termo ‘presidenta’, já te consideram um ‘petralha’, por que de um lado se fala presidente e do outro presidenta”, disse.

Na sequência, Gregório Duvivier disse também que, quando escreve “presidenta”, também o acusam de ser a favor da corrupção. “Você é a favor da roubalheira… ‘volta pra Cuba’… Mas eu nunca fui pra Cuba”, ironizou o ator. “Vai pra Venezuela… Ou seja, eles querem você fora do país ou querem dividir o Brasil em dois: norte e sul, quem quer uma coisa e quem quer outra… Vamos parar de dividir o Brasil!”, criticou o ator.

“Eu estava comendo no Leblon e veio um sujeito: ‘Você não gosta de pobre? Então vai comer no bandejão, já que você gosta de pobre e vota no PT. Assim é fácil, gostar de pobre e vir comer no Leblon'”, relatou o ator.

“As pessoas acham que se você for rico, classe média-alta, tem que ser fascista, necessariamente. Existe um ódio que destila-se por todo mundo que é de esquerda e não franciscano. Por que a esquerda não é um voto franciscano. Eu não quero que todo mundo seja pobre, eu quero que todo mundo seja rico. O legal do PT é que ele democratiza o capitalismo. Todo mundo passa a ter acesso ao consumo, isso é comunismo? Isso é o contrário”, disse Duvivier.

Foto: Divulgação

 



No artigo

2 comments

  1. psdbTÔfora Responder

    Vamos compartilhar: ideias simples para a População toda entender.

  2. Antonio Teixeira de Araújo Responder

    Na história moderna surgiu uma oposição entre os interesses das grandes monarquias associadas à Igreja e aos nobres proprietários de terra e as camadas plebeiasda população tanto camponesas como urbanas.

    Le Monde Diplomatique Brasil
    junho de 2014

    Independência de classe, democracia socialista e internacionalismo

    Autor: Henrique Carneiro
    Historiador

    Como não ser de esquerda quanto se literalmente o que é esquerda e direita?


x