PT aprova resolução de combate à corrupção

"Mostramos atitudes já tomadas, em contraste com o silêncio sepulcral dos tucanos", afirmou o presidente do partido, Rui Falcão.

316 0

“Mostramos atitudes já tomadas, em contraste com o silêncio sepulcral dos tucanos”, afirmou o presidente do partido, Rui Falcão

Por Redação

No último sábado (29), após reunião realizada em Fortaleza, o diretório nacional do Partido dos Trabalhadores aprovou um documento que prevê a expulsão de filiados envolvidos comprovadamente em casos de corrupção. Segundo o presidente do PT, Rui Falcão, a medida inclui pessoas investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que apura desvios de dinheiro na Petrobras. “Se houver alguém do PT implicado com provas, será expulso”, afirmou.

O encontro reuniu a cúpula do partido por dois dias para fazer um balanço das eleições e discutir as estratégias a partir de 2015. Na resolução aprovada pelos petistas, há o compromisso de mostrar liderança no combate à corrupção sistêmica no Brasil, além de reafirmar a necessidade da reforma política e do fim do financiamento empresarial de campanhas políticas.

Em declarações à imprensa, Rui Falcão disse que a iniciativa está em consonância com o que vem sendo defendido pela presidenta Dilma Rousseff e que a posição do governo em relação ao tema se mostra diferente das gestões comandadas pelo PSDB. “Mostramos atitudes já tomadas, em contraste com o silêncio sepulcral dos tucanos, sendo no governo de Fernando Henrique Cardoso, nos 20 anos em São Paulo ou nos 12 anos em Minas Gerais”, destacou.

Foto de capa: PT Nacional



No artigo

x